Cardoso e Vone batem boca por causa da instalação da CPI

O vereador em exercício do PSL, João Cardoso cobrou do presidente da Câmara, Vone Scheuermann na sessão desta segunda-feira, que não tomou as providências com relação à instalação da CPI para apurar irregularidades com relação ao prefeito, uma vez que a prefeitura está efetuando compras no supermercado do qual Ceron é sócio.

Para João Cardoso, no momento em que o presidente recebeu o requerimento solicitando a CPI assinado por sete vereadores e apresentada toda a documentação necessária, teria de nomear os membros da comissão. Para Cardoso, o presidente estaria protelando para beneficiar o prefeito. O requerimento foi protocolado na quinta-feira passada.

Vone disse que ele pode fazer isso no momento em que entender.

Houve então um bate-boca entre eles. Pois Cardoso disse que ele não pode fazer o que quer “O senhor não é dono da Câmara, tem de cumprir o regimento”.

Cardoso disse mais: “se o senhor  não der andamento à CPI até amanhã eu entrarei com um mandato de segurança exigindo para o que o faça”.

Águia 04 auxilia PM para capturar um homem em Correia Pinto

No início da tarde desta segunda feira (21/09), por volta das 13h, a guarnição da 5ª. BAv (Base de Aviação), foi chamada para auxiliar as guarnições da polícia militar na cidade de Correia Pinto.
O auxilio foi para localização de um homem que estava com mandado de prisão em aberto.


Segundo denuncia o referido homem estava em atitude suspeita na agência da Caixa Econômica juntamente com sua esposa. Ele estava trajando bermuda jeans, colete preto, tênis branco e usando boné de aba reta.
O masculino percebendo a aproximação dos policias de Correia Pinto, acabou saindo em fuga, mas localizado e contido após a chegada e sobrevoos do Águia mostrando sua localização e auxiliando na prisão e cumprimento do mandado que o mesmo já possuía.

Moacir Pereira sobre o processo de impeachment

Parecer do MPE pode ser tiro mortal a favor do impeachment, diz advogado

Decisão sobre atrasados dos Procuradores do Estado será do desembargador Pedro Abreu

MOACIR PEREIRA20/09/2020 ÀS 23H06 – Atualizado Há 3 horas

O Parecer do Ministério Público Estadual sobre ação que tramita no Tribunal de Justiça do Estado sobre o pagamento dos atrasados dos Procuradores do Estado poderá representar um tiro mortal no processo de impeachment do governador Carlos Moisés e da vice-governadora Daniela Reinehr.

A Procuradora Eliana Vulcato Nunes restringe seu parecer pela prescrição do direito aos atrasados dos Procuradores ao período em que a ação foi vitoriosa em 2002 e 5 de abril de 2019, quando foi solicitada sua execução.

Alertado pelo Defensor Ralf Zimmer Junior, o desembargador Pedro Abreu, relator do processo no Tribunal de Justiça, decidiu suspender os pagamentos dos atrasados relativos a isonomia salarial dos Procuradores do Estado com os Procuradores da Assembleia.

Advogado Leandro Ribeiro Maciel não se surpreendeu com o parecer do Ministério Publico:  “Já era esperado. O pagamento da isonomia com os atrasados foi decido por ato administrativo e não por ordem judicial. Isto é ilegal.  Não existe qualquer decisão da Justiça sobre isonomia salarial dos Procuradores”.

Este Parecer da Procuradora será juntada ao processo para decisão do desembargador Pedro Abreu, do Grupo de Câmaras Reunidas.

Acidente na acesso para São Joaquim

Tipo: ACIDENTE DE TRÂNSITO
Cidade: LAGES
Bairro: INDIOS
Logradouro: BR 282
Complemento: km 210 acesso para são joaquim
Número: 210
Referência: acesso para são joaquim
Descrição: COLISÃO de caminhonete em caminhão, seguido de capotamento, segundo solicitante 03 vitimas encarcerada nas ferragens.
Viatura(s): ASU-446, AR-103, ABTR-130
Data: 21/09/2020 – 12:13

Três vítimas dentro do veículo, o qual saiu da pista e capotou, sendo duas delas conduzidas ao hospital, sem maior gravidade.

As guarnições do trem de socorro da sede do 5ºBBM, ABTR-130, ASU-446, USA-01 e AR-103, deslocaram até a BR-282, próximo ao KM 210, para atender uma solicitação de colisão caminhonete x caminhão, com vítimas no interior do veículo. Ao chegar no local, a natureza da ocorrência foi confirmada, tratando-se de uma colisão lateral entre dois veículos, sendo que após a colisão o veículo menor capotou algumas vezes e foi parar fora da pista, sendo encontrado sobre as 4 rodas. No momento da chegada da guarnição do ABTR-130 na cena, a guarnição do ASU-446 já estava no interior da veículo realizando a avaliação inicial nas duas vítimas que ali se encontravam. Optou-se pela retirada da porta traseira do lado do motorista e, após realizado o procedimento, a equipe de resgate fez a extração de uma feminina idosa, 58 anos, que estava no banco traseiro, e avaliada pela médica da USA-01 (SAMU) para avaliação. O mesmo espaço criado com a retirada da porta traseira para extração da primeira vítima, também foi utilizado para extração da segunda vítima (masculino idoso, 62 anos) que era o condutor do veículo, e encaminhado também para avaliação da médica que estava no local.

