Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

 

251.jpg

 

unnamed_18.jpg

 

Arquivo

 
Camasão questionou os gastos da Alesc

O candidato Leonel Camasão (Psol) foi que fez o maiornúmero de questionamentos, epelo que a prova real constatou, todos com base em fatos reais.

Uma de suas afirmativas foi:

 

Leonel Camasão

"A Assembleia Legislativa (de Santa Catarina) é uma das mais caras do país".

 

 

A Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) devolveu R$ 326,8 milhões de sobras em caixa ao Estado desde 2012 e ocupa a terceira posição nacional em relação aos gastos anuais com deputados, segundo levantamento do Conselho Regional de Contabilidade de Santa Catarina (CRC-SC) com base em dados de 2017. A soma de despesas por parlamentar no ano chegou a R$ 15,9 milhões, atrás apenas dos Legislativos de Minas Gerais (R$ 17,5 milhões por deputado) e do Distrito Federal (R$ 16,9 milhões). 

Em relação às despesas totais, a Alesc aparece na quarta colocação (R$ 637 milhões), atrás de Minas Gerais (R$ 1,34 bilhão), São Paulo (R$ 1,12 bilhão) e Rio de Janeiro (R$ 756 milhões). Considerando a população dos Estados, a Assembleia Legislativa de Santa Catarina fica em oitavo lugar no estudo, com R$ 90,98 de gasto anual per capita. 

O Relatório de Devoluções Financeiras Pelos Poderes, compartilhado pela Secretaria de Estado da Fazenda ao Prova Real, aponta que a Alesc devolveu ao Poder Executivo, entre 2012 e 2017, R$ 276.843.015,00. 

 

Em 2016, a Alesc devolveu ainda R$ 50 milhões como crédito para o Fundo de Apoio aos Hospitais Filantrópicos, Hemosc, Cepon e Hospitais municipais de Santa Catarina. Com isso, o total devolvido nos últimos seis anos foi de R$ 326.843.015,00

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar Código