Denúncia do MP de Otacílio Costa vem comprovar procedimentos do juiz da época

O juiz aposentado Fernando Cordioli Garcia parabenizou o promotor Guilherme Brito Laus Simas pela denúncia criminal contra ex-agentes públicos da área da saúde do Município de Otacílio Costa, que confeccionavam e distribuíam receitas médicas falsificadas com o objetivo obter prestígio perante a população de forma ilícita e imoral. Diz que ele foi buscar uma coisa bem antiga, “para não deixar impune, como os colegas e principalmente promotor da época fizeram, por venalidade e para atender coronéis da política”, disse ele.

Entende ele que agora o MPSC “tem que provar que isso não está prescrito”, pois faz muitos anos que ocorreram tais fatos, entre 2012 a 2014.

São da época em que Fernando Cordioli Garcia era juiz em Otacílio Costa e teve a ver com a ida da Polícia Federal ao município e com o processo que o removeu para Ibirama e terminou por afastá-lo da função e lhe deu a aposentadoria compulsória.

“Agora ficou claro que eu estava correto no meu posicionamento pois este Schnaider que está no processo até me ameaçou de morte publicamente”, disse Fernando, lembrando que a presença do Polícia Federal no município se deu em decorrência de uma representação sua junto ao Ministério Público Eleitoral que acabou arquivando a investigação

 “E quem fez isso foi omisso e só fez para me prejudicar”, afirmou Cordioli.

1 comentário em “Denúncia do MP de Otacílio Costa vem comprovar procedimentos do juiz da época”

  1. Ainda bem que temos Promotor de verdade, assim como foi o Juiz de Fernando. Se me lembro, saiu um vídeo de remédios sendo distribuídos pelo diretor do hospital dentro do comitê de campanha do MDB, (Denilson Padilha), não acredito que aquela sujeira escancarada foi arquivada? Mas agora com um Promotor bago roxo a coisa vai mudar de rumo, acredito!

Deixe uma resposta para João Paulo Cordeiro Cancelar resposta