Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

 

251.jpg

 

unnamed_18.jpg

 

Arquivo

 
Suspeita de incêndio criminoso na escola Francisco Manfrói

Há suspeita de que o incêndio da escola Estadual Francisco Manfrói tenha sido criminoso. Aconteceu ontem (29) à noite e foram queimadas seis salas de aula e o refeitório. A escola tem cerca de 600 alunos e neste espaço que queimou estudavam cerca de 300 alunos nos vários turnos.

um.jpg

Mas a escola já estava passando por reparos com a troca de portas e vidros das janelas. Já tinha sido alvo de depredação.

Chama atenção as vezes em que as escolas, sejam municipais como estaduais frequentam às páginas policiais, com o registro de arrombamentos, furtos e agora... incêndio.

Realmente não haverá solução se não retornarem os vigilantes. Só a vigilância eletrônica não resolve. Mas... dizem os entendidos que mesmo com todas estas perdas e prejuízos, acaba ainda sendo mais barato repor o perdido do que gastariam com a contratação dos vigilantes.

27545133_1738202652866889_355501049921578127_n.jpg

 

ADR Lages emite nota sobre incêndio na E.E.B Francisco Manfroi

A Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Lages vem a público esclarecer que, tão logo tomou conhecimento do fato, adotou todas as providências cabíveis em relação ao incêndio registrado durante a madrugada desta terça-feira, 30 de janeiro, na Escola de Educação Básica Francisco Manfroi, no bairro Santa Mônica, em Lages.  O sinistro foi registrado às 3h40min e durante duas horas destruiu cinco salas de aula e parte do refeitório, até ser controlado e debelado pela ação do Corpo de Bombeiros.  

O secretário regional de Lages, João Alberto Duarte, viajou nesta terça-feira para Florianópolis, onde tem audiência marcada com o secretário estadual de Saúde, Acélio Casagrande, para tratar de outras demandas, mas determinou a adoção das medidas iniciais cabíveis, tais como o registro de boletim de ocorrência, para posterior investigação policial do fato, e orientação da direção da escola.  A ADR também aguarda o resultado da perícia realizada do Corpo de Bombeiros para estabelecer as causas do sinistro e avaliar futuras ações que possam ser eficazes na prevenção e no combate a atos de vandalismo.

 

De acordo com o gerente regional de Educação, Humberto de Oliveira, que chegou ao local às 4h30min, o início das aulas na E.E.B. Francisco Manfroi está mantido para dia 15 de fevereiro. Com quase 50 anos de existência, o estabelecimento escolar atende 600 alunos em três turnos. As cinco turmas que ocupavam as salas destruídas serão remanejadas para outros espaços do estabelecimento, como biblioteca e sala de informática, até que seja feita a devida restauração e recuperação das partes danificadas pelo fogo, pela Secretaria Estadual de Educação.

Terça, 30 de Janeiro de 2018 16:13
Escrito por: Olivete Salmória | Última atualização em Terça, 30 de Janeiro de 2018 18:55

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar Código