Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

251.jpg

 

unnamed_18.jpg

 

Arquivo

 
Prefeitura suspende repasse de recursos e o hospital de Ponte Alta teve de ser fechado

Hospital de Ponte Alta liberou os pacientes e fechou as portas porque não tem mais condições de manter o funcionamento. O hospital sobrevive apenas dos recursos do município de R$ 38 mil/mês e da remuneração do SUS pelos procedimentos realizados. Mas, no final do ano passado o convênio com a prefeitura acabou e desde novembro a unidade não está mais recebendo esses repasses.

No ano passado a Fundação dos Amigos do Hospital, que mantém a unidade, pediu e o governo do estado arcou com a reforma do hospital e foi ganho todo o mobiliário. Mas agora teve de ser fechado porque a prefeitura não renovou o convênio. Este dinheiro era usado especialmente para o pagamento da folha e para evitar que a dívida fosse se acumulando, a fundação preferiu fechar o hospital.

 

Até a ambulância cedida pela prefeitura foi recolhida nesta semana por ordem da vice-prefeita Sandra Gonçalves, que está respondendo interinamente,  enquanto o prefeito Paulinho Farias está em férias (volta na segunda-feira)

Secretaria de Saúde diz que o Hospital precisa prestar um plano de trabalho, um projeto,  para que seja possível buscar recursos para viabilizar.

“Não tem condições de somente o município manter um hospital para ter três horas de atendimento médico, A sala de cirurgia não funciona há mais de 5 anos. Tem prestado um serviço de atenção básica, serviço este que a prefeitura já presta”, disse o secretário.

Diz ele que a fundação precisam correr atrás dos recursos juntamente com o município. Hoje Ponte Alta já gasta 27% do orçamento com a saúde. Gastou quase R$ 300 mil com o consórcio da Saúde somente no ano passado e seu orçamento é pequeno e só vem caindo.

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar Código