Toni recebe Anilton Freitas

 

Visita ao prefeito interino

 

O presidente da Câmara de vereadores, Anilton Freitas, esteve reunido com prefeito em exercício, Toni Duarte, durante essa manhã. Os chefes do Executivo e do Legislativo que já trabalharam juntos por quatro anos, conversaram sobre a atuação em 2013 e as ações para 2014.

 

_DSC1579.JPG

Foto: Flávia Motta

“Conheço bem o trabalho do Toni, e fiz questão de visita-lo neste período em que ele assume o cargo de prefeito, enquanto Elizeu esta de férias. Tenho certeza que a cidade estará bem amparada neste período”, disse Anilton que não poupou elogios ao ex-colega.

 

Quinta-feira  que vem o prefeito retorna

 

Toni Duarte fica no poder até quinta-feira (16), quando Elizeu retorna a cidade. “É um período curto, claro, mas neste tempo estou recebendo no gabinete várias autoridades de bairros, estreitando esta relação ainda mais, assim como Elizeu já vinha fazendo, tenho certeza que conseguiremos fazer melhorias em todas as regiões da cidade, agilizando os projetos para 2014, mantendo este diálogo”, afirmou.

 

Anilton entrega reivindicações dos bairros

 

Na ocasião Anilton entregou nas mãos do prefeito, as reivindicações dos bairros Vila Maria, Maria Luiza e São Carlos. Entre as solicitações estão à pavimentação de Ruas, entre as quais está a Rua: Bento Gonçalves, as ampliações de duas creches e a restauração da praça esportiva. Além disso, o presidente do legislativo pediu novamente ao prefeito a volta do orçamento participativo. Anilton lembrou que Lages foi uma das pioneiras a nível nacional em fazer esta experiência de gestão pública democrática. “No ano passado apresentamos no legislativo inúmeros documentos pedindo a volta deste sistema que realmente deu certo. Inúmeras cidades já implantaram, e Lages foi um exemplo. Iremos continuar insistindo para que isso seja novamente uma realidade em nossa cidade”, ressaltou.

 

Presidente pede a  volta do orçamento participativo

 

O orçamento participativo foi implantado em Lages em 2011, neste sistema de gestão o cidadão participa de assembleias que são divididas em sub-regiões municipais, bairros ou distritos, em discussões temáticas e/ou territoriais. Há, ainda, a eleição de delegados que representarão o povo junto ao governo e formarão o conselho anual. A partir daí, além de dialogar diretamente com os representantes da Prefeitura sobre a viabilidade de executar as obras aprovadas nas assembleias, estes delegados propõem reformas nas regras de funcionamento do programa e definem as prioridades para os investimentos

Cabeamento subterrâneo

 

Obras iniciam na terça-feira

 

Abertura das valas na Marechal Deodoro  até o calçadão, para a implantação do cabeamento subterrâneo vai iniciar na terça-feira, conforme ficou determinado na reunião do Pronto Controle, hoje, no gabinete do prefeito.

 

Essa obra será feita por etapas já que causam transtornos por onde passa.

 

Dinheiro para Bocaina do Sul

 

 

Municípios atingidos pelas enchentes

receberão recursos estaduais

 

O Governo de Santa Catarina está liberando recursos do Fundo Estadual da Defesa Civil para a região serrana. Nos próximos dias, serão descentralizados R$ 300 mil para Lages, e R$ 100 mil para Bocaina do Sul. Os recursos serão aplicados na recuperação de estradas vicinais danificadas pelas enchentes de 2013, quando ambos os municípios decretaram situação de emergência.

3__7_.JPG

Foto: Fábio Ramos

A documentação foi assinada no começo da tarde desta quarta-feira, 8, na SDR. Participaram do ato o secretário de Desenvolvimento Regional, Gabriel Ribeiro, o assessor da Secretaria da Defesa Civil, Alécio Pereira, o prefeito de Bocaina do Sul, Luiz Schmuler, e o coordenador da Defesa Civil de Lages, Adilson Panek.

 

Uma pontes para cada município

 

Nos próximos meses, o Governo entregará uma ponte de concreto pré-moldada a cada um dos 18 municípios da região. Orçadas em R$ 52 mil, as estruturas serão instaladas por uma empresa contrata pelo Governo em locais estabelecidos pelas prefeituras. Como contrapartida, os municípios construirão as cabeceiras.    

Terceira pista na BR 116

 

 

Autopista executa obra na Serra do

Rio Pelotas

 

Teve inicio ontem a instalação do canteiro de obras e tambem o inicio  de recomposição do barranco para dar inicio a construção da terceira pista no trecho da BR 116 que passa pela serra do rio Pelotas,

 

TA6A4107.JPG

 

A obra levara cerca  12 meses para ser executada. num investimento da Autopista Planalto Sul e executada pela empresa Duran. O fotógrafo Zé Rabelo esteve por lá recentemente e é dele as fotos que exibimos aqui.

