Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

 

Lages.jpg

 

unnamed_18.jpg

 

Arquivo

 
Secretaria de Aviação Civil prevê a operacionalização do aeroporto regional com aeronaves maiores

Sobre a cogitação de a empresa Azul iniciar operação no Aeroporto Regional, o secretário nacional de Aviação Civil, Ronei Saggioro Glanzmann disse hoje ao prefeito Ceron que Lages recebe a atuação com aeronave turboélice ATR-72, e além desta oferece aos seus clientes aeronaves de maior envergadura em outros locais.

Portanto, Correia Pinto poderá receber aviões de maior tamanho.

“Outras companhias operam no Brasil, bem como há um grande movimento no sentido de permitir que outras companhias se instalem no país. Para isto a infraestrutura aeroportuária necessita estar compatibilizada a receber aeronaves de maior porte. A operação da Azul hoje na região de Lages é bastante exitosa e acreditamos ter condição de crescer, e para que haja este crescimento existe um aeroporto planejado nas últimas décadas com capacidade de receber estes aviões maiores, que é o de Correia Pinto”, analisa Saggioro, complementando, ainda: “Quem define isto, na verdade, é o próprio mercado". 

O secretário falou que o aeroporto regional possibilitam pouso e decolagem de aeronaves maiores, "incluindo propulsão a jato e transporte de cargas. Por serem aviões maiores há maior disponibilidade de porões de carga.” Contudo, tenho minhas dúvidas.

Consultei a Azul no ano passado se haveria possibilidade de operar no aeroporto Regional. A informação foi de que há interesse desde que este ofereça as condições necessárias.

O que tenho dúvidas é se o aeroporto comporta a operação de aeronaves maiores.

 

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar Código