Nos enganavam passando números fictícios do público da Festa do Pinhão

O diretor da Gaby Produções, Beto Oddy, que tem a concessão da Festa do Pinhão, observou hoje que o público pagante do evento não passa nunca dos 125 a 135 mil.

Significa dizer que todos aqueles números fabulosos que nos passavam no passado eram mentirosos. Manipulavam as informações para justificarem os gastos elevados gastos com o evento. Nunca baixava de 280 a 300 mil o público da festa.

1 comentário em “Nos enganavam passando números fictícios do público da Festa do Pinhão”

  1. Boa tarde colunista.
    Não sei se seu comentário é resultado de algum tipo de amnésia seletiva ou de má-fé pois lembro de vê-la nas edições áureas da NOSSA Festa Nacional do Pinhão (2006 à 2012).
    Tínhamos até 2012 um outro modelo de Festa, muito mais popular e inclusiva (com CINCO DIAS GRATUITOS – sexta (abertura) com show nacional (Latino e Amado Batista colocaram mais de 35 mil pessoas no Parque segundo a PM), e os dois domingos também gratuitos (ambos com shows nacionais e com públicos superiores a 30 mil de média); além de uma estrutura de arena de show (palco nacional), que comportava (também segundo a PM), entre 15 e 20 mil pessoas a mais.
    O ticket médio dos últimos anos (2011/2012) era de R$ 42,00 reais.
    Mas este modelo foi INTENSAMENTE E REPETIDAMENTE CRITICADO por vários setores da Imprensa, levando nosso MAIOR EVENTO a ser privatizado, o que a transformou no que ela é hoje.
    O modelo atual, tem um outro modo de se pensar e realizar a festa.
    Como jornalista que é, você sabe disso, mas a polêmica vazia, a maldade e a falta com a verdade pautam grande parte das suas postagens.
    Ps.: sei que a jornalista não irá liberar este comentário, mas o fato de a senhora o ler, já me satisfaz.

Deixe uma resposta para Marcia Silva Cancelar resposta