Polícia identifica autor dos disparos contra um homem dentro da floricultura

A Polícia Civil, por meio da Divisão de Investigação Criminal de Lages – DIC, identificou o autor dos disparos contra um homem que trabalhava em uma floricultura no bairro Coral.
O investigado, no início da noite do dia 055//05/2022, entrou na floricultura onde a vítima estava e, de imediato, passou a desferir disparos de arma de fogo contra ela, que ficou gravemente ferida e foi socorrida pelo SAMU.
Iniciadas as investigações, foram colhidos depoimentos, realizadas perícias e analisadas imagens de câmeras de monitoramento. No dia 07/05/2022, a roupa usada pelo autor foi localizada em uma rua do bairro São Sebastião, e também recolhidas e encaminhadas para a Polícia Científica.
Com o avanço das investigações os policiais conseguiram identificar o autor dos disparos e foi representado pela expedição de mandado de prisão e de busca e apreensão, sendo deferidos os pedidos pelo Poder Judiciário.
Neste sábado (21) o investigado foi preso pela Polícia Rodoviária Federal – PRF em Rio do Sul, local para onde havia se evadido. Ao mesmo tempo, a DIC de Lages iniciou o cumprimento do mandado de busca e apreensão em sua residência no bairro Gethal.
Durante as buscas, foi apreendida a motocicleta usada no crime, um capacete e uma porção de drogas.
Após a prisão do investigado pela Polícia Rodoviária Federal – PRF, também auxiliaram nas diligências a DIC de Rio do Sul e Polícia Penal de Rio do Sul, para onde o preso foi encaminhado.
As investigações passam agora para fase final de diligências, oitivas de mais testemunhas e exames periciais, devendo ser encerrada nos próximos 30 dias, podendo esse prazo ser prorrogado.

Vinda de Lula para Santa Catarina tem data marcada

Anúncio foi feito durante lançamento da pré-candidatura de Décio Lima ao governo estadual pelo PT

Lula participa de evento em Juiz de Fora (MG) – Foto: Ricardo Stuckert/Divulgação/NDLula participa de evento em Juiz de Fora (MG) – Foto: Ricardo Stuckert/Divulgação/ND

O nome de Décio Lima foi aprovado pelo Partido dos Trabalhadores na presença de mais de mil lideranças e representantes de nove partidos da Frente Democrática, composta por PT, PDT, PCdoB, PSB, PV, Rede, Solidariedade, PSOL e PRTB.

O evento também anunciou a chapa de pré-candidatos a deputados federais e estaduais do PT.

Relíquia de São Francisco de Assis chega a Lages na segunda-feira

A relíquia de São Francisco de Assis (um pequeno fragmento do osso do fêmur do Santo) e uma imagem, ambas vindas de Assis na Itália, chegam a Lages na próxima segunda-feira, dia 23 de maio.

A imagem é um presente dos Frades Menores Capuchinhos e a Relíquia foi ofertada pelos Frades Menores Conventuais, para as comemorações dos 800 anos da Ordem Franciscana Secular – OFS (Ordem Terceira de São Francisco).


A peregrinação da relíquia e da imagem teve início no estado de São Paulo ainda em 2015 e pretende visitar todas as cidades brasileiras onde existam fraternidades da OFS até 2023.

A Ordem Franciscana Secular tem suas origens no século XIII, mais exatamente no ano de 1221, quando leigos e leigas manifestaram o seu desejo de seguir os passos de São Francisco de Assis, seu fundador e fonte de inspiração, sem se tornarem religiosos ou religiosas, ou seja, seguindo uma Regra de Vida inspirada por São Francisco, mas se mantendo em suas famílias e profissões.

Atualmente no mundo a OFS está presente em 72 países com cerca de 430.000 Franciscanos Seculares Professos. No Brasil, são, aproximadamente, 580 Fraternidades, e, aproximadamente, 18.000 irmãos e irmãs. E, em Lages, a OFS está presente desde 12 de julho de 1906, ou seja, há mais de 116 anos os irmãos e irmãs da OFS se reúnem na Fraternidade São José do Patrocínio aqui na cidade.

Programação da visita
A relíquia será recebida no Convento Franciscano de Lages na próxima segunda-feira, dia 23/05, às 17h30, trazida por um Frei Capuchinho da cidade de Passo Fundo – RS. Na terça-feira, 24/05, às 14h, estará na sede da Ordem Franciscana Secular em Lages (R. Rui Barbosa, 639, bairro Brusque, Lages) e às 17h30 participa, novamente, da missa no Convento Franciscano. Na quarta-feira, 25/05, às 19h30, estará na missa da Igreja Matriz Nossa Senhora Aparecida (navio). Na quinta-feira, 26/05, às 19h na missa da Catedral Diocesana de Lages. E na sexta-feira, dia 27/05, às 16:00 será realizada uma celebração no Mosteiro Nazaré das Irmãs Clarissas.

No sábado, dia 28/05, a relíquia continua a sua peregrinação pelo Brasil partindo para a cidade de Concórdia – SC.

Uma homenagem a Atanásio que faleceu semana passada

Crônica de Sábado:

José Atanásio Borges Pinto, o Dicionário e a Música

A importância de um dicionário depende da qualidade e da quantidade das informações que oferece ao leitor. José Atanásio Borges Pinto (1944 – 2022), quando resolveu reunir algumas das principais palavras e expressões que fazem parte da cultura sul brasileira, não imaginou os obstáculos que surgiriam durante o trabalho. Foi isso que declarou ao Bruno Fortkamp, em uma entrevista realizada no SESC, cerca de quatro anos atrás. No entanto, de certa forma, ultrapassar as dificuldades foi o incentivo necessário para levar a tarefa à diante.