Veículos envolvidos:
V1 – Caminhonete Chevrolet S10, cinza, placa de Otacílio Costa/SC.
V2 – Caminhão Scania Euro 5 vermelho, placa de Otacílio Costa/SC, conduzido por masculino, 50 anos. Nada sofreu, ficou no local do acidente.
Vítimas envolvidas:
1- masculino, 62 anos; (condutor do V1), conduzido ao HNSP, pela USA-01 (SAMU);
2- feminina, 58 anos; (caroneira do banco traseiro do V1), conduzida ao HNSP pelo ASU-446;
3- masculino, 75 anos; (caroneiro do banco dianteiro do V1), foi avaliado pela Gu do ASU na cena, porém recusou condução e permaneceu no local.

Não está ainda permitida a divulgação dos candidatos, mesmo não pedindo voto

Nesta manhã de segunda-feira o repórter Daniel Goulart entrevistou o responsável pelo Cartório Eleitoral da 21ª Zona Eleitoral de Lages, Gilmar Duarte. Um dos questionamentos feitos foi com relação ao uso das redes sociais para a divulgação de candidaturas, embora não haja pedido de voto.

Segundo Gilmar ainda não é permitido, mesmo isso. A campanha inicia de fato a partir do próximo domingo, dia 27 de setembro.

Na eleição anterior apenas sete vereadores conseguiram se reeleger

Com três vereadores fora das eleições (Aidamar, Chagas e Vone) e três outros disputando a majoritária (Lucas, Thiago e Samuel) mesmo que os demais vereadores na disputa pela reeleição sejam vitoriosos, ainda haverá seis novos vereadores. Mas, obviamente que, nem todos os 12 vereadores na disputa vão se eleger. Significa dizer que, pelo menos a renovação da Câmara será de 50%, no mínimo.

Na verdade há muitas críticas com relação aos vereadores que ai estão e se realmente se a rejeição se confirmar nas urnas, a renovação será muito maior.

Na última eleição em 2016, apenas sete vereadores se reelegeram entre os 16 eleitos em 2012 – Gerson dos Santos, David Moro, Thiago Oliveira, Aidamar Hoffer, Vone, João Chagas e Luiz Marin. Destes, somente três pretendem mais um mandato: Gerson, Davide e Marin.

Candidaturas do PT/PV já foram registradas e agora só aguardam o deferimento da Justiça Eleitoral

A coligação “Lages que olha para frente”, composta pelo PT e o PV, registrou neste sábado (19), na Justiça Eleitoral, a candidatura majoritária e de vereadores para as eleições de 2020, que acontecem em 15 de novembro. Na ocasião foi registrado, também, o plano de governo.

Professor Cleimon (PT) e Domingos Valente (PV) disputam a Prefeitura de Lages. Dezenove nomes concorrem a vereador pelo PT. Essa coligação é muito significativa para o Partido dos Trabalhadores e das Trabalhadoras de Lages. Desde 2008 que o PT não tinha candidato à majoritária nas eleições municipais. Antes disso participou em duas eleições com candidatos a vice, Jary Carneiro em 1988 e Professor Cleimon em 2004.

“Num cenário político, como o de Lages, dominado há anos por um mesmo tipo de projeto, constitui um ganho extraordinário a coligação PT e PV, porque representa um projeto realmente popular, participativo e sustentável. Domingos e eu temos caminhadas e experiências diferentes, mas sempre na busca de construir uma sociedade mais justa”, afirma o pré-candidato a prefeito Professor Cleimon.

Para o secretário de comunicação do PT de Lages, Josias Rodrigues, esse é um momento histórico para o partido. “Os lageanos e lageanas não suportam mais o jugo dos coronéis que sempre dominaram nosso município, vendo tantas injustiças cometidas ao nosso povo ao longo de muitas décadas principalmente na administração pública”. E reforça que a candidatura põe em prática as pautas em defesa da classe trabalhadora, de devolver aos lageanos e lageanas a esperança por dias melhores, e resgatar a confiança do povo com uma administração pública participativa.

A coordenadora da pré-campanha, Claudia Bratti, acredita que a candidatura do Professor Cleimon é uma oportunidade dada ao cidadão de inovar, com uma gestão administrativa, voltada para políticas públicas alicerçadas no processo participativo da comunidade em especial, daqueles sem voz. “É uma  esperança de um futuro mais igualitário e diferente  da contínua condição de promessas eleitoreiras. Gestão técnica, qualificada e compartilhada com a realidade local, princípio e objetivo de resolutividade. Lages precisa se dar a oportunidade de experimentar o novo, não do discurso das velhas práticas usadas pelos que já aderiram também o modelo, mas renovar de verdade com troca total dos vícios repetitivos do comando da política. Uma Lages que olha para frente, que  precisa ser repensada”.

Cinco municípios da Serra, dentre eles Lages, foram notificados pela baixa cobertura vacinal

O Ministério Público de Contas de Santa Catarina (MPC/SC) encaminhou notificação a 55 municípios catarinenses com cobertura vacinal abaixo de 50%. A procuradora-geral de Contas, Cibelly Farias, pede que seja desenvolvido um plano de ação para atingir as metas até o final do ano, em articulação com Estado e governo federal.

Os municípios têm 30 dias para responder ao MPC/SC a partir do recebimento da notificação. O documento foi enviado também à Secretaria de Estado da Saúde para conhecimento. Dentre esses 5 municípios, cinco são da Serra: Bocaina do Sul, Bom Retiro, Cerro Negro, Lages e Painel.

NOTIFICACAO