Homologadas candidaturas de Elizeu e Toni

 

Convenção realizada hoje no Clube Princesa, do PMDB e os oito partidos coligados – PPS, PT, PTB, DEM, PHS, PCdoB, PTdoB e PSDC – sacramentou a candidatura de Elizeu Mattos a prefeito e Toni Duarte de Vice.

 

alt

 

A nominata completa dos vereadores ainda não está fechada, uma vez que é esperada para os próximos dias a adesão de novos partidos, mas já estão confirmados o PMDB, PPS, PTB e DEM estarão juntos. 

 

O evento contou com a presença do vice-governador Eduardo Pinho Moreira, do senador Cassildo Maldaner, da deputada federal Carmen Zanotto e dos deputados estaduais, Dirce Heiderscheidt, Nilson Berlanda e Jailson Lima.

 

alt

O DEM só vai lançar um candidato a vereador: Rodrigo Silva

 

alt

O PPS deverá sair com 12 candidatos a vereador.

 

O vereador Marcius Machado jura que Sérgio Godinho também será candidato a vereador. Dá para acreditar?

 

Plano de governo

 

O advogado Edézio Caon entregou a Elizeu e Toni o plano de governo elaborado com a participação de todos os partidos.

 

Denominado de “Por uma Lages feliz”, o documento dispõe as principais diretrizes a serem seguidas.

 

“Nos reunimos e debatemos exaustivamente este plano de governo para que ele de fato atenda aos anseios e necessidades de Lages e sua gente”, disse Caon.

 

 alt

Foto: Nilton Wolff

 

Com exceção apenas do presidente estadual do DEM, Paulo Gouvêa, todos os demais estiveram na convenção. Das lideranças dos partidos aliados, a ausência de Luiz Henrique apenas.

 

alt

 

 

Toni Duarte:

 

 “Queremos a participação de todas as pessoas em nossa administração e toda a vez que um empresário vier a Lages estaremos prontos para recebê-lo e mostrar o que a cidade tem a oferecer”

Visita surpresa

 

O governador Raimundo Colombo chegou de surpresa ao encontro motivacional  promovido pelo PSD.

 

Em seu recado o governador disse da importância de servir a cidade; “essa missão que todos estão se propondo, é de doação,é de dedicação ao próximo e a Lages. Que todos levem a mensagem da verdade e da vontade de termos uma Lages ideal a todos os lageanos”, sobre Ceron, ressaltou a amizade de mais de 30 anos, a experiência e a vontade do pré-candidato em querer contribuir para o crescimento do município. “Desejo uma ótima campanha e contem comigo”, finalizou Colombo.

Reunião com os pré-candidatos

 

Hoje, a coligação que tem Antonio Ceron (PSD) como pré-candidato a prefeito de Lages, e Sirlei Rodrigues (PP) como vice, reuniu pré-candidatos a vereador e lideranças dos partidos que compõem a aliança (PSD, PP, PSB, PSC, PR e PRB). O encontro, realizado na Acil, teve a palestra motivacional ministrada por Natalino Nazário. Ele falou sobre vários temas relevantes relacionados à corrida eleitoral.

 

alt

Fotos: Fábio Ramos

 

Antes da palestra, o governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo (PSD), e o prefeito de Lages, Renato Nunes de Oliveira (PP), deram alguns conselhos aos pré-candidatos, e destacaram a força da coligação.

 “É uma aliança forte, que pode dar uma grande contribuição para que Lages se torne cada vez melhor”, disse o governador. “Temos a melhor proposta, e vamos mostrar isso aos cidadãos”, destacou Renatinho.

 

alt

Ceron, Appolinário e o governador trocaram dois dedos de prosa

Nota de esclarecimento (Hospital Sera do Bem)

 

 

 

A iniciativa de adiar a inauguração da nova ala do hospital Infantil Seara do Bem para uma data compatível com a agenda do governador Raimundo Colombo partiu da direção da instituição. Durante a semana, o Governo do Estado, por meio da SDR Lages, deixou claro que a data prevista inicialmente (22 de junho) poderia ser mantida sem nenhum problema, e que nesse caso o governador seria representado pelo secretário regional, Jurandi Agustini. Além disso, a SDR sugeriu a direção que colocasse a nova estrutura em funcionamento também na data prevista (23 de junho). Sendo assim, as mudanças são de responsabilidade do hospital.

