Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

251.jpg

 

unnamed_18.jpg

 

Arquivo

 
Lucas apresenta hoje o relatório aos demais membros da CPI. São cinco os denunciados

Hoje à tarde o relator Lucas Neves vai apresentar o relatório final à comissão parlamentar de inquérito da Infelicidade. Se aprovado, na semana que vem será apresentado na Câmara tornando público o resultado da investigação. Hoje deverá ser marcada a data, mas não passará da semana que vem.

Inicialmente estavam sendo arroladas oito pessoas, mas o relator fez uma revisão final nesta terça-feira e elencou cinco pessoas que serão denunciadas: entre elas funcionários da administração passada e da atual, além de um empresário.

O que o relator adianta é de que foi constatado que realmente desapareceram as peças de decoração.

Lembra que a Comissão não tem como punir ninguém. "O nosso trabalho é fazer o levantamento e fazer os apontamentos. O relatório nada mais é do que uma convicção do relator diante dos fatos e a minha convicção é de que entre o final de 2016 e início de 2017 houve, sim, desvio do patrimônio público. Isso nós temos comprovadamente dentro do relatório. Não há dúvida em relação a isso.  E, nos vamos pedir a responsabilização das pessoas que praticaram este desvio", disse o relator.

"A gente tem de ter muita clareza de ideias e certeza daquilo que você está fazendo para não cometer nenhuma injustiça, condenando ou pedindo a condenação de alguém que não tem culpa. Ou inocentar alguém que possa ter alguma culpa. Nós estamos falando de seres humanos".

 

Lucas3.JPG

Além do desvio das pessas decorativas, Luca diz que existiram outras situações também e "estaremos pedindo também que a prefeitura, através da Procuradoria Geral do Município, tome medidas administrativas em relação a alguns servidores que nos identificamos que, não cometerem crimes, mas cometeram faltas e nós vamos sugerir que estas faltas sejam devidamente advertidas da forma que a procuradoria definir."

"O que nos cabe é mostrar para a comunidade o que aconteceu, quem são as pessoas responsáveis ou possíveis responsáveis. Podemos enviar este relatório ao MP e o promotor pode até arquivá-lo, porque ele pode também pedir o indiciamento daqueles que nós não havíamos pedido. Obviamente que uma CPI de uma Câmara tem muitas limitações. Temos apenas a ajuda do jurídico da casa e não temos ninguém para fazer perícia, buscar documentos. Tudo foi feito no peito pelos vereadores."

Destaca que foram feitas duas viagens a Paulo Frontin sem custo nenhum para a casa e nada foi gasto da verba da Câmara com a CPI, disse Lucas.

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar Código