Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

251.jpg

 

lages_parque_jonas_ramos_peq.jpg

 

Arquivo

 
PM só vai assumir a fiscalização dos ambulantes em março

Soube que o vereador Lucas Neves (PP) até tentou intermediar uma solução para o caso do dono da padaria da avenida Marechal Floriano que estaria deixando Lages por conta das exigências absurdas da Vigilância Sanitária.

 

Parece que não foi possível o entendimento. Segundo a vigilância, sendo uma padaria e lanchonete, as normas exigem no mínimo quatro banheiros: dois (feminino e masculino) para os funcionários e dois (feminino e masculino) para os clientes.

 

Mas o local não teria nem a autorização para funcionamento do Corpo de Bombeiros porque não atende as exigências de segurança e funciona em um prédio velho.

 

Na semana passada a Associação dos Vendedores Ambulantes também reclamou das exigências fora do contexto para o credenciamento para o Natal Felicidade. Muitos sequer passaram pela inspeção exigida para participar do certame.

 

Declaração de um proprietário de carrinho de lanche é de que teria de comportar um reservatório de 100 litros de água e duas pias. A Vigilância também estaria fazendo exigências desproporcionais igualmente nestes casos.

 

 

O secretário dos Serviços Públicos, Euclides Mecabô já antecipou que no ano que vem a fiscalização será rigorosa e a PM vai atuar nesta área. E, os 42 carrinhos que estão hoje espalhados pela cidade terão de se adequar às normas.

 

Segundo o prefeito Ceron, com relação a isto, só terá tranquilidade “quando foi assinado o convênio com a Polícia Militar, por causa da dificuldade em ligar com certos ambulantes, pois há alguns truculentos”.

 

O convênio com a PM só será assinado em fevereiro porque precisa aguardar os 120 dias previstos na lei até sua vigência. O prefeito reconhece que a legislação no que tange à venda de alimentos é muito exagerada, por isso deverá ser adequada em lei municipal, para se adaptar ao caso local porque é sabido que há famílias que vivem da renda obtida daí.

 

Somente depois disso é que a PM começará, de fato a atuar na fiscalização, o que deverá acontecer somente lá por março.

Comentários  

 
#1 George 06-12-2017 09:30
Nossa família tem três apartamentos nesse prédio e informamos que o mesmo passou por uma ampla e total reforma nos últimos dois anos. A obra foi desenvolvida baseando-se em projetos aprovados pelo Poder Publico inclusive o preventivo do Corpo de Bombeiros, onde houve acompanhamento de Engenheiros e técnicos. Os valores gastos foram expressivos devido a readequação que o imóvel passou! O Prédio é antigo assim como a maioria dos existentes na região Central de Lages, porém atende todas as normas vigentes! Grato, George
 

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar Código