Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

 

Lages.jpg

 

unnamed_18.jpg

 

Arquivo

 
Muitos assessores para pouco trabalho

 

Comissionados1.jpg

Pela listagem que que me foi fornecida do preenchimento dos cargos em comissão da Câmara de Vereadores pude constatar que a divisão de cargos continua determinante na composição da mesa diretora: O presidente, Vone Scheuermann teve direito a quatro cargos, dentre eles o que determinou a permanência de James Todeschini como diretor legislativo.

0_17.jpg

Sem ele os vereadores e em especial a mesa diretora estará perdida sem saber como proceder nas sessões. O vice-presidente Amarildo Farias teve direito a outras três indicações, dentre os quais do diretor de compras, para o qual nomeou Luiz Gonzaga Azzi. O 1º secretário, David Moro ficou com outros três cargos, dentre os quais o de diretor administrativo, para o qual designou o ex-diretor do Hospital Tereza Ramos, Rogério Schutz. Ivanildo Pereira (PR) indicou dois, Pedro Figueredo (PSD) ficará com três e Bruno Hartmann (PSDB) com outros dois cargos, incluindo a gerência legislativa de plenário e comissões (Andreia Maria Wolff de Oliveira).

 

thiago0.jpg

Até mesmo Thiago Oliveira entrou na divisão de cargos: ficou com a assessoria econômica (Aline Branco), diretor da Tele Câmara (Jailton Soares) e assessoria da presidência (Carol). Isso que ele nem faz parte da mesa.

Um total de 20 cargos comissionados, mas há outros contratados via terceirizada, que deverá, inclusive aumentar o número de funcionários. A grande maioria é formada por assessores da presidência, de imprensa, de plenário ou comissões.

Pergunto: o que fazem estes inúmeros assessores? Além do assessor de imprensa concursado, Everton Gregório (concursado como jornalista) e Deise Ribeiro também graduada em jornalismo (contratada como assessora de imprensa como se as duas funçõrs fossem diferentes), foram nomeadas mais duas sem qualificação para tal. É muita gente nesta função sem contar que o sindicato dos Jornalistas expediu nota a respeito.

Não dá para entender porque há dois assessores por vereador e depois ainda mais os assessores de plenário e outros ainda nas comissões. Especialmente considerando o volume de matérias trabalhadas durante a legislatura. A maioria das matérias são requerimentos e moções.

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar Código