Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

 

Lages.jpg

 

unnamed_18.jpg

 

Arquivo

 
Não dá para entender....... que enviem paciente grave para hospital sem estrutura

Uma senhora que estava há cinco dias no pronto socorro, com sangramento e em estado grave. Em um mês emagreceu 30 quilos (está com 48 quilos), sente muitas dores e tem ainda outras complicações. A solução que o Pronto Atendimento deu foi encaminhar esta senhora ao hospital de Correia Pinto que não tem muitos recursos para atender casos graves. A família não tem nem dinheiro para ir até lá. Este caso foi levado ao programa de Daniel Goulart, nesta quinta-feira.

Segundo a diretora de Atenção Básica, Francine Formiga, a mulher estava apenas com diabetes descompensada. Pelo quadro apresentado não fecha com o diagnóstico.

Será que é esta a solução que está sendo dada: mandar os pacientes que estão no Pronto Atendimento para qualquer lugar para lá morrer? Apenas para liberar o leito no Tito Bianchini?

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar Código