Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

251.jpg

 

lages_parque_jonas_ramos_peq.jpg

 

Arquivo

 
23 Janeiro 2018
Situação não está fácil. Governo tenta evitar prejuízo

O Estado de Santa Catarina está pedindo a inconstitucionalidade de um artigo da lei aprovada pela Assembleia Legislativa que permite o uso de debêntures da Santa Catarina Participação e Investimentos (Invesc) para pagamento de dívidas de ICMS. Os efeitos da legislação poderiam causar um prejuízo de R$ 6,2 bilhões aos cofres públicos catarinenses. 

A Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) foi ajuizada no Supremo Tribunal Federal (STF) na noite desta segunda-feira, 22, pelo governador em exercício, Eduardo Pinho Moreira, que contou com a assessoria da Procuradoria Geral do Estado.

23 Janeiro 2018
Sobre a suspeita de um caso de Febre Amarela em Lages

Bom dia, Olivete

Em relação à matéria publicada em seu blog sobre uma suspeita de caso de febre amarela em Lages, é importante esclarecer que esse caso específico relatado não é de Lages, embora tenha sido relatado na regional da Vigilância. Trata-se de uma jovem, de 19 anos, moradora de São Joaquim que esteve em São Paulo. Inicialmente ela apresentou um quadro com sintomas e sinais de leptospirose, que foi descartada. Então diante da suspeita de febre amarela foi realizado um exame, porém o resultado demora em torno de 45 dias. Entendemos ser importante fazer este esclarecimento para não causar alarme na população.

Att,

Assessoria de Imprensa PML

23 Janeiro 2018
Petistas lageanos foram acompanhar julgamento de Lula

27072707_1836643903043651_409974970120777638_n.jpg

O jornalista Loreno Siega publicou a foto dos petistas lageanos que seguiram para Porto Alegre a fim de acompanhar o julgamento do ex-presidente Lula, que acontece amanhã.

Dentre ele reconheço o ex-vereador Domingos Rodrigues.

23 Janeiro 2018
Grupo Koch está quase desistindo do Business Park porque a prefeitura está de corpo mole com relação ao projeto

nova_prefeitura_projeto_2_613x460.jpg

Secretário Claiton Bertoluzzi disse que tem hoje, pela manhã, um encontro com um grupo de empresas interessadas em se instalar em Lages.

Por falar em empresa, soube que o grupo koch que ganhou a licitação para a implantação do Lages Business Park está em vias de desistir do projeto porque a prefeitura até agora não providenciou a escritura do terreno. Nos bastidores a informação é de que o grupo não tem dinheiro para investir aqui. 

Parece brincadeira, um grupo responsável por tantos outros grandes investimentos aqui mesmo em SC, não iria ter dinheiro para investir? Uma pena que por questões políticas vamos perder isso! Um detalhe: a prefeitura não iria investir nenhum centavo a não ser repassar o terreno.

Acho que está na hora das forças econômicas de Lages, os empresários, interferirem neste processo para fazer com que saia.

23 Janeiro 2018
Novo secretário da Saúde quer tirar as ambulâncias das estradas

unnamed_25.jpg

“Temos linhas definidas de trabalho e estamos ainda montando a equipe que buscará os resultados conosco. Nossa prioridade é efetivar a regionalização da Saúde, tirar as ambulâncias das estradas, organizar os serviços em cada região do estado, vocacionar os hospitais. Para isso, vamos fazer o Plano Diretor de Regionalização Regional (PDR), que é um plano emergencial com critérios rígidos daquilo que os hospitais e municípios podem oferecer”, explica Casagrande.


Acélio Casagrande, tomou posse nesta segunda-feira na secretaria da Saúde, 22, e falou com a imprensa sobre os projetos e ações para 2018 à frente da pasta.

 

23 Janeiro 2018
Há um caso de suspeita de Febre Amarela em Lages

A Diretoria de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Estado da Saúde (Dive/SES) informa que, de 1º a 22 de janeiro de 2018, foram notificados sete casos suspeitos de febre amarela no estado. Todos tiveram histórico de deslocamento para áreas de transmissão, fora de Santa Catarina, e aguardam resultado laboratorial para conclusão da investigação.

