Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

IMG-20171122-WA0006_1.jpg

 

lages_parque_jonas_ramos_peq.jpg

 

Arquivo

 
Nova ala do Tereza Ramos precisará de 700 funcionários para poder ser ativada

proje____o_hospital.jpg

 

R$ 3 milhões e 87 mil são os recursos que o governo do Estado deixou de repassar para Lages do chamado cofinanciamento da saúde até agora.

Isso que das sete principais cidades de SC, ainda é Lages que tem o menor valor. Para Florianópolis a dívida é de R$ 8 milhões. Em todo o estado o governo deixou de repassar R$ 135,6 milhões aos municípios.

Segundo consta, o Hospital Tereza Ramos representa um custo para o Estado de R$ 20 milhões por ano. Depois de concluída a nova ala certamente deverá dobrar.

A previsão é de que serão necessários cerca de 700 funcionários para tocar a estrutura nova, além dos 746 que tem hoje. Muito provavelmente será terceirizada toda a mão de obra e os serviços.

A questão nem é o barateamento do custo, mas o fim dos problemas de contratação, já que sendo uma unidade pública só são contratados por concurso.

Comentários  

 
#1 ALEXANDRE R CAMINHA 23-10-2017 16:32
CARA OLIVETE: A TERCEIRIZAÇÃO VAI CUSTAR MAIS CARO, EM TODOS OS ASPECTOS TANTO EM RECURSOS HUMANOS COMO EM MATERIAL. COMO EXEMPLO TEMOS O SAMU QUE QUANDO ERA DO ESTADO O VALOR ERA DE 3 MILHÕES MES QUANDO TERCEIRIZOU PASSOU PARA 10 MILHÕES MES E TEVE QUE VOLTAR PARA O ESTADO POIS ESTE NAO PAGOU.
QUANDO ERA A ORCALI QUE TINHA O CONTRATO DE LIMPEZA DOS HOSPITAIS DO ESTADO UM FUNCIONARIA RECEBIA DELA POR VOLTA DE 1.300 REAIS E O ESTADO REPASSAVA DE 4 A 8 MIL REAIS, DEPENDENDO O POSTO DE TRABALHO. COMO MUDOU PARA A ORBENK ESTES VALORES DEVEM TER DOBRADO. ISTO PARA SERVIÇOS GERAIS SEM FALARMOS EM OUTRAS ATIVIDADES. SE O ESTADO GASTA ATUALMENTE 20 MILHÕES/ANO CERTAMENTE VAI PASSAR PARA 40 OU 50 MILHÕES/ANO SEM FALAR NA PRECARIZAÇÃO DO SERVIÇO, POIS HOJE REALIZAMOS PROCEDIMENTOS BEM ACIMA DO QUE O SUS REPASSA, A EMPRESA PRIVADA VAI FAZER TUDO DENTRO DAS COTAS. PESQUISE QUAL A SITUAÇÃO DE HOSPITAIS TERCEIRIZADOS EM OUTROS ESTADOS E VEJA QUAL A REAL SITUAÇÃO.
 

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar Código