Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

 

Lages.jpg

 

unnamed_18.jpg

 

Arquivo

 
APAE sofre com dificuldades financeiras e Lucas Neves questiona sobre os repasses
A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Lages não recebe mais o repasse da Prefeitura no valor de R$53 mil por mês e vem recebendo aproximadamente R$30 mil por mês, fazendo com que a instituição reduza os atendimentos em 60%, também com a dificuldade de manter a locomoção dos usuários com o transporte. Com isso, os serviços de fisioterapia e fonoaudiologia prestados pela APAE correm risco de diminuir ainda mais, prejudicando assim as pessoas que dependem dos atendimentos. 
               
Segundo o vereador Lucas Neves, é lamentável que um trabalho desenvolvido com profissionalismo, dedicação e amor, voltado a saúde, tenha que precisar reivindicar, questionar e requerer que o Poder Público preste um pouco mais de atenção e valorize esta instituição. E questiono: motivos que levaram a Prefeitura a reduzir os repasses? O que está sendo feito para auxiliar a instituição? Por que o pagamento está sendo feito com atraso?

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar Código