Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

 

Lages.jpg

 

unnamed_18.jpg

 

Arquivo

 
Constroem um hospital mas não conseguem consertar um aparelho de ressonância

 

Até parece um contrassenso que ao mesmo tempo em que se viabiliza R$ 7 milhões para a construção de uma nova UTI no Hospital Nossa Senhora dos Prazeres ou ainda, que o governo estadual gaste cerca de R$ 100 milhões para a construção de uma nova ala do Hospital Tereza Ramos, não consegue consertar um aparelho de ressonância Magnética que está há sete meses parado.

E não deve ser por falta de iniciativa da direção da unidade pois conhecemos o empenho de Beatriz Montemezzo com relação ao bom funcionamento do hospital.

Nos deixa ainda mais abismados quando se constata que durante estes sete meses já trocaram as peças danificadas mas não puderam colocar o aparelho em funcionamento porque só pode ser feito pela empresa encarregada pela manutenção que já foi chamada mas não mandou ninguém a Lages até agora. Ao que parece, o problema está no desembolso de R$ 300 mil para que o conserto aconteça.

É certo que a nova UTI do Hospital nossa Senhora dos Prazeres é um recurso que vem do Ministério da Saúde a ser repassado pela secretaria Estadual da Saúde, mas se houve empenho em obter esta verba, muito mais fácil seria conseguir fazer o conserto do aparelho, fundamental para identificar doenças e permitir o tratamento para salvar vidas.

Quando consultadas, as pessoas responsáveis estão sempre prontas a informar que a assistência técnica já foi chamada e deve chegar em breve. Ora a justificativa é a dificuldade da obtenção de peças de reposição, ora é a demora no envio de assistência técnica. E não é apenas o problema com a ressonância que o hospital enfrenta.

O aparelho de tomografia computadorizada também já apresentou problemas por várias vezes. Tais problemas vêm ocorrendo há quase dois anos o que nos traz preocupação. Se para consertar um aparelho ocorre uma celeuma como esta, como será então para colocar em funcionamento a nova ala do Tereza Ramos que, aliás, já era para ter sido inaugurada?

Sexta, 27 de Abril de 2018 12:37
Escrito por: Olivete Salmória | Última atualização em Sexta, 27 de Abril de 2018 12:40

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar Código