Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

 

Lages.jpg

 

unnamed_18.jpg

 

Arquivo

 
Campo Belo já está resolvendo o problema da destinação dos resíduos sólidos

c669acb9_4f52_480e_8792_723227da45b4.jpg

O prefeito de Campo Belo do Sul, José Tadeu Martins de Oliveira, e a deputada federal Carmen Zanotto assinaram na manhã desta sexta-feira (30), a ordem de serviço para construção do barracão onde funcionará a Central de Gerenciamento de Resíduos Sólidos que atenderá também, as demandas de Capão Alto, Cerro Negro e Anita Garibaldi. 
 
O investimento será de R$ 467 mil e o prazo para conclusão é de 120 dias. De acordo com o Plano de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos construído pelo Consórcio Serra Catarinense – Cisama em parceria com a Universidade do Estado de Santa Catarina – Udesc, foram estabelecidos setores. O de Campo Belo do Sul, denominado Setor Sudoeste, agrupará todo volume de resíduos domésticos num terreno preparado há cerca de cinco quilômetros do perímetro urbano.
 
2c464ebb-cdcf-441c-a9d4-edfdded8c25e_1.jpg
 
Pelo que explicou o secretário executivo da Amures/Cisama Selênio Sartori, na Central será feita recepção e separação dos resíduos.
 
“Só precisamos que a população separe o lixo seco do úmido porque a coleta será intercalada com a coleta tradicional. Com isso será gerado emprego e renda para várias famílias, além do aproveitamento da matéria-prima que seria descartada como lixo”, declarou Selênio Sartori.
 
Cada município participante da solução conjunta dará como contrapartida R$ 18 mil. Depois da construção do barracão a meta seguinte será aquisição de equipamentos como esteira e prensa, que já está com recursos de R$ 197 mil assegurados, para só depois iniciar a coleta seletiva efetivamente.
 
Sexta, 30 de Novembro de 2018 21:13
Escrito por: Olivete Salmória | Última atualização em Sexta, 30 de Novembro de 2018 21:19

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar Código