Nenhum dos 250 testes aplicados pelo Ministério da Saúde em Lages deu positivo

O prefeito Antônio Ceron disse hoje que os dois pacientes que estavam na UTI com suspeita de coronavírus, não estão infectados, segundo o resultados dos exames que vieram hoje.

Outro detalhe é de que dos 68 casos confirmados de covid-19, 21 são de pessoas que trabalham na área da saúde.

E ainda informou que dos 250 testes rápidos aplicados pelo Ministério da Saúde em Lages, na semana passada, a informação é de que nenhum deles atestou positivo.

A prefeitura de Lages adquiriu dois mil testes que serão aplicados 400 por semana, durante cinco semanas, e com isso será possível traçar uma estratégia melhor de enfrentamento.

A JBS também prometeu o enviou de mais testes permitindo uma maior cobertura da população e chegar a uma mostra mais real do nível de contaminação da população.

Ceron diz que “é bom que se investigue, porque se tiver alguma coisa errada será corrigido”

Com relação à CPI que está na Câmara de Vereadores para ser instalada para apurar as obras do Mercado Público e da revitalização do Calçadão e que foram alvo de uma nota de repúdio do Movimento Juntos por Lages, o prefeito Antônio Ceron contestou a informação de que estaria interferindo no processo.

Garante que não pediu para ninguém para barrar a CPI e não vê problemas em sua instalação. Fazendo até questão que apurem, “porque se tiver alguma coisa de errado nós vamos consertar”, disse Ceron. Garante que não tem compromisso com o erro! 

Informou que este único vereador que lhe consultou a respeito nem é da base do governo.

 

Movimento Juntos por Lages publica nota de repúdio

Dois registros:

1 . não consta mais o nome do vereador Samuel Ramos (DEM) que inicialmente integrava o movimento, na assinatura na nota de repúdio. Foi o primeiro a deixar o grupo.

2. Ao que parece está havendo dificuldades para a instalação da CPI por interferência de “forças ocultas”. Só por isso já ficamos com um pé atrás pois, afinal, se não há nada de errado não há razão para tentar impedir que a CPI aconteça. A velha história: “quem não deve não teme”.

Uma casa destruída pelo fogo no Copacabana

*Tipo:* Incêndio
*Gênero:* Incêndio em Edificação Privativa Unifamiliar
*OBM que realizou o atendimento:* Lages
*Viaturas:* ABTR 130, ABTR 105, ABTR 106 e ASU446
*Data:* 25/05/2020
*Local do ocorrido:* Rua Telmo Vieira Ribeiro, n° 35, Bairro Copacabana
*Município:* Lages
*Horário:* 13:55min

*Histórico:* O Trem de socorro do Corpo de Bombeiros de Lages foi acionado para combater um incêndio em residência privativa unifamiliar na rua Telmo Vieira Ribeiro, n° 35 no Bairro Copacabana. No local foi constatado a natureza da ocorrência e verificado que a residência estava totalmente tomada pelas chamas. Imediatamente foi resfriado a edificação vizinha que já estava com as paredes enegrecidas pelo calor das chamas. Posteriormente foi efetuado o corte da energia elétrica e iniciado o combate às chamas. Não haviam pessoas dentro da edificação quando o trem de socorro chegou no local. A edificação foi totalmente atingida pelas chamas, no entanto, a parte da frente foi a mais atingida. Foram gastos aproximadamente 8000 litros de água no combate e rescaldo.

Lamentável que a política em SC chegue a este nível

Notícias como esta correm como rastilhos de pólvora. As pessoas têm prazer em difundi-las. Mas, todos sabemos que fofocas ou verdades sobre os governadores e suas amantes sempre existiram. Ou já esqueceram?

Mas, ver deputados usarem isso como argumento político é diminuir muito a política no estado.

Governadores, deputados ou quem quer que seja têm de prestar contas de seus atos enquanto homem público. 

 

Governo confirma que pretende antecipar a abertura da nova ala do Tereza Ramos

A Secretaria de Estado da Saúde informa que a abertura da nova ala do Hospital e Maternidade Tereza Ramos, em Lages, será antecipada como forma de ampliar o atendimento na região serrana de Santa Catarina durante a pandemia de Covid-19.
Também ressalta que a abertura do espaço foi anunciada para o mês de agosto de 2020, mas uma série de ações foram deflagradas no sentido de antecipar o funcionamento.
No último dia 7 de maio, o Instituto do Meio Ambiente do Estado (IMA) concedeu a Licença Ambiental de Operação (LAO) para as instalações, que já contam com mobiliários. A conclusão da auditoria é aguardada para o início das atividades.
Reforçamos o compromisso com a população lageana, que desde 2017 aguarda ansiosamente pela inauguração da nova ala do Hospital Tereza Ramos.