Santa Catarina não registra casos autóctones (de transmissão dento do estado) de febre amarela desde 1966.

Dos casos suspeitos, dois evoluíram para óbito, um residente em Gaspar e o outro morador de Lajeado Grande. Outros cinco são residentes nos municípios de Joinville (1), São José (1), Lages (1), Criciúma (1) e Timbó (1).

22 Janeiro 2018
As chuvas constantes ameaçam o Carahá

unnamed_24.jpg

Com as chuvas de hoje, a prefeitura chegou a fechar este trecho da Belisário Ramos, próximo a rua Sete de Setembro.

Está executando o reforço das laterais do rio Carahá para que a pista não acabe desbarrancando.

22 Janeiro 2018
Árvores caídas no interior de Correia Pinto

unnamed_23.jpg

A guarnição do Corpo de Bombeiros Militar de Correia Pinto se deslocou até a localidade de Bandeirinhas para realizar corte de árvores que cairam sobre a rede elétrica. 

Foi necessário apoio da Celesc para desligar a rede elétrica que encontrava-se energizada.

unnamed_26.jpg

Os fortes ventos e a chuva derrubaram também árvores em Lages. No bairro Guarujá uma árvore caiu encima de duas casas que ficaram com a cobertura parcialmente destruída.

Última atualização em Terça, 23 de Janeiro de 2018 11:44
22 Janeiro 2018
Finalmente será lançado edital de licitação do Mercado Público

A Secretaria de Planejamento e Obras de Lages encaminhou nesta semana ao setor de licitação da prefeitura, o projeto para contratação da empresa que irá executar as obras de Revitalização do Mercado Público de Lages.

A obra aguardada há anos por moradores e turistas que visitam a cidade será viabilizada com recursos do governo do Estado e uma contrapartida do Município, no valor aproximado de R$ 10 milhões.

O prédio será todo revitalizado e ampliado, e contará com novos boxes para venda de produtos, restaurante, lanchonetes, praça de alimentação, palco para eventos e auditório.

“Além do prédio, as vias adjacentes também passarão por revitalização. Essa parte do centro da cidade voltará a ter o seu valor e um espaço adequado, amplo, confortável e seguro para nossa população e turistas”, destaca o secretário da pasta Clayton Bortoluzzi.

 
22 Janeiro 2018
Fundação acata recomendação do MPC-SC e não deve acontecer carnaval em Lages este ano

unnamed_22.jpg

 

Na tarde da última sexta-feira, dia 19, a Fundação Cultural recebeu um ofício do Ministério Público de Contas de Santa Catarina com o seguinte teor:

“Recomenda este Ministério Público de Contas que a Prefeitura Municipal, após rigorosa análise dos critérios de oportunidade e conveniência, observado o interesse público, e, ainda após análise da situação financeira do município, caso esteja enfrentando – ou na iminência de enfrentar – qualquer tipo de dificuldade financeira que implique em restrições na prestação de serviços públicos de saúde, educação ou segurança, bem como com relação ao pagamento da remuneração de seus servidores e prestadores de serviço, abstenha-se de realizar qualquer despesa relativa à realização do Carnaval 2018, seja por meio de contratações diretas, transferências voluntárias, convênios, patrocínios ou qualquer forma que implique destinação de recursos para tal finalidade."

Assina Cibelly Farias Caleffi,

Procuradora.

Segundo Giba, a recomendação do Ministério Público de Contas não é impeditiva, mas serve como alerta que, para a realização do Carnaval, um outro cenário seria o mais adequado.

“Em conversa com o prefeito em exercício Juliano Polese, o prefeito Antonio Ceron, o procurador Agnelo Miranda e o secretário Antonio Cesar Arruda, decidimos acatar a recomendação do Ministério. Assim, podemos trabalhar junto com as escolas e amantes do Carnaval para que um possível evento em 2019 esteja dentro do que a sociedade espera”, conclui o superintendente da Fundação Cultural.

Foto: Fabrício Hasse

Última atualização em Terça, 23 de Janeiro de 2018 10:50
Início  |  « Anterior12345678910Próximo »  |   Fim