Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

 

251.jpg

 

unnamed_18.jpg

 

Arquivo

 
Rodrigo diz que Kleinübing tomou o partido de assalto e usou-o para conseguir a vice candidatura

Rodrogpretorno.jpg

"Primeiro, quando João Paulo Kleinübing assumiu o partido ele bloqueou as senhas de todo mundo na justiça Eleitoral. Inclusive tínhamos algumas filiações a serem feitas não foi possível porque havia o bloqueio.

Ele assumiu o partido no lugar de Paulo Gouvêa e estava totalmente desorganizado, não tinha nem secretária e então montou uma estrutura se dizendo anti Merísio. Mas, não ligou para ninguém. Poderia, pelo menos ter consultado os presidentes das executivas para saber informar a posição do partido. Tomaram o partido de assalto, decidiram apoiar Merísio. É o voto de cabresto. Não estou mais na idade de determinarem o que devo fazer. Não fez nada para fortalecer o partido, não conversou com ninguém. Até pretendíamos colocar um candidato a deputado estadual aqui, mas nem isso foi possível. Tomou o partido de assalto para usá-lo para conseguir a candidatura a vice-governador. Quando ele assumiu há seis meses, me ligou um guri chamado Felipe Schmidt para marcar uma reunião do Kleinübing aqui em Lages. Foi marcada, mas ele não apareceu. O motivo da indignação é justamente isso, ai simplesmente tomou o partido, bloqueia todo mundo, se candidata a vice e o resto do partido que se arrebente.

Juro que fiquei extremamente satisfeito com a destituição pois só tinha incômodos e gastos: despesa mensal de contador que sempre foi bancada por mim. E ainda, estão falando em comissão provisória, mas o que temos aqui é um diretório."

Para Rodrigo, tudo já estava planejado, tanto que foram buscar alguém que nem é filiado ao partido para presidí-lo.

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar Código