 

TA6A4150.JPG

Bocaina adquire dois veículos

 

 

Investimento no transporte de pacientes

 

A Secretaria de Saúde, de Bocaina do Sul, passa a contar com novos veículos para o transporte de pacientes do SUS que necessitam de serviços especializados fora do município.

 

DSCN0171.JPG

Foto: Rodrigo Barth Pereira

 Os veículos Transit capacidade para 15 passageiros, zero quilômetro, e Spin capacidade para sete passageiros zero quilômetro foram adquiridos com recursos próprios e irão melhorar o atendimento a saúde publica de Bocaina do Sul. O valor total é de aproximadamente R$ 173 mil reais. 
 

Implantação do cabeamento subterrâneo

 

 Comissão vai acompanhar as obras

 

Está marcada para agora à tarde, uma reunião de ponto controle referente às obras de cabeamento subterrâneo do Centro da cidade, no Gabinete do Prefeito. Estarão presentes representantes da administração municipal, das Centrais Elétricas de Santa Catarine (Celesc), da Quantun Engenharia, responsável pela execução das obras, e de empresas compartilhadas. “O objetivo é integrar todos os órgãos envolvidos e definir os locais exatos da execução de cada etapa, evitando grandes transtornos à comunidade e prejuízos aos cofres públicos”, afirma o prefeito em exercício Toni Duarte.

De acordo com o secretário de Planejamento, Jorge Raineski, será criada uma coordenação para vistoria e controle dos trabalhos. “Trata-se de reunião técnica. Definiremos questões referentes às obras e avaliaremos todos os investimentos para evitar danos às estruturas já existentes”, explica. Após o encontro, a equipe estará à disposição da imprensa para esclarecimentos sobre as obras, que devem iniciar ainda este mês. O cabeamento subterrâneo será instalado nas principais vias da área central de Lages, como as ruas Nereu Ramos, Coronel Córdova, Correia Pinto e na Via Gastronômica, além do calçadão da praça João Costa.

Desembarque do governo

 

Secretários só deixam o governo em abril

 

Imprensa estadual destaca que os secretários de Colombo que vão concorrer às eleições desse ano só deixam o governo em abril, prazo limite para desincompatibilização segundo o calendário eleitoral. Isso porque há uma previsão de que o governo inaugure pelo menos 20 obras até lá. Não querem perder a mídia.

 

Gabriel2.JPG

 

João Alberto deve substituir Gabriel

 

No que tange à SDR de Lages há uma expectativa de que Gabriel Ribeiro deixasse o cargo antes dessa data, mas é bem provável que acompanhe os demais e só saia em abril. Seu provável substituto é o vereador João Alberto Duarte que, deixando a Câmara, dá lugar para que Ênio do Vime assuma no legislativo.

Um projeto turístico para o Morro Grande

 

 

Teleférico para ligar o Morro Grande

ao Morro do Posto

 

Soube através do secretário de Turismo, Flávio Agustini, que existe um grupo de estudos que vem se reunindo na Fundação Nereu Ramos, debruçado na elaboração de um projeto turístico para o Morro Grande.

 

MorroGrande1.jpg

Obviamente que primeiro é preciso resolver o problema da pedreira (que está comendo o morro em uma de suas faces) e a plantação de pinus em outra.

Mas, além do turismo religioso tem potencial para os esportes aéreos, como parapente e outros. Dentre as ideias para o aproveitamento turístico do Morro Grande está a da instalação de um teleférico ligando o Morro Grande a Epagri, no Morro do Posto.

 

MorroGrande11.jpg

 

Festa do Lambari ainda esse ano

 

Como o carnaval desse ano acontece em março, o secretário Flavinho está alimentando a ideia de voltar a realizar a Festa Mundial do Lambari, no Salto Caveiras.

Tradicionalmente ocorria uma semana antes do carnaval e desse ano, há ainda tempo hábil para isso.

 

Exigência do sumulador nas autoescolas

 

Em Lages ainda não há nenhum

 

Em Lages, nenhuma das dez autoescolas dispõe de simulador conforme exigência que passou a vigorar no início desse ano.

Para tirar a carteira o aluno é obrigado a passar pelo simulador – o que aliás, acresce em R$ 300,00 o valor cobrado -. Hoje o valor pago para tirar a carteira é de R$ 1.280,00 e para carro e moto  R$ 1.680,00.

Mas como nenhuma das autoescolas têm,  ninguém está tirando a carteira de motorista nesse período. Tudo está parado até que chegue alguma máquina para simulação.

 

Uma das autoescolas já adquiriu, mas demora cerca de 90 dias para chegar. Até lá!

Leia matéria completa no CL.

Dinheiro sobrando

 

Tem coisa errada aí

 

Se a Assembleia Legislativa e o TCE estão devolvendo R$ 50 milhões do orçamento de 2013 porque não utilizaram, não acham que estaria na hora de reduzir o percentual do orçamento afeto a tais órgãos.

 

E estamos falando em R$ 50 milhões, não é qualquer troquinho não!