Famílias estão sendo relocadas

 

Uma das quatro famílias a serem realocadas por causa das obras de revitalização e urbanização da rua Cirilo Vieira Ramos, em frente à entrada do Clube Caça e Tiro 1º de Julho, está bem próxima de se transferir para o novo lar.

Fam__lia_realocada_na_Cirilo_Vieira_Ramos_est___prestes_a_se_mudar__1_.JPG

Foto: Sandro Scheuermann

Em visita a Karine Anhaia de Souza, 24 anos, o secretário de Habitação, Ivan Magaldi Júnior, e o diretor de Habitação, Aldori Freitas, observaram a conclusão da obra da casa de madeira doada pela prefeitura, com 30 metros quadrados. Agora faltam somente alguns ajustes.

Há que se observar que as casas foram construídas em um terreno anexo ao local que estavam antes.

Carmem preside sessão solene

 

 

A pedido dos deputados federais Carmen Zanotto (PPS-SC) e João Ananias (PCdoB-CE), a Câmara realizou, ontem, sessão solene em homenagem aos 40 anos do Programa Nacional de Imunização – PNI. Carmen destacou que a medicina preventiva é o melhor caminho para garantir a saúde da população brasileira e classificou o programa de imunização como um dos mais importantes do Sistema Único de Saúde (SUS). Apesar da excelência do PNI, a deputada afirmou que ainda é necessário promover avanços como o aumento da cobertura em áreas rurais e a capacitação continua de laboratórios e profissionais da área.
 
Carmen_Zanotto_PNI_1.jpg
 
 
Na presidência da sessão, Carmen Zanotto ressaltou as dificuldades enfrentadas por gestores nos últimos 40 anos na coordenação de um programa de grande magnitude. Ela lembrou que foi necessário superar barreiras como o preconceito inicial da população em relação às vacinas. “O programa nacional, além de organizar todo o serviço nacional, precisou desempenhar um trabalho gigantesco para conquistar a confiança da sociedade brasileira. Quem não lembra das histórias dos primeiros anos de imunização, quando a população questionava os motivos das vacinas”, disse.

Se empolgou e só fez críticas

 

 

David.JPG

O vereador David Moro se empolgou durante  audiência pública do Curso de Medicina lamentando que as questões levantadas na Câmara “muitas vezes ficam apenas nas quatro paredes” e criticou o governador Colombo que, segundo ele, só fica nos protocolos de intenções.

 

O vereador João Alberto Duarte veio em defesa do governo Colombo, citando as várias obras que estão sendo tocadas em Lages. Inclusive disse a ele para que fale com o prefeito Elizeu que ele pode dizer o quando o governo do estado está fazendo em Lages, sendo parceira da prefeitura em muitos projetos

Dossiê expõe desvios da Celesc

 

Com exceção da RIC Record e o Jornal Notícias do Dia, de Florianópolis, a imprensa estadual está ignorando a divulgação do Dossiê Celesc resultante de uma auditoria interna na empresa para averiguar denúncias do Sindicato dos Eletricitários que aponta um desvio de R$ 5,9 milhões (pode ser muito maior) de recursos da empresa com a emissão de notas frias.

Sem contar que também foi apurado o caso Monreal, em que supostamente foram desviados R$ 51,7 milhões em empréstimos que até hoje não se sabe onde foram parar.

 

Você não acha estranho que a RBS e o DC não tenham publicado uma linha a respeito?

Essa semana, na Assembleia Legislativa, os deputados do PT e do PSDB discutiram a instauração de uma CPI para apurar as irregularidades. O relatório da auditoria interna da Celesc  aponta a suspeita de falsificação de notas e a prestação de serviços contratados por empresa de funcionários da própria estatal.

Entre os investigados estão o ex-assistente da diretoria técnica, Antônio dos Santos, que atuou em Lages, onde inclusive concorreu a prefeito. Nele está descrito os meandros de um desvio sistemático de dinheiro público da Celesc ocorrido, se não com a anuência, pelo menos com a omissão do alto escalão da empresa em 2010.