Secretaria de Desenvolvimento Regional de Lages
Assessoria de Comunicação

oito partidos vão apoiar Elizeu

 

Dois momentos importantes marcaram o encontro realizado ontem, que reuniu pela primeira vez as executivas dos partidos aliados ao PMDB com vistas às eleições de outubro: o anúncio do nome do  vice do pré-candidato a prefeito Elizeu Mattos, o vereador Toni Duarte (PPS), e a oficialização do apoio do PTB ao PMDB feita pelo vereador e presidente do partido, Ailton Freitas.

 

alt

Ontem à noite, os representantes dos partidos confirmaram a aliança

 

O encontro, que aconteceu no salão da igreja Santa Cruz, além de confraternizar serviu para acertar detalhes sobre as convenções dos partidos coligados que acontecem no sábado, dia 23, no clube Princesa.

 

alt

Rodrigo Silva (DEM),  Toni Duarte (PPS), Elizeu (PMDB) e Anilton Freitas PTB)

 

“O PPS, a exemplo dos demais partidos coligados, tem um grande compromisso com a cidade e com as pessoas. Estamos formando uma grande aliança composta por ideias e projetos que querem o melhor para Lages”,  destacou o pré-candidato a vice-prefeito.

 

“O PTB também se alia as duas maiores forças políticas de Lages: o PMDB e o PPS. Não estamos aqui nos vendendo a ninguém e, sim, entrando neste grande projeto que quer o melhor para a cidade e para as pessoas. Vamos apoiar os pré-candidatos Elizeu Mattos e Toni Duarte. E falo em nome também de todos os pré-candidatos a vereador do meu partido”, frisou Anilton Freitas.

 

Com os anúncios da noite, agora já são oito os partidos que integram a aliança com o PMDB. São eles: DEM, PT, PHS, PTdoB, PSDC, PTB, PCdoB e PPS.

 

“E estamos abertos para mais adesões”, completou o presidente do PMDB lageano, Cosme Polese.

 

Fotos: Nilton Wolff

 

 

Nota Oficial do Ministério da Saúde

 

O Ministério da Saúde está monitorando os casos de influenza em Santa Cataria e enviou, esta semana, dois técnicos que apoiarão a secretaria estadual e as secretarias municipais de Saúde na análise dos casos e na elaboração de uma resposta efetiva.

Em Santa Catarina, foram notificados, em 2012, 231 casos confirmados de influenza pelo subtipo do vírus A H1N1e 22 óbitos. Desses óbitos, quatro ocorreram em Blumenau, dois em Lages.

Durante a pandemia de 2009, foram registrados 159 óbitos no país.

Mesmo com o fim da pandemia, o subtipo A H1N1 2009 continua circulando no mundo inteiro, agora produzindo apenas surtos localizados, pois a maioria das pessoas já está protegida contra ele, seja porque tiveram a infecção natural em 2009 (estima-se que até 30% da população pode ter tido influenza pelo subtipo A H1N1 2009) ou porque se vacinaram nas campanhas realizadas em 2010, 2011 e 2012. No Brasil, a campanha de influenza para o inverno de 2012, recentemente realizada, atingiu cobertura acima de 80%, uma das mais altas do mundo.

E explica por que não amplia a vacinação….. diz a nota:

 

A utilização da vacina, nessa situação atual, também não é recomendada porque a produção de anticorpos contra o vírus da influenza só se inicia após duas semanas da aplicação, não garantindo a proteção imediata, que seria necessária num surto que geralmente é de duração muito limitada. Estudos realizados durante a pandemia mostraram que a medida que se revelou mais eficaz para evitar casos complicados e óbitos é o acesso rápido ao antiviral oseltamivir.

Oito partidos vão apoiar Elizeu

 

 

Dois momentos importantes marcaram o encontro realizado ontem, que reuniu pela primeira vez as executivas dos partidos aliados ao PMDB com vistas às eleições de outubro: o anúncio do nome do  vice do pré-candidato a prefeito Elizeu Mattos, o vereador Toni Duarte (PPS), e a oficialização do apoio do PTB ao PMDB feita pelo vereador e presidente do partido, Ailton Freitas.

