Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

 

Lages.jpg

 

unnamed_18.jpg

 

Arquivo

 
Moção apresentada por Jean Pierre gerou polêmica entre os vereadores

820c61d7_3940_4c4c_8841_d36b62573691.jpg

Vereadores como João Chagas (PSC) se revoltaram com a proposta de Jean Pierre  e Maurício Batalha porque dizem, que o vereador já trabalha demais.  Tanto que a moção foi rejeitada. Além de João Chagas que fez críticas mas não entendeu a finalidade da matéria, o discurso mais contundente foi do vereador David Moro. Isso porque como funcionário público tem de dar expediente no departamento em que atua e normalmente comparece à Câmara apenas nos horários das sessões.

 

O objetivo era pedir a deputada federal Carmen Zanotto que entre com projeto na Câmara dos Deputados limitando o expediente do vereador em funções fora da Câmara.

 

f2249d88_046e_4c21_8f5f_076dbb7c8f8f.jpg

Jean Pierre acha que mais importante do que discutir a redução ou aumento das cadeiras no legislativo é fazer com que os vereadores, de fato, trabalhem.

Enquanto isso, a vereadora Aidamar Hoffer deixou a sessão para acompanhar a assembleia dos professores. Aliás, os professores aprovaram a proposta do prefeito de 4,17% de reajuste em cinco vezes a partir de junho.  A votação foi de 174 votos a favor e 59 contra.

 
Terça, 12 de Março de 2019 22:29
Escrito por: Olivete Salmória | Última atualização em Quarta, 13 de Março de 2019 12:11

Comentários  

 
#1 João Machado 13-03-2019 09:57
Falando em Carmem , até agora não vi nem uma manifestação da imprensa, sobre o auxilio mudança que ela embolsou, sem fazer mudança... Será que ela comprou toda a imprensa e os blogueiros da cidade?
 

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar Código