Motim no presídio

 

 

 

Um motim dentro do presídio regional, hoje pela manhã, causou muita confusão e até alguns feridos.

 

Dizem que o problema iniciou em uma revista de rotina, onde foi localizado um celular.

 

O detendo que tinha o celular acabou se alterando e provocou o motim. Alguns tiveram ferimentos, foi chamado o Samu, mas pelo visto não houve gravidade.

 

Mas….. se é tão rigorosa a revista das pessoas que visitam os detentos – todos os dias há queixas, especialmente por parte das mulheres que lá vão – como esse celular entrou no presídio?

 

Não podemos esquecer que nesse presídio há alguns detentos de alta periculosidade.

 

Ele quer saber se é verdade!

 

 

O vereador Marcius Machado está questionando o secretário regional Jurandi Agustini a respeito de uma informação que veiculei em minha coluna, de que o governo vai enviar a Lages um dos cinco aparelhos de ressonância magnética doados pela Receita Federal resultante do descaminho. Fará isso porque está demorando muito a liberação do aparelho comprado pelo Hospital Tereza Ramos que está no porto.  Com isso será possível colocar em funcionamento o serviço de radioterapia.

 

 

Lembro que essa informação me foi repassada pelo próprio governador Colombo, na sexta-feira, no término da solenidade da Acil.

 

Ele informou também que dentro de 40 dias estará concluído e entregue o projeto de ampliação do hospital. E de imediato será assinado edital para a licitação das obras.

 

marciusMachado__2_.JPG

 

 

“Queremos saber de fato, se esses aparelhos serão recebidos, para que nós possamos esclarecer a população que há muito espera pela implantação deste serviço em Lages”.

 

 

Ficou para o segundo semestre a realização de uma sessão especial para discutir o caso da radioterapia.

 

Segundo o vereador, “Convidaremos o Ministério Público para participar desta sessão especial, para que se for o caso, já de entrada em uma representação para dar maior agilidade ao processo”.

 

Mais câmeras!

 

 

 

Os moradores da Rua Visconde de Mauá, cruzamento com a Rua Manoel Marques dos Santos, no bairro Copacabana, tem convivido com a constante ocorrência de roubos e assaltos. Amedrontados diante da violência, solicitam a instalação de uma câmera de vídeomonitoramento no local. Vereador Elói Bassin apresentou requerimento solicitando a instalação.

É permitido?

 

 

 

A prefeitura tem veiculado no rádio e TV propaganda institucional “prestando contas”.

 

Não fez isso durante os três anos e pouco de governo, não há como não atrelar essa iniciativa à campanha eleitoral

 

A administração está mostrando as obras realizadas. Lembro que no primeiro governo de LHS foi feito isso e o PP entrou na justiça e quase perdeu o cargo. Lembram disso?

 

 

 

Gley Sagaz responde

 

 

O advogado Gley Sagaz responde a minha indagação. Diz ele que é permitida a divulgação institucional das ações da prefeitura, no primeiro semestre do ano de eleição.

 

Desde que não conste o nome ou a foto do administrador.

 

E também só poderá ser veiculado até o dia 7, sábado.

 

 

Cita que o caso Luiz Henrique foi diferente. Foi acionado na justiça por causa da veiculação de encarte mostrando seus feitos, em todos os jornais do interior.

 

Leitor manda fotos

 

 

 Estou encaminhando alguns flagrantes que registrei em fotos, de desrespeito às Leis e aos pedestres que transitam pelo bairro Coral. Mais precisamente na Av. Luis de Camões, onde tem uma famosa empresa de pneus (que na minha opinião nem deveria estar instalada numa área comercial e sim numa BR) que ocupam todo o espaço da calçada, seja como estacionamento para os clientes ou parada de caminhões. Moro nesta avenida há muitos anos e diariamente acontece essa prática de estacionamento em cima da calçada, deficientes físicos, idosos, mulheres com carrinhos de bebê etc. tem que desviar dos veículos estacionados, é uma vergonha. Espero que com os Agentes de Trânsito em circulação, fiscalizando e orientando, não aconteça mais esse tipo de coisa, e que as autoridades competentes tomem alguma iniciativa nesse sentido, pois a empresa não é dona do passeio público.

