Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

 

Lages.jpg

 

unnamed_18.jpg

 

Arquivo

 
Tio Ligas e Pindaco acusados de improbidade administrativa

Ministério Público de Otacílio Costa indiciou, ontem (9), o prefeito de Otacílio Costa, Luiz Carlos Xavier, o "Tio Ligas", o atual Vice-Prefeito, Reginaldo Gomes do Nascimento, o "Pindaco", e um cidadão de nome Otacílio Araújo de Souza por improbidade administrativa. São acusados de prejuízos de R$ 1,4 milhões aos cofres públicos.

f5c6a094_b0f7_4699_b7ed_ef2e4aab395a.jpg

A Promotoria de Justiça de Otacílio Costa requereu além da devolução desse valor de R$ 1,4 milhão, a aplicação de multa no valor de R$ 900 mil para o Prefeito, R$ 900 mil para o Vice-Prefeito e R$ 100 mil para Otacílio Araújo, bem como a perda do cargo de Prefeito e de Vice-Prefeito, e a suspensão dos direitos políticos dos agentes públicos pelo período de no mínimo 5 anos.

Segundo o promotor Guilherme Brito Laus Simas, foi apurado na investigação, que o Prefeito e o Vice direcionaram um procedimento de desapropriação de um terreno localizado no bairro Igaras, no ano de 2015, em benefício próprio e em troca de apoio político de Pindaco a Tio Ligas nas eleições Municipais de 2016.

Na época, segundo o MP, o Município pagou R$ 900.000,00 pelo terreno de 19 mil metros quadrados, localizado na margem esquerda da rua Pedro Pereira Albuiz, de propriedade formal de Otacílio Araújo de Souza, com o objetivo de fazer lá um loteamento social. 

 Jornal Correio Otaciliense 

Nota Pública

"Mais uma vez" fiquei sabendo da denúncia do Ministério Público pelas redes sociais e pela imprensa. Ainda não fui oficialmente citado de todo o conteúdo do processo, porém estou tranquilo e vou usar o direito do contraditório e da ampla defesa que me é assegurado.

A Desapropriação do Imóvel de 19.000 m2, teve como embasamento a finalidade social de construir casas populares (o município está cadastrado no projeto Minha casa Minha Vida e em 2016 foi pré selecionado). A Desapropriação atende o que disciplina a Lei Orgânica Municipal, possui 3 avaliações de Imobiliárias do município e também parecer favorável da Comissão Municipal de Avaliação. Além disso, o valor pago pelo imóvel foi abaixo do avaliado pelos corretores locais.

Considero a denúncia sem embasamento (vazia) e fantasiosa. Usarei o direito a defesa e ao contraditório e provarei minha inocência em mais uma denúncia injusta e sem sentido.

Termino lembrando que "uma moeda tem dois lados" e que até agora foi visto somente o lado do MP.

Luiz Carlos Xavier Prefeito Municipal

Quarta, 10 de Abril de 2019 23:13
Escrito por: Olivete Salmória | Última atualização em Quarta, 10 de Abril de 2019 23:20

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar Código