Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

 

Lages.jpg

 

unnamed_18.jpg

 

Arquivo

 
Deputada percorre o estado para lançar livro com diárias da Alesc e chama jornalistas de "canalhas"

ana_livro_800x600.jpg

 

 A deputada estadual Ana Caroline Campagnolo (PSL) cobrou diárias da Assembleia Legislativa em datas que coincidem com o lançamento do livro “Feminismo: Perversão e Subversão” em cidades do interior do Estado. Cruzando informações da agenda disponibilizada pela própria deputada e do Portal da Transparência do Legislativo, é possível constatar pelo menos seis casos, nas cidades de Chapecó, Criciúma, Fraiburgo, Guaramirim, Itajaí e Itapoá. A deputada negou que tenha cometido irregularidades.

Deputada nega irregularidade no uso das diárias; ouça

Em entrevista por telefone, na noite desta quinta-feira (4), Ana Campagnolo afirmou que em todas as datas cumpriu agenda com atribuições de deputada e que os lançamentos de livro foram feitos após o encerramento do expediente. “As diárias não são pegas para o lançamento do livro, mas para agendas no município”, afirmou. “Se eu considerasse errado, eu não faria. Até porque, eu não sou petista, não sou de esquerda para usar o dinheiro público muito mal gerenciado”, acrescentou.

A entrevista, concedida ao jornalista Altair Magagnin, é permeada por ataques da deputada ao ND e aos jornalistas em geral. “Se quiser colocar da minha hostilidade contra o teu jornal ficaria muito satisfeita”, completou. Ela voltou a repetir que jornalistas são canalhas.

 

ND+ Altair Magagnin

Sexta, 05 de Abril de 2019 12:01
Escrito por: Olivete Salmória | Última atualização em Sexta, 05 de Abril de 2019 12:12

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar Código