 

alt

Ontem à noite, os representantes dos partidos confirmaram a aliança

 

O encontro, que aconteceu no salão da igreja Santa Cruz, além de confraternizar serviu para acertar detalhes sobre as convenções dos partidos coligados que acontecem no sábado, dia 23, no clube Princesa.

 

alt

Rodrigo Silva (DEM),  Toni Duarte (PPS), Elizeu (PMDB) e Anilton Freitas PTB)

 

“O PPS, a exemplo dos demais partidos coligados, tem um grande compromisso com a cidade e com as pessoas. Estamos formando uma grande aliança composta por ideias e projetos que querem o melhor para Lages”,  destacou o pré-candidato a vice-prefeito.

 

“O PTB também se alia as duas maiores forças políticas de Lages: o PMDB e o PPS. Não estamos aqui nos vendendo a ninguém e, sim, entrando neste grande projeto que quer o melhor para a cidade e para as pessoas. Vamos apoiar os pré-candidatos Elizeu Mattos e Toni Duarte. E falo em nome também de todos os pré-candidatos a vereador do meu partido”, frisou Anilton Freitas.

 

Com os anúncios da noite, agora já são oito os partidos que integram a aliança com o PMDB. São eles: DEM, PT, PHS, PTdoB, PSDC, PTB, PCdoB e PPS.

 

“E estamos abertos para mais adesões”, completou o presidente do PMDB lageano, Cosme Polese.

 

Fotos: Nilton Wolff

 

 

Nota Oficial do Ministério da Saúde

 

O Ministério da Saúde está monitorando os casos de influenza em Santa Cataria e enviou, esta semana, dois técnicos que apoiarão a secretaria estadual e as secretarias municipais de Saúde na análise dos casos e na elaboração de uma resposta efetiva.

Em Santa Catarina, foram notificados, em 2012, 231 casos confirmados de influenza pelo subtipo do vírus A H1N1e 22 óbitos. Desses óbitos, quatro ocorreram em Blumenau, dois em Lages.

Durante a pandemia de 2009, foram registrados 159 óbitos no país.

Mesmo com o fim da pandemia, o subtipo A H1N1 2009 continua circulando no mundo inteiro, agora produzindo apenas surtos localizados, pois a maioria das pessoas já está protegida contra ele, seja porque tiveram a infecção natural em 2009 (estima-se que até 30% da população pode ter tido influenza pelo subtipo A H1N1 2009) ou porque se vacinaram nas campanhas realizadas em 2010, 2011 e 2012. No Brasil, a campanha de influenza para o inverno de 2012, recentemente realizada, atingiu cobertura acima de 80%, uma das mais altas do mundo.

E explica por que não amplia a vacinação….. diz a nota:

 

A utilização da vacina, nessa situação atual, também não é recomendada porque a produção de anticorpos contra o vírus da influenza só se inicia após duas semanas da aplicação, não garantindo a proteção imediata, que seria necessária num surto que geralmente é de duração muito limitada. Estudos realizados durante a pandemia mostraram que a medida que se revelou mais eficaz para evitar casos complicados e óbitos é o acesso rápido ao antiviral oseltamivir.

Veto foi derrubado

 

Veto foi derrubado

 

Ontem os vereadores votaram o veto do prefeito Renatinho ao projeto de lei de Toni Duarte, que criava o Fundo Municipal de Prevenção de Alagamentos e Recuperação de Áreas Degradadas.

 

O veto foi derrubado por sete a três.

 

A justificativa do executivo para vetar o projeto foi de que é inconstitucional. Essa matéria é de competência do executivo.

Veto foi derrubado

 

 

 

Ontem os vereadores votaram o veto do prefeito Renatinho ao projeto de lei de Toni Duarte, que criava o Fundo Municipal de Prevenção de Alagamentos e Recuperação de Áreas Degradadas.

 

O veto foi derrubado por sete a três.

 

A justificativa do executivo para vetar o projeto foi de que é inconstitucional. Essa matéria é de competência do executivo.

PTdoB vai apoiar Elizeu

 

O presidente local do Partido Trabalhista do Brasil (PTdoB), Paulo Roberto Oberziner, e membros da executiva estiveram reunidos com Elizeu Mattos, hoje, para oficializar apóia a sua candidatura.  

Foto: Nilton Wolff

As conversas com Elizeu iniciaram há cinco meses, segundo Oberziner.

