Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

 

251.jpg

 

unnamed_18.jpg

 

Arquivo

 
PM quer criar vilas militares no municípios da Serra

Não é apenas em Lages que a comunidade cobra maior segurança e a PM está envidando esforços para dar à população pelo menos uma maior sensação de segurança. Na área urbana de Lages, o esforço se concentra na ampliação da Rede de Vizinhos, na área rural está com duas patrulhas e também está fazendo blitzes periódicas.

Agora temos acompanhado a preocupação da polícia em melhorar a atuação nos municípios vizinhos. Recentemente foi realizada audiência pública em Urubici onde a comunidade ouviu as propostas da PM e deu sugestões. O mesmo aconteceu em São Joaquim, onde foi decidida a intensificação das operações em quatro cidade, São Joaquim, Urubici, Urupema e Bom Jardim da Serra, que precisam de reforços neste período em que aumenta o turismo e na colheita de maçã recebem muita gente até de fora do estado para trabalhar nos pomares.

As medidas vão desde a realização de barreiras policiais até visitas às propriedades produtoras.  

Considerando o fato de que o contingente da PM é igual cobertor curto que se puxa de um lado descobre de outro, é preciso otimizar o trabalho dos policiais de forma a melhorar sua performance. Para isso é preciso incentivo a esses profissionais, especialmente para aceitarem o deslocamento para as cidades menores.

Para aumentar a segurança nestas cidades citadas serão criados novos destacamentos e o aumento do número de câmeras de videomonitoramento. Mas, para atrair os PMs para estas cidades está se trabalhando a ideia de se construir Vilas militares. Assim os policias podem se deslocar para lá sem o custo de alugueis e com maior assistência às suas famílias.  

Sem título_1.jpg

O tenente Guilherme Wildner Wolf comandante do1º Pelotão da 2º Companhia da PM em São Joaquim, explica que faz parte de algumas recomendações enviadas as prefeituras “como medidas a serem tomadas para aumentar a segurança na cidade”.

Não é algo que será implementado de imediato, “até porque não temos orçamento. Mas é uma necessidade que temos de levar às autoridades”, explica. Esta Vila Militar seria nos moldes da existente hoje em Urubici, da aeronáutica. Diz o tenente Wolf que “hoje os destacamentos sofrem com a falta de efetivos, e em parte se deve as poucas ofertas de locação”. A ideia é atrair novos policiais com a comodidade de morarem na vila”. Para colocar a ideia em prática a PM está buscando parcerias.

 

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar Código