Moro é figura constante em todos os atos da administração

O prefeito Ceron inaugurou, na terça-feira, a nova quadra de esportes coberta da Escola Municipal Ondina Neves Bleyer,   bairro Sagrado. Um investimento de R$ 258.086,89, recursos próprios da municipalidade.

O que chama atenção é a constante presença do vereador David Moro que sempre acompanha todos os atos da administração. Nem os vereadores da situação são tão assíduos.

Durante a pose de Jean Pierre na Assistência Social, o prefeito Ceron chegou a elogiá-lo por isso.

MDB de Bocaina já tem nomes para a sucessão de Schmuler

O MDB de Bocaina do Sul já está se preparando para a eleição. Tem nomes postos para candidato a prefeito.

Luiz Schmuler conclui agora seu segundo mandato e o partido pretende eleger seu sucessor. Dois nomes despontam no cenário: o atual secretário de Administração, Rodrigo Barth Pereira e a secretária da Saúde, Soraia Aparecida Batista Schichilisting. 

Rodrigo tem sido o homem forte na administração de Schmuler desde o primeiro mandato.

Réu do crime do beco do Universitário recebeu pena de 15 anos de reclusão

Foto: Taina Borges

Na primeira sessão do Tribunal do Júri, em 2020, na comarca de Lages, um homem foi condenado a 15 anos de reclusão, em regime inicial fechado, por homicídio qualificado pelo motivo fútil. Ele usou a panela de pressão da mãe para golpear a vítima. O júri popular ocorreu nesta terça-feira (11).

O crime ocorreu em maio de 2018 em um beco no bairro Universitário. Conforme a denúncia do Ministério Público, o réu e a vítima estavam bêbados e tinham consumido droga. A briga teria começado por conta do término do entorpecente. Com uma panela de pressão e pedras, o homem de 32 anos foi atingido na cabeça e morreu no local.

Em três depoimentos, o acusado deu versões contraditórias. Neles, alegou legítima defesa. Para a promotoria de justiça, a tese não se sustenta porque a vítima, além de estar em desvantagem fisicamente, não possuía arma e o laudo pericial diz que ela percorreu uma distância de 14 metros sendo agredido.

O nome do réu aparece em 26 boletins de ocorrência. Ele é acusado de outro homicídio, cometido um ano depois do crime julgando nesta terça. Outro processo que está na fase de instrução trata de tentativa de homicídio, onde os acusados são ele e o irmão. A vítima também foi réu em processo de homicídio, e absolvido pelo juízo por ter sido em legítima defesa.

Próximo júri

O Tribunal do Júri se reúne no dia 18 de fevereiro para o julgamento de três homens acusados pelo MP por tentativa de homicídio qualificado e atuar em organização criminosa. Em 2017, eles atiraram contra um homem enquanto cortava a grama do jardim de casa. Não foi atingido porque se atirou no chão e fugiu. Os denunciados cometeram o crime, segundo a promotoria de justiça, por vingança motivada pela contribuição que a vítima prestou na investigação de outro crime.

O plano era ter Roberto Amaral como suplente de senador

Como assim! No último final de semana o vereador Samuel Ramos (PSD, futuro DEM) encerrou um dos módulos do curso Lidera Serra que tem como objetivo criar uma rede de lideranças supra partidária que tem o objetivo de capacitar líderes para o desenvolvimento da região. Dentre os palestrantes estava o ex-prefeito de Blumenau, Napoleão Bernardes que deixou o PSDB para se filiar ao PSD no ano passado.

Bernardes esteve na Rádio Clube visitando Roberto Amaral. Na ocasião lembrou que quando ambos estavam no ninho tucano e se cogitava a candidatura de Napoleão ao Senado, Amaral era o nome escalado para seu 1º suplente. Então lembrou que se aquele plano tivesse se concretizado, Roberto Amaral poderia estar hoje na condição de senador por SC, mesmo que de forma interina. Obviamente que teriam ai muitos “se” a serem superados para chegar a esta situação.

Estatuto da Criança é a legislação que mais teve mudanças

Um total de 250 conselheiros tutelares de toda a região estão estão recebendo capacitação em Lages.

Pelo que explicou o professor do Campus de Araquari do Ifsc, Roberto Dombroski, coordenador da abertura da capacitação, o Estatuto da Criança é a legislação que mais teve alterações e por isso, a importância dessas capacitações.

“Desenvolvemos uma formação unificada e nasceu esta proposta que é inédita no Brasil”, disse, Roberto Dombroski ao abrir os trabalhos.

Foto: Oneris Lopes

Deputada preocupada com a baixa procura pela reconstituição de mamas

A deputada federal Carmen Zanotto (Cidadania-SC) destinou no ano passado R$ 1,5 milhão para a realização de mutirão de cirurgias de reconstrução de mamas. No entanto, de outubro até janeiro deste ano foram realizadas apenas 27 cirurgias e outras 37 estão marcadas. A informação foi repassada pelo Superintendente de Serviços Especializados e Regulação, da Secretaria de Estado da Saúde de SCRamon Tártari, durante reunião com a parlamentar na segunda-feira, 10.

“Dados do Ministério da Saúde apontam que 2.334 mulheres catarinenses fizeram a mastectomia entre os anos de 2014 e 2019, porém apenas 346 fizeram a cirurgia de reconstrução de mamas. Precisamos atender essas mulheres que ainda não realizaram o procedimento. Nosso objetivo é zerar a fila de espera em Santa Catarina. Por isso, faço um apelo para que a população e os veículos de comunicação nos ajudem a divulgar o mutirão”, ressalta a parlamentar. 

Sargento Lima quer revogar o título de cidadão de Lula

A Comissão de Constituição e Justiça da Alesc aprovou, nesta terça-feira, o projeto do deputado Sargento Lima (PSL) que revoga o título de Cidadão Catarinense ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Conforme o parlamentar, o ex-presidente “não consegue parear virtudes, qualidades éticas e morais pertinentes à comenda”, referindo-se às condenações por corrupção impostas a Lula.

A matéria foi aprovada com o voto contrário do deputado Fabiano da Luz (PT), que apresentou um substitutivo global no sentido do cancelamento do título ser a todos que tivessem condenação com trânsito em julgado. A proposta de substitutivo foi derrotada na Comissão. O projeto irá a plenário para votação final.

Foto: Tarcísio Poglia

Observatório de olho nas obras da Cirilo Ramos

Dentre todas as rotinas de trabalho do Observatório Social de Lages, uma delas é o acompanhamento da execução de obras públicas, a fim de verificar se os trabalhos estão sendo executados de acordo como que prevê o projeto da obra.

No registro, os voluntários do Observatório Social acompanhando parte da execução das obras de pavimentação da rua Cirilo Vieira Ramos, durante execução de rede pluvial prévia ao asfaltamento da rua.
Inclusive fazendo a medição dos tubos e levantando as demais informações