“Fomos um dos primeiros partidos a dialogar com ele. Estamos juntos neste projeto diferenciado. Hoje a nossa visita foi para sacramentar a parceria”, declarou.

Convenção

A convenção do PMDB e dos partidos aliados está marcada para o dia 23 de junho, no clube Princesa.

Com a palavra… Patrick Cruz

Deixemos de lado a discussão sobre se a edição de 2012 da Festa do Pinhão terá mil pessoas a mais ou a menos que em 2011. Afinal, já faz pelo menos uma década que o número de visitantes está estabilizado em torno de 300 mil pessoas (contando aí os visitantes do Recanto do Pinhão, também anotados pela contabilidade oficial). 

Da mesma forma, ignoremos a discussão sobre a eficácia do novo modelo de gestão dos chamados shows nacionais. Foi um modelo bem-sucedido, segundo comentário corrente.

E pensemos: onde está Lages na Festa do Pinhão?

O que faz um visitante, uma vez andando pelo Parque Conta Dinheiro ou pelas nossas ruas, ter a certeza de que está tomando contato com o que há de mais característico, de mais típico de nossa cidade?

Vender um produto turístico é isso: destacar o que uma cidade ou uma região tem que nenhum outro lugar tem. E muito pouca coisa na Festa do Pinhão (seja dentro ou fora do parque) deixa explícito que estamos em Lages, e não em alguma cidade do Mato Grosso do Sul (onde também faz frio e se dança vaneira), do Paraná (onde também se consomem pratos à base de pinhão) ou de São Paulo (onde também prosperam duplas do que se convencionou chamar de "sertanejo universitário").

A Festa do Pinhão foi um sucesso? A julgar pela arrecadação das bilheterias, parece que sim. Então por que repensar o modelo? Ora, porque é Lages que o turismo deveria vender, e não ingressos. Ingressos são consequência de uma estratégia maior. A discussão também é muito mais profunda do que apenas a escolha entre duplas sertanejas, grupos de pagode, cantoras de axé ou bandas de rock. O elenco é detalhe. Alguns gostam de sertanejo, alguns de milonga, outros de gospel.

Mais importante é pensar: qual o nosso produto turístico?

Blumenau arrebanha quase um milhão de pessoas todo ano com sua Oktoberfest, a maior festa de Santa Catarina. E foi assim que a cidade vendeu-se para todo o país: como uma guardiã das tradições da colonização alemã. A Oktoberfest não tem um único show nacional para atrair tanta gente. Lá estão, todo ano, as bandinhas alemãs tocando as mesmas músicas – e todo mundo se diverte.

Lages, por sua vez, arrebanha 300 mil pessoas todo ano com a Festa do Pinhão, a segunda maior festa de Santa Catarina. A cidade é conhecida por cultivar a cultura gaúcha (que, a despeito do que querem crer nossos vizinhos do Rio Grande do Sul, existe não só lá, mas também no Uruguai, na Argentina e, sim, em Santa Catarina). Mas onde está evidente essa marca?

Um exemplo explícito: Na saída do Parque Conta Dinheiro, um cartaz usado pelos turistas para tirar fotos (daqueles em que o sujeito põe a cabeça em um buraco para parecer estar vestindo as roupas da pintura do cartaz) não tinha mais a imagem da gralha, símbolo da festa. Bem poderia ter de um sujeito pilchado e de uma prenda, mas tinha a imagem de típicos peões de rodeio do interior de São Paulo.

Ok, compreende-se a escolha: o som do momento é o sertanejo. E nada contra o estilo. A discussão é outra: no ano que vem, se a moda predominante for o axé, haverá na saída do parque uma imagem de loiras rebolativas e shortinhos de verão para que os visitantes façam o registro de sua passagem pela festa? 

Na política do turismo, Lages precisa definir quem é. E isso não é só papel do poder público: é também (e principalmente, arrisco a dizer) tarefa dos empresários do setor. Blumenau empacotou o que queria vender – a cultura alemã – e assim se tornou conhecida em todo o país. Lages precisa fazer algo parecido para que nossa fama saia do restrito território que margeia a BR-282 – sob pena de perdermos a chance de estimular a indústria do turismo, a que mais cresce no mundo.

Que o debate não arrefeça sob o sucesso efêmero das bilheterias ou de um projeto de terceirização.

Abraços,

Patrick Cruz