Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

 

Lages.jpg

 

unnamed_18.jpg

 

Arquivo

 
Governo prospecta a implantação de uma nova empresa para Lages

Segundo o prefeito Antônio Ceron em 2017 foi possível colocar a casa em dia e agora, o grande desafio para 2018 é trabalhar para o incremento da economia local, pois hoje Lages está em 12º lugar em movimento econômico, “pela primeira vez em sua história”, lembrando que já chegou a estar em primeiro lugar.

Coloca como sendo o primeiro desafio, o que trava a vida de Lages que é a falta de oportunidade de geração de emprego e renda.  Uma de suas ações que vem neste sentido é a lei recém aprovada do Lages Bem Mais simples que visa agilizar a abertura de novas empresas.

Ainda no fechamento do ano entregou o primeiro terreno a uma empresa local. E ainda está na expectativa da instalação de uma grande empresa no município. O governo do estado está trabalhando na prospecção não de uma, mais de três empresas, na esperança de que pelo menos uma delas venha para cá. Esperamos que não sigam o mesmo caminho da ZF, Sinotruk, Novaer e outras, tão anunciadas e nunca concretizadas.

Neste campo de incentivo ás industrias Ceron pretende atender aos inúmeros pedidos de terrenos para instalação das mesmas. A prefeitura não tem dinheiro para desapropriar uma área para instalar um novo distrito industrial.

E, como não há terrenos disponível nas áreas industriais existentes pretende fazer o que já os demais prefeitos prometeram, mas pouco conseguiram realizar: a reversão dos terrenos doados e não utilizados. Se referiu até a existência de um deles que foi doado há 18 anos: uma vasta área de terra que foi parcialmente utilizada temporariamente e hoje está sendo loteado.

 

Certamente se referia a área doada ao Aviário Moraes na administração de Raimundo Colombo, Uma área de 160 metros quadrados às margens na BR 116, no acesso norte (Rua Juscelino Kubistchek). Na administração passada já se tentou a reversão desta área, mas acabou não acontecendo.

Ant__nio_Cron.jpg

Mas agora, Ceron diz que fará “o que ninguém teve coragem de fazer: Todo o empresário ou cidadão que recebeu um terreno da prefeitura para um projeto determinado e não cumpriu, nós vamos fazer um levantamento, vamos avisar com tempo e vamos fazer um trabalho de reversão. Dinheiro público é dinheiro público”, diz ele. Está mais do que certo e esperamos que tenha sucesso na empreitada.

Pois, como explica, empresário nenhum, pequeno, médio ou grande tem direito de receber o terreno da prefeitura, escriturar e deixar lá como patrimônio da empresa dele. “Vou levar lhe pau, mas não tem problema. Vou fazer aquilo que é justo”. Disse ele que já está sendo feito um levantamento de todas as empresas que receberam terrenos e não construíram. 

Comentários  

 
#2 Névio S. Filho 03-01-2018 16:23
E vocês ainda acreditam nestas bobagens eleitoreiras em época de eleições. Colombo sai em abril e Pinho Moreira detesta lages.
 
 
#1 R. Souza 03-01-2018 14:07
Kkkkk. Esta eu quero ver mesmo. Mas um engodo ao povo de Lages. Onde estao as mega empresas que iriam vir para Lages como ZF Sinotruk Novaercraft fabrica da CBC Ancora Fixadores Fabrica de Lampadas. Engana trouxas quero ver.
 

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar Código