Sindicato está preocupado com o perigo de contaminação dos médicos

Desde o início da pandemia, o Simesc – Sindicato dos Médicos de SC- iniciou cobranças para a distribuição de equipamentos de proteção individual de qualidade a todos os profissionais. Além disso, está em negociação com várias entidades públicas e privadas para o pagamento da insalubridade nesse período em grau máximo, além de estar atento a profissionais que estão sendo forçados a trabalhar mesmo pertencendo a grupos de risco.

“Também tivemos que administrar situações que estavam encaminhadas como acionar a Justiça devido ao não pagamento de férias dos médicos do SAMU e problemas na falta de neonatologistas no hospital São José”, acrescenta o presidente.

A Entidade também disponibilizou um seguro de vida para os filiados. Aqueles que estão em dia e ainda não completaram 72 anos, estão segurados em caso de morte pela Covid-19.

3 comentários em “Sindicato está preocupado com o perigo de contaminação dos médicos”

  1. Imagina os Cirurgioes Dentistas então,em relação ao corona,canetas de alta rotação,aparelho de profilaxia (liberação de aerossóis
    E gotículas se água no ar) saliva,proximidade com a cavidade bucal e mtas autoridades não estão se atendo a este detalhe,principalmente nos atendimentos nas UPAS,UBS pelo Brasil e sem contar os EPIS necessários ,apenas a título de curiosidade

    • Silva, faço questão de deixar a linguagem policial. É assim que a polícia se refere às pessoas. Certa ou não, esta é a linguagem utilizada.

  2. Sra Olivete creio que seu comentário seria para o Sr Portuga na notícia onde diz:” DIC prendeu dois foragidos”noticiado logo abaixo desde no seu blog, o meu é em relação aos profissionais odontologos e corona aqui nesta notícia do sindicato dos médicos e apenas como curiosidade .Ate pq tenho um gde respeito e admiração pelo seu trabalho ,Obrigado e continuo seu leitor assíduo e Parabéns com seu trabalho

Deixe um comentário