Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

 

251.jpg

 

unnamed_18.jpg

 

Arquivo

 
Os prefeitos que mostraram sua liderança nesta eleições

Alguns prefeitos saíram enfraquecidos e outros fortalecidos das eleições. Em Lages o PSD do prefeito Antônio Ceron teve bom desempenho no que tange ao governo do estado, onde o seu candidato Gelson Merísio levou 43,53% dos votos válidos, mas já no tocante ao candidato ao Senado, Raimundo Colombo, com 28,39% dos votos, quando nas últimas duas eleições teve votação muitas vezes maior, o partido sofreu um baque.

Professores.jpg

Mais ainda se considerar a força-tarefa imposta nas últimas semanas da campanha, colocando o secretariado em campo em prol da reeleição de Gabriel Ribeiro e Raimundo Colombo para o Senado, podemos dizer que terá dificuldade a partir desta derrota, mesmo que Gelson Merísio venha vencer no segundo turno.

Faz falta um deputado do partido para trabalhar os assuntos de Lages junto ao governo. Embora Antônio Ceron tenha uma estreita ligação com Merídio. Alguns diriam, até maior do que com Colombo.

ArnoDiploma____o.jpg

Em São José do Cerrito, Arno Marian marcou um tento junto ao partido já que o PSD foi bem votado ao governo e ao Senado, mas embora Júlio Garcia tenha recebido uma boa votação a deputado estadual, foi o emedebista Romildo Titon o campeão de votos e Gabriel Ribeiro ficou em quarta posição com míseros 388 votos.

TioLigas.jpg

Já em Otacílio Costa, administrado por Tio Ligas que leva a bandeira do PSD, Gabriel foi o mais votado, mas com uma pequena diferença do segundo colocado Marcius Machado.

Lá Merísío levou uma boa votação, como na maioria das cidades da serra, com exceção de Urubici, onde deu Mauro Mariani e Anita Garibaldi e Ponte Alta onde o candidato petista, Décio Lima teve a preferência dos eleitores. Merísio surpreendeu em São Joaquim onde levou 44% dos votos válidos ao governo.

Mas em Otacílio Costa, Colombo não levou a melhor votação.

Fernanda.jpg

De todos os prefeitos, foi a de Palmeira, Fernanda Córdova que mostrou maior liderança e onde os candidatos do seu partido, o PR, tiveram os melhores desempenhos. Teve participação estratégica nas eleições de Marcius Machado para deputado estadual e Jorginho Mello para senador.

Única prefeita do PR na Serra, depois que João Cidinei da Silva perdeu o mandato em Anita Garibaldi, Fernanda fez os deveres de casa. O candidato dela ao senado fez 977 votos superando todos os demais concorrentes. Inclusive o candidato ao governo, Câmara federal e estadual. Jorginho Mello só perdeu em votos na Palmeira para o candidato à presidente Jair Bolsonaro que atingiu a marca de 1.153. De forma discreta Fernanda Córdova se torna agora, a “bola da vez” para liderar os prefeitos em busca de recursos para a região, em Brasília.

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar Código