Atendimentos agendados nas UBSs ficam suspensos por uma semana

Diante do expressivo aumento de casos confirmados do novo Coronavírus (Covid-19) e da rápida elevação dos índices de ocupação de leitos de enfermaria e UTI Covid, algumas medidas preventivas serão adotadas nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) para evitar a disseminação da doença.

Em menos de 24 horas, a taxa de ocupação de leitos de enfermaria Covid passou de 67% para 73% e a ocupação de leitos UTI Covid saltou de 64% para 80%. Já o Centro de Triagem da Covid-19 registrou somente na sexta-feira (20 de novembro), 486 atendimentos, a maior marca desde que a estrutura abriu as portas, em março deste ano. O que acende o sinal de alerta é a alta taxa de confirmações entre os pacientes que estão se dirigindo até o Centro de Triagem nos últimos dias.

Para evitar que esses números subam ainda mais, a partir de segunda-feira (23 de novembro) os atendimentos que estavam agendados nas Unidades Básicas de Saúde estarão suspensos, inicialmente por uma semana. As 27 UBS permanecerão abertas das 7h às 19h (sem fechar ao meio-dia), de segunda-feira a sexta-feira, exclusivamente para atendimentos de urgência e emergência, mediante protocolo de estratificação de risco.

A diretora de Atenção Básica, Francine Formiga, explica que os pacientes que estavam com procedimentos agendados, serão remarcados. “Vamos suspender temporariamente as consultas médicas e odontológicas, coleta de preventivo, testes rápidos de HIV, sífilis e hepatite. Nesses casos os profissionais das Unidades Básicas de Saúde, entrarão em contato com cada paciente que estava agendado, para informar, assim que possível, as novas datas de realização dos procedimentos”, esclarece. 

2 comentários em “Atendimentos agendados nas UBSs ficam suspensos por uma semana”

    • A prevenção que é fundamental e que as UBS fazem muito bem, não tem mais importância! Tem que ter muita atenção sim para a Covid-19! E as outras doenças e enfermidades, esperam? Sem noção da realidade dos Bairros!

Deixe um comentário