Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

251.jpg

 

unnamed_18.jpg

 

Arquivo

 
Consórcio pediu aditivo de 11% do valor da obra para cobrir serviços não previstos

 

O Consórcio SBS Dalba, responsável pela obra de reconstrução da SC 114 no trecho entre Lages e Otacílio Costa, já está solicitando um aditivo, porque, segundo consta, são necessários alguns serviços que não estavam previstos no contrato inicial.

Sem título_3.jpg

Um dos serviços não previsto é o aterramento das laterais da pista. O que não dá para conceber que engenheiros tenham projetado uma obra com 25 centímetros de altura da pista e não previsse que precisava nivelá-la nas laterais. Você imaginam que um profissional tenha feito isso? 

Resultado, o aditivo deverá corresponder 11% do valor da obra que está orçada em R$ 78 milhões.

Segundo o que foi repassado à assessoria, o valor do aditivo solicitado é de R$ 8,6 milhões

 

Sexta, 19 de Janeiro de 2018 12:09
Escrito por: Olivete Salmória | Última atualização em Sexta, 19 de Janeiro de 2018 15:30

Comentários  

 
#5 marcelo castellen 20-01-2018 01:05
ano de eleição é assim mesmo
 
 
#4 Fernando Barreto 19-01-2018 20:11
Não falem besteira.. por favor.. aditivos são normais! Em qualquer obra particular sempre falta algum material ou serviço que deve ser comprado em alguma loja de material de construção.. na obra publica não seria diferente.. o problema q eh mto mais simples o procedimento de ir a uma loja de material comprar do que ter que efetuar um aditivo..
Em nenhuma obra é possível prever tdo que precisará ser feito...
Menos gnt menos..
 
 
#3 João Machado 19-01-2018 17:46
Em outras palavras, serve para dar aos políticos, no caso, o governador e sua turma....
 
 
#2 Névio S. Filho 19-01-2018 17:32
É um assunto apaixonante é como você contratar alguém para reformar a tua cozinha, o cara dá uma olhada global e te dá um orçamento inicial, você aceita e a obra começa, com a quebra de paredes e o andar das obras surgem canos ou buracos que segundo o pedreiro não estavam no orçamento inicial e te pede um complemento a mais, isso se chama reestabelecer o equilíbrio financeiro e atuarial da obra, pois com o tempo e estes serviços que apareceram o valor deve ser atualizado e complementado sob pena da obra ficar incompleta, por isso os termos aditivos fazem parte da Lei 8.666 e são artifícios legais e encarecem de sobremaneira as obras,
 
 
#1 Névio S. Filho 19-01-2018 15:14
Olivete, eu já trabalhei com licitações nos anos 90 e isso é normal estes aditivos é uma estratégia das empresas para terem aumentos nos contratos periodicamente e os trabalhos que dizem não foram previstos, na verdade foram sim, mas servem como justificativas destes aditivos. Espero ter esclarecido.
 

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar Código