Maurício pede rigor na fiscalização da circulação de caminhões no centro

O vereador Maurício Batalha está reiterando o pedido de providências de intensificação da fiscalização quanto ao cumprimento da lei que regulamenta a circulação de caminhões e ônibus no centro da cidade.

Ele lembra que a Lei Municipal 3.509/2008 proibiu a circulação de caminhões e ônibus com capacidade de carga superior a cinco toneladas na área central de Lages, nos horários compreendidos entre 7h e 19h, com exceção de veículos oficiais, escolares, de turismo e de transporte coletivo urbano. Já o Decreto nº. 9.569/08 regulamentou a Lei 3.509/08, estabelecendo todos os critérios para circulação de veículos com capacidade de carga superior a cinco toneladas no centro, bem como limitações para operações de carga e descarga de bens e mercadorias.

Mas, muitos motoristas não estão respeitando as determinações oriundas da legislação citada, causando, por consequência, prejuízos ao trânsito na área central de Lages.

“Diariamente, é possível constatar flagrantes de desrespeito a legislação em questão, inclusive com a utilização de veículos com capacidade de carga quatro vezes acima da permitida”.

Observou ainda que proposição no mesmo sentido já restou editada nos anos de 2017, 2018 e 2019, reivindica-se que a Diretran intensifique a fiscalização quanto ao cumprimento integral da referida legislação, observando, para tanto, os dias, horários e locais estabelecidos pela legislação.

1 comentário em “Maurício pede rigor na fiscalização da circulação de caminhões no centro”

  1. É só ver todos os dias os carregamentos da Havan no centro. O mínimo de 10 toneladas o caminhão deles. Sem falar que param o trânsito para manobrar o possante. Será que só eu que vejo isso e tenho coragem de falar.

Deixe um comentário