 Fica aqui o meu manifesto. Obrigado e grande abraço.

Luciano Córdova Batista

 

Eis as fotos:

 

07052012540.JPG

 

11052012549.JPG

 

17042012514.JPG

 

 

Vai aí uma pergunta!

 

É legal uma empresa, loja ou consultório avançar a calçada para fazer estacionamento?

 

Na realidade essa calçada, que seria pública, acaba sendo utilizada por particulares.  Se ainda permitissem que qualquer um estacionasse, não seria problema. Mas não permite que seja usado a não ser por clientes da loja ou consultório.

 

Outro dia, na rua Humberto de Campos eu assisti uma cena deprimente. Um senhor desacatando uma senhora que estacionou o carro numa entrada do estacionamento de uma loja.

 

É verdade que ela estava errada, mas ele também não tinha o direito de desacatá-la por isso, porque não é dono da rua.

 

Reunião do secretariado

 

 

 

Dia 14 deve ocorrer nova reunião do secretariado em Lages para o acompanhamento da execução das novas diretrizes administrativas. Nova rodada para ver o que as secretarias economizaram.

 

A ordem é cortar o custeio para aumentar os investimentos.

 

 

Sede da secretaria

 

Deve estar seguindo para a Assembleia projeto para o repasse da antiga sede da Casan em Lages para o governo.

 

Sem essa aprovação, o secretário Jurandi Agustini não pode dar andamento à reforma do prédio para instalar lá a regional.

 

 

Preço da madeira em queda

 

Consta que os pequenos produtores de madeira da região estão preocupados com as constantes reduções do preço da madeira praticados pela Klabin.

 

Ela estava pagando R$ 57,46 por tonelada e passará a pagar agora R$ 56. E já antecipou que, em agosto, reduzirá para R$ 54,00.

 

Leitor opina

 

 

Sem contar que o produtor que foi incentivado pela própria Klabin a fazer fomento Florestal

está encontrando grandes dificuldades para entregar madeira de desbaste nas unidades da Klabin.

Tendo estes que optar por um pátio alternativo da empresa que o preço da ton. gira em torno de R$47,00.

Estranho né?

Luciano Ramos

Como ficou situação do museu?

 

 

O acervo do Museu Thiago de Castro adquirido pelo IFHAN e entregue para administração da Prefeitura de Lages, passará por um inventário. Isto se dará no período de um ano. Nesse tempo também se dará a transição administrativa.

 

Atualmente, uma equipe autônoma, ou seja, ligada aos antigos proprietários do museu, com apoio da Associação Amigos do Museu Thiago de Castro ainda é a responsável pela administração.

   A prefeitura repassa mensalmente ao museu um valor de R$ 3 mil para ajuda com as despesas de pagamento de funcionários, entre outros serviços.

 

Lista do TCE/SC

 

 

 

A entrega da lista do Tribunal de Contas de Santa Catarina com os nomes de aproximadamente 350 agentes públicos com contas irregulares, pelo presidente Cesar Filomeno Fontes ao Tribunal Regional Eleitoral, foi adiada para o dia 5 de julho (quinta-feira), às 15 horas. A mudança ocorreu em função de compromisso do desembargador Luiz César Medeiros, em Brasília.

O documento elaborado pelo TCE/SC servirá de subsídio para o TRE decidir pela inelegibilidade ou não, para a próxima eleição, daqueles mencionados na lista. Entraram na relação, os agentes públicos que, nos oito anos anteriores às eleições de 7 de outubro, tiveram suas contas julgadas irregulares por irregularidade insanável e/ou receberam parecer prévio recomendando a rejeição de suas contas anuais.