Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

 

Lages.jpg

 

unnamed_18.jpg

 

Arquivo

 
Gavazzoni terá de ressarcir os cofres do Estado por ter pago indenizações já prescritas

O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) apresentou ao Judiciário ação civil pública de ressarcimento de dano ao erário estadual no valor de R$ 10,6 milhões. Com base em prova pericial, a Promotora de Justiça Darci Blatti afirma que o Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra) com suporte financeiro da Secretaria Estadual da Fazenda pagou, entre os anos de 2010 e 2011, indenizações e restituições já prescritas.

Para garantir a reparação aos cofres públicos, a Promotora de Justiça requer  de forma liminar a indisponibilidade de bens do ex-secretário da Fazenda  Antônio Marcos Gavazzoni e do ex-presidente do Deinfra Romualdo França Júnior, de modo solidário, no total de R$ 10,6 milhões.    Na ação, ajuizada no dia 27 de março de 2019, a Promotora de Justiça demonstra, por meio de perícia, que 13 grupos empresariais receberam a título de indenizações e restituições já prescritas cerca de R$ 4 milhões, cujo valor atualizado chega aos R$ 10,6 milhões.

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar Código