Tia Bira deixou esse mundo, mas ficou seu exemplo e os inúmeros filhos

Faleceu hoje ( 26) aos 87 anos, Alzira Silva, conhecida como Tia Bira. Ela não teve filhos naturais, mas em compensação foi mãe de muitos filhos adotivos.

Tanto que posteriormente sua casa foi transformada em creche.

É um exemplo de amor e compaixão. Deu amor, carinho e teto a inúmeras crianças, hoje a maioria adulto que lhes dedicam carinho especial.

Nota de pesar – Alzira da Silva (Tia Bira)

O Poder Legislativo Lageano manifesta pesar pelo falecimento nesta data de Alzira da Silva, ou simplesmente, Tia Bira, uma supermãe lageana de coração que acolheu praticamente sozinha mais de uma centena de órfãos ou filhos de mães solteiras que não tinham condições de criá-los ao longo de sete décadas em sua casa, no bairro Triângulo, em Lages. Tia Bira tinha 87 anos e o velório inicia a partir das 15 horas, na Capela Anjo da Guarda.

Filha de mãe solteira, com 18 anos, Alzira deixou a diversão de lado e passou a ajudar a criar cinco crianças adotadas por sua mãe. Com a morte da sua matriarca, Tia Bira, aos 26 anos, assumiu a responsabilidade por essa criação e também de sua irmã biológica mais nova. Para manter as crianças, que a cada vez chegavam mais até chegar ao número de 53 acolhidas ao mesmo tempo, ela contava com doações financeiras, de alimentos, roupas e calçados, mesmo que escassas na maior parte do tempo. Ao longo dos anos, campanhas beneficentes auxiliaram a causa e mais pessoas ajudaram, inclusive professores na educação das crianças.

O Lar de Amparo Tia Bira, como era conhecido, foi transferido para outros bairros até a mudança definitiva no início dos anos 1970 para a rua Dom Joaquim do Arco Verde, no bairro Centenário. Em frente de sua residência, fica localizada a creche municipal que leva o seu nome, administrada pela Prefeitura Municipal. Por seu trabalho ímpar, Tia Bira recebeu diversas homenagens em vida, como o Diploma de Honra ao Mérito da Câmara Municipal de Lages em 1989, e o Diploma Mulher 89, no mesmo ano, da entidade Lar das Meninas em conjunto com o Clube 14 de Junho.

Para todos que viveram sob os seus cuidados, resta a gratidão, o respeito e a admiração por uma pessoa que devotou sua vida ao acolhimento, a solidariedade, a compaixão e a proteção aos outros. Vigilante da Câmara de Lages há 20 anos, Rafael da Silva (Bugre) foi o único dos filhos adotivos registrados pela Tia Bira por ser de naturalidade estrangeira. Ele teria de retornar ao país de origem se não fosse registrado. “Ela deu para nós todo o carinho para formar o homem que sou hoje, de tudo que eu tenho, minha família, a educação, um cara responsável e trabalhador. Este foi o descanso dela e só tenho a agradecer, por mim e todos os meus irmãos”, comenta Rafael, que viveu por 21 anos na casa da Tia Bira até casar e constituir família.

Deputada aproveita o recesso para visitar os municípios

A deputada federal Carmen Zanotto, iniciou a semana com uma extensa agenda em Curitibanos.

Pela manhã de segunda-feira, 24, a parlamentar esteve com o prefeito Kleberson Luciano Lima e no Hospital Hélio Anjos Ortiz, onde anunciou a indicação de R$ 800 mil em emenda para a compra de um tomógrafo. Carmen ainda conversou com os profissionais da enfermagem sobre o piso nacional da categoria.

À tarde a deputada esteve na Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE), Casa de Recuperação Água da Vida (Cravi), Associação de Pais e Amigos dos Deficientes Auditivos (APADAC), Associação de Pais e Amigos dos Autistas (AMA) e Associação Beneficente Frei Rogério. Todas as instituições receberam recursos e indicação de emenda parlamentar.

“Como representante da região tenho ajudado todos os nossos municípios com a indicação e emendas. É o retorno para a nossa sociedade. E poder contribuir, principalmente com estas instituições que realizam um trabalho exemplar é muito gratificante”, afirma a parlamentar.

Urubici ganha uma nova logomarca

Através da Assessoria de Comunicação, a  prefeita Mariza Costa apresentou a nova logomarca do município. Na verdade trata-se do brasão do município.
A nova identidade visual / identidade de marca proposta é um brasão, inspirado no brasão da bandeira do município. Dentro dele, constam as manifestações de alusão ao município, bem como sua tradição, e vegetação local, tais como: Pedra furada; Araucária; Agricultura e Pecuária.
“A identidade visual proposta contribui com o novo momento do município, onde seguindo as tendências minimalistas é possível ter uma identidade de fácil identificação e aplicação”, diz a prefeita.

Trabalhadores aguardam a condução aos pomares de São Joaquim

A equipe do CREAS de São Joaquim, com o apoio da Polícia Militar, realizou Abordagem Social no centro da cidade com o objetivo de incluir na rede de serviços as pessoas em situação de rua.
Os casos, em sua maioria, são de pessoas migrantes para trabalho na safra da maçã. Por este motivo, a maioria recusa atendimento do CREAS alegando que já possuem local de trabalho definido ou que estão aguardando os proprietários dos pomares irem buscá-los em locais de encontro definidos pelos empregadores (como as praças centrais ou a rodoviária). 

Para manter-se na mídia, Polese se reúne com membros da associação de moradore4s

O prefeito em exercício, Juliano Polese, retoma as reuniões com membros das diretorias das associações de moradores com o objetivo de ouvir os representantes diretos das comunidades no que diz respeito às principais reivindicações relativas, basicamente, à realização de obras públicas de interesse comunitário.
A primeira reunião ocorreu na manhã dessa terça-feira (25 de janeiro) na sede da Associação de Moradores do bairro Santa Helena, com a presença de membros do colegiado municipal, diretores de associações de moradores e participação também de vereadores convidados como observadores das reuniões.