A auditoria realizada na mudança de gestão, em 2011, concluiu que a administração Central da Celesc, em Florianópolis, autorizava pagamentos não reconhecidos pelas gerencias regionais em todo o Estado.

Os envolvidos aproveitavam a brecha na lei de licitações, que dispensa a concorrência em obras e serviços necessários quando é decretado situação de emergência ou calamidade pública.

Quando da mudança de gestão o engenheiro Antônio deixou a empresa e foi para Laguna. Nessa reunião, na assembleia, serão ouvidos os representantes do sindicato dos trabalhadores da estatal, responsáveis por denunciar o caso ao Ministério Público há cerca de dois anos.

Após a divulgação do dossiê, o engenheiro Antônio, que atuava como secretário da Fazenda de Laguna foi exonerado.

 

As mesmas empresas envolvidas da emissão de notas falsas por serviços não realizados pela Celesc foram contratadas pela SDR e prefeitura de Laguna.

Dos R$ 115 mil pagos pela SDR para uma das empresas, R$ 76 mil foram para limpeza de caixas d’água de 33 escolas estaduais, não realizada. Um escândalo, cuja divulgação está hoje sendo contido.

 

Vagas de emprego disponíveis

 

Fique atento às vagas:

Teleatendente

Auxiliar de Produção

Costureira

Soldador Industrial

Mecânico Industrial

Mecânico para Equipamento Pesado

Auxiliar de Serviços Gerais

Auxiliar de Serviços Gerais para Fruticultura

Camareira

Técnico em Contabilidade

Auxiliar de Recursos Humanos (RH)

Cuidadora de Idosos

Auxiliar de Cozinha

Vendedor – ENTREVISTAS DIA 25 DE SETEMBRO

Vendedor externo

Borracheiro

Mecânico Hidráulico

Toneiro Convencional

Empregada doméstica

 

Os interessados devem passar na Secretaria do Desenvolvimento Econômico

Durica foi a Brasília

 

 

O Prefeito Durica, de Palmeira foi a Brasília e no retorno fica em Florianópolis para novos contatos.

 

Durica.jpg

Em Brasília, o Prefeito participou de uma reunião em conjunto com outros Prefeitos da região Serrana, sobre a verificação das implantações das Unidades de Saúde na região, Palmeira é  uma delas, que tem por objetivo trazer uma unidade para o Município.

 

IMG_1077.jpg

A reunião foi presidida pelo líder da bancada dos Deputados Federais de Santa Catarina marco Tebaldi. Uma audiência está marcada no Ministério da Agricultura para liberação de emendas. Dentre elas está a de R$ 100 mil para aquisição de calcário.

Em Florianópolis vai pleitear uma unidade do CRAS para o Município e um kit básico da Defesa Civil

 

Semana do trânsito inicia hoje

 

O 6º Batalhão de Polícia Militar juntamente com o 5º Batalhão de Bombeiro Militar, Prefeitura Municipal de Lages, Diretran e a Câmara de Dirigentes Lojistas de Lages (CDL), estão engajados para a conscientização das pessoas na Semana Nacional de Trânsito que começa hoje e vai até o dia 25.

Várias ações serão realizadas nesse período, entre elas será a divulgação, nas salas de cinema de Lages, de filmes sobre a campanha elaborados pelo Departamento Nacional de Trânsito (DENATRAN), sendo exibidos três filmes de 30 segundos entre as sessões.

Também haverá distribuição de folders sobre a Lei Seca durante operações de trânsito da Polícia Militar, e nos finais de semana em bares e boates da cidade, com orientações aos motoristas.

Serão realizadas palestras com estudantes do ensino fundamental e médio da rede pública de ensino, nos colégios e no próprio 6º Batalhão de Polícia Militar (BPM).

 

7.jpg

Abertura foi hoje pela manhã, no Tanque

 

2__2_.jpg

Fotos: Loreno Siega