Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

lages.png

 

unnamed_21.jpg

 

lages_parque_jonas_ramos_peq.jpg

 

Arquivo

 
Ceron e Duarte estudam formas de agilitar o processo para demolição do prédio do Aristiliano Ramos

unnamed_13.jpg

 

Menos de uma semana após ser notificada oficialmente sobre o encerramento do caso na Justiça, a Prefeitura de Lages deu início ao processo de demolição do antigo Colégio Aristiliano Ramoscom vistas à revitalização do centro da cidade.

Nesta terça-feira, dia 10 de outubro, o prefeito Antonio Ceron e o secretário da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR), João Alberto Duarte, tiveram o primeiro encontro para avaliar as questões jurídicas, burocráticas e financeiras.

Num primeiro momento, a principal hipótese cogitada é a de doação do imóvel do Estado ao município. Para isso, porém, seria necessário aprovar uma lei na Assembleia Legislativa de Santa Catarina e publicar o ato ainda em 2017, já que em 2018 a prática será vedada por ser ano eleitoral.

Ainda na reunião desta terça-feira, o prefeito Ceron telefonou para o secretário de Estado da Administração, Milton Martini, e pediu agilidade no que compete à pasta, responsável pelos processos de doações.

Nos próximos dias o assunto será pauta de uma reunião com o governador Raimundo Colombo.

Enquanto isso, os técnicos da Prefