Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

 

251.jpg

 

unnamed_18.jpg

 

Arquivo

 
Desfeito o Gabinete de Crise

unnamed_12.jpg

 

O prefeito Antonio Ceron encerrou nesta sexta-feira (1º), o Gabinete de Crise instalado durante a greve dos caminhoneiros. já que a situação voltou a normalidade.

Na educação, um dos setores mais afetados, as demandas de gás de cozinha, alimentos e óleo diesel para os ônibus de transporte dos estudantes já foram supridas. Assim, as aulas serão retomadas normalmente na próxima segunda-feira, dia 4, em todas as 129 unidades da rede municipal de ensino, contemplando 15 mil alunos.

Na saúde, medicamentos e produtos básicos, como gazes e ataduras para curativos, que estavam em falta, já foram restabelecidos, bem como o oxigênio dos hospitais. Os serviços públicos essenciais, como limpeza urbana e coleta de lixo, também estão regulares, assim como o transporte coletivo da Transul, o fornecimento de água da Semasa e o abastecimento dos supermercados, onde os produtos já começam a chegar gradativamente.

Em relação ao combustível veicular, os postos estão recebendo normalmente e a situação deve estar 100% normalizada até a próxima segunda-feira, dia 4. Quanto ao gás de cozinha, a situação hoje é de 90%, sendo também regularizada nos próximos dias. As rodovias estaduais e federais estão com tráfego normal, sem nenhum ponto de aglomeração ou bloqueio.

“Formamos um Gabinete de Crise com a participação dos principais segmentos, em especial as forças de segurança. Todos agiram em conjunto e sem medir esforços. Por isso, obtivemos êxito em reduzir ao máximo os efeitos sobre a população e podemos dizer que a situação está praticamente normalizada em toda a nossa cidade”, comenta o prefeito Antonio Ceron.

Foto: Greik Pacheco

 

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar Código