Prefeitura irá quitar as desapropriações do Complexo Araucária

A questão das desapropriações de imóveis foi o ponto mais enfatizado na reunião mensal das obras da Avenida Ponte Grande e do Complexo Araucária, realizada nesta quarta-feira (15 de maio), com participação do prefeito Antonio Ceron.

A Prefeitura irá quitar os custos das desapropriações com recursos do Finisa, repassados à Prefeitura, via Caixa Econômica Federal. Com isso, o andamento das obras será acelerado, especialmente no tocante à rede central de esgotamento sanitário, obra básica do projeto de implantação da Avenida Ponte Grande.

De um total de 11.300 metros de extensão de rede de esgoto, contratados pela Prefeitura de Lages com a empresa STC Engenharia, 3.500 metros já foram implantados ao longo da avenida Ponte Grande. Nesta metragem está o trecho que se estende desde o ponto de confluência com a rua Cirilo Vieira da Costa (no bairro da Várzea) até o cruzamento com a avenida Castelo Branco (bairro Ferrovia).

Foto: Marcelo Pakinha

1 comentário em “Prefeitura irá quitar as desapropriações do Complexo Araucária”

  1. O projeto Ponte Grande em seu início teve alocados pela Caixa Econômica Federal recursos na ordem de R$ 60 milhões, uma boa quantia para a época, só que com os constantes atrasos, desistências de empreiteiras, redimensionamentos do projetos, relocação de moradores, quero crer que já não haja mais recursos para continuar esta obra.

Deixe uma resposta para Névio S. Filho Cancelar resposta