Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

251.jpg

 

lages_parque_jonas_ramos_peq.jpg

 

Arquivo

 
Mesquita foi expulso do PMDB de Correia Pinto
O PMDB de Correia Pinto reunido sob a presidência do vereador Vilso Rostirola, por meio da Comissão de Ética e Disciplina, decidiu expulsar por infidelidade partidária no final do ano passado, o ex-vice-prefeito Eder Mesquita.
 
Durante o período em que esteve filiado, segundo seus corregilionários, ocupou com apoio integral de todo o partido, os cargos de  vereador e vice-prefeito, conquistando ainda a indicação dos peemedebistas para exercer a função de  delegado, onde  representou o partido com direito a voto  em reuniões e convenções que se realizavam  em todo o Estado. 
 
unnamed_13.jpg
 
Segundo o presidente Tirolle a representação pela expulsão de Eder foi apresentada pelo candidato a prefeito pelo partido, Marcos Beffart. Se fundamentou nos fatos de que, além de não concordar com a decisão tomada na convenção partidária pela candidatura de Marcos Beffart em 2016, ter se insurgido e praticado o ato de infidelidade se unindo ao grupo político adversário, infringindo o código de ética do partido.
“Ele como advogado, estudioso e conhecedor do estatuto do PMDB, estava consciente de tudo o que fez e sabia perfeitamente que estava sujeito a expulsão. Ninguém surpreendeu ele”analisou.
 
Não foi difícil expulsar ele, não, todos  queriam isso” declarou.
 

Comentários  

 
#1 Real Elétrica 07-01-2018 23:42
PMDB um dos partidos políticos mais corrupto do Brasil, juntou se ao PT e deram o golpe no governo federal. Com tanta história de corrupção, não vai muito longe. Em Correia Pinto mesmo são tudo sujo na compra de votos, tanto os vereadores como o Marcos Beffart...
 

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar Código