Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

 

251.jpg

 

unnamed_18.jpg

 

Arquivo

 
Aidamar é agora candidata a deputada federal

A super convenção realizada no sábado, em Florianópolis, por onze partidos, não definiu nada com relação as alianças que podem fazer a diferença na composição das chapas. Nenhum dos grandes partidos ainda formalizou aliança. Apenas estas pequenas siglas fecharam uma composição. Se esta sopa de letrinhas tiver peso será apenas no tempo que Merísio ganhará no horário de propaganda eleitoral gratuita no rádio e TV, mas não soma em militância em busca de votos.

Nesta super coligação constam o PC do B, o PDT do vereador Osny Freiras, o PHS, o Podemos de Coruja, o PRB, Pros, PRP, o PSB do secretário Marião e o PSC do vereador João Chagas, além do Solidariedade. Nem o PR, de Jorginho Melo está fechado nesta aliança.

 

MarciusMachado.jpg

O pré-candidato a deputado estadual pela região, o ex-vereador Marcius Machado garante que Jorginho fechará com o MDB e uma das vagas ao Senado será dele.

Ainda falta a definição do DEM, PSDB, PP e MDB, para montar o quadro eleitoral. A surpresa na convenção do PSD, para nós serranos, foi a homologação da candidatura da vereadora Aidamar Hoffer para deputada federal.

 

AidaHoffer.jpg

Há quem diga que ela estaria apostando na possibilidade da deputada federal Carmen Zanotto emplacar como vice-governadora em uma das chapas, mais provavelmente do MDB.

MarinLuiz.JPG

Seria também a aposta de Luiz Marin (PP) que não abre mão de sua candidatura. Obviamente que as chances de ambos são bastante pequenas O PSD lançou 28 candidatos a deputado estadual, sendo que oito deles vão a reeleição. O ex-conselheiro Júlio Garcia é um dos fortes candidatos.

 

Gabriel.jpg

 

Pela região homologaram o deputado Gabriel Ribeiro e o ex-prefeito de Curitibanos, Wanderley Agostini, ambos sobrinho e primo de Raimundo Colombo. No meio oeste, região em que Gabriel investiu eleitoralmente, deve disputar votos com o ex-prefeito de Joaçaba, Rafael Laske (Mamão).

joao_rodrigues_28_05_2014_35jq81k5qapzdcg0jxnt3e.jpg

Na lista de candidatos a deputado federal do PSD tem lugar até para deputado preso, João Rodrigues está na lista. Se a Justiça Eleitoral impedir o registro de candidatura, já nomeou sua mulher como herdeira política. Fica tudo em casa. Ele foi o deputado federal mais votado na última eleição. Para federal, a lista do PSD tem apenas 12 nomes homologados, entre eles de Rodrigues e César Sousa dentre os que já detém mandato, além de Darci de Matos, hoje deputado estadual.

 

Neste cenário agora aparece a vereadora Aidamar Hoffer como representante da Serra. A previsão é de que uma campanha a deputado federal custe, no mínimo, um milhão de reais. Será que a vereadora terá este cacife?

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar Código