Em 923 páginas, o Dicionário Poético Gaúcho Brasileiro relaciona uma parte do linguajar que caracteriza a cultura gaúcha, também chamada de nativista ou campeira. Acompanhando cada verbete, junto com o significado, o autor acrescentou alguns exemplos retirados do mundo musical regionalista. A união entre a etimologia e o lirismo melódico resultou em um trabalho que precisou de mais de 25 anos de pesquisa. O texto está amparado em inúmeras fontes bibliográficas (contos, lendas e estudos temáticos) e no conhecimento empírico do autor.

Percanta, jacuba, cumbuca, brinco-de-princesa, sarandeio, tafuleiro, quebra-largado, encruado, entre outros termos, mostram a amplitude do vocabulário dos habitantes do sul do Brasil e abrem novas perspectivas para quem deseja entender os costumes e o linguajar utilizados em uma das manifestações culturais da região.

Ars longa vita brevis, diziam os latinos, em uma tentativa (inútil) de explicar porque a vida é finita e a obra artística permanece. Isso provavelmente não justifica a perda humana, tampouco explica porque as coisas são como são. A notícia do recente falecimento de José Atanásio Borges Pinto foi uma dessas surpresas indesejadas.

Depois que se aposentou do Banco do Brasil, onde trabalhou parte significativa de sua vida, Atanásio participou intensamente da vida cultural nos dois lados do rio Pelotas. Entre Lages e Vacaria reuniu um grupo de amigos – e com eles repartiu afeto, humor e sabedoria. Durante um dos governos municipais deste lado da fronteira ocupou o cargo de Secretário Municipal do Desenvolvimento Econômico. Provavelmente foi nesse período que, em parceria com outras pessoas, plantou a semente do festival de música que conhecemos como Sapecada da Canção Nativa, parte integrante da Festa Nacional do Pinhão – e que no próximo mês celebrará a sua vigésima oitava edição.

Atanásio também se destacou como compositor musical. Autor de centenas de canções, onde celebra os valores do passado, o amor à terra e à liberdade e os contrastes entre o mundo rural e o mundo urbano. Várias de suas músicas foram premiadas no circuito de festivais de música nativista no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina. A canção “Segredos do meu cambicho”, vencedora das 15ª Coxilha das Coxilhas (Cruz Alta, 1995), por exemplo, foi gravada inúmeras vezes (João de Almeida Neto, Leopoldo Rassier, Dorotéo Fagundes, Jorge Freitas, Walther Morais, Garotos de Ouro, Grupo Guitarra, Alma e Garganta,…). Também fizeram bastante sucesso: “Aquele moço” (gravada por João de Almeida Neto, José Cláudio Machado, Peterson Costa, Márcio Borges); “O que acerta e o que erra” (gravada por Reginaldo Färber); “De boca em boca” (gravada por Luiz Marenco), “Clarim campeiro” (gravada por Elton Saldanha), entre outras.

No campo literário, Atanásio publicou, entre outras obras, o livro infanto-juvenil de lendas “Nas asas da fantasia – poemas crianceiros” (Editora Movimento, 2008). Como contista e poeta participou de inúmeras antologias, inclusive em publicações internacionais.

Texto: Raul Arruda Filho

Custo da Defensoria Pública ficará R$ 11,2 milhões mais alto

A criação de 25 novos cargos efetivos para a Defensoria Pública do Estado (DPE) recebeu parecer favorável da Comissão de Constituição e Justiça. Conforme o texto são 10 cargos de defensor público de primeira categoria, cinco para segunda categoria, cinco de terceira categoria e mais cinco de defensor substituto.

O impacto financeiro é calculado em R$ 11,2 milhões ao ano, levando-se em conta a aplicação de reajuste no subsídio dos defensores, solicitado pela DPE. Veja.

Deputados regulamentam jogos eletrônicos em SC

A proposta, aprovada em plenário, classifica como esporte eletrônico as competições profissionais de jogos em plataforma digital, envolvendo dois ou mais competidores, em partidas on-line ou presenciais. Assim, os praticantes passam a ser reconhecidos como atletas. A medida representa um marco inicial, colocando o tema na legislação e se adequando às novas tecnologias. A proposta segue para análise do governador. Acompanhe.

Carmen e a ministra da Mulher entregam kits para os Conselhos Tutelares

A deputada federal Carmen Zanotto juntamente com a Ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Cristiane Brito, entregou quinta-feira, 19, kits para os Conselhos Tutelares de Painel, Otacílio Costa, Saudades e Jaborá.

“Não vamos deixar de fortalecer quem está aqui na ponta: os municípios, os gestores, os conselheiros tutelares. Nesse sentido, ressalto que é satisfatório ver que o estado de Santa Catarina está comprometido com a proteção e promoção dos direitos de crianças e adolescentes”, afirmou a ministra.

A iniciativa integra as atividades da Campanha Maio Laranja, mês voltado à prevenção ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes.

Homenagem aos bombeiros e seus cães

Na noite de 19 de maio, o Poder Legislativo Lageano concedeu honrarias aos soldados do 5º Batalhão de Bombeiros Militar, Luciano Warth Rangel e Guilherme Pereira Galli, e aos cães Órion e Sasuke pela atuação na operação de resgate realizada em Petrópolis-RJ, cuja tragédia resultante das fortes chuvas ocasionou a morte de 241 pessoas na cidade fluminense.

A proposição foi da vereadora Katsumi Yamaguchi (Progressistas), autora do projeto de decreto legislativo 006/2022, aprovado por unanimidade na Câmara.