Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

251.jpg

 

lages_parque_jonas_ramos_peq.jpg

 

Arquivo

 
Polaco pede desculpas por terem feito a homenagem ao secretário Uncini

“Ninguém tomou chopp de dia como estão colocando ai. Eu admiro que tenha gente de confiança para fazer isso. Foi à noite e eu jamais permitiria que tivesse qualquer coisa no horário de trabalho. A pessoa que fez isso vai ter de comprovar, senão eu vou processar. Vai precisar ter prova. Eu não admito porque eu cuido do meu trabalho. Porque não tira fotografia de mim no horário que estou lá no interior à noite?”

Disse o secretártio Osvaldo Uncini a respeito da denúncia da existência de barris de chopp na secretaria.

 

Polaco.jpg

O diretor Ozair Coelho, o Polaco, observou hoje que se alguém tem culpa nesta história do barril de chopp são eles os funcionários. Porque foram eles que fizeram a homenagem ao secretário Uncini, pelo seu aniversário. Diz que foi feito à noite e todas as despesas foram pagas pelos funcionários que quiseram fazer esta homenagem a ele.

- “ Se alguém tem culpa sobre isso somos nós. E se fizemos errado pedimos desculpa”, disse Polaco.

Ele diz que foi feito à noite e no outro dia o rapaz que ficou de passar para recolher os barris demorou. Só chegou às 10 horas e por isso aproveitaram para fotografar.

Ele disse que as vezes acontece também de fazerem algum almoço no local, quando recebem este pessoal do interior.

- “Outro dia fizemos uma reunião com os 19 presidentes das CROs e fizemos aqui um carreteiro, pois eles vêm do interior e ficam aqui, as vezes, o dia todo”, explicou.

Quinta, 18 de Janeiro de 2018 12:34
Escrito por: Olivete Salmória | Última atualização em Quinta, 18 de Janeiro de 2018 15:45

Comentários  

 
#1 Ricardo Moraes 18-01-2018 15:21
Pode até ser que não tenha havido o consumo do choop no horário de expediente. No entanto, não é admissível que a repartição pública seja usada como ambiente para tais comemorações após o horário. Isso vai contra a ética no serviço público. Passa a impressão de que tratam o ambiente público como extensão de seus patrimônios, podendo ali tratar de assuntos ou realizar encontros para tratar de interesses que não têm pertinência com o serviço público. Desculpas não são suficientes no serviço público! Acredito que tenha ocorrido violação aos deveres funcionais, notadamente os previstos no art. 106, I, III, IV, VIII e X, bem como quanto às proibições previstas no art. 107, XIII, XIV e XV. A conduta das pessoas envolvidas revela possível cometimento de infração, nos termos do art. 116, todos do Estatuto dos servidores do Município. Embora confuso o estatuto, há violações que podem sujeitar o infrator à pena de demissão.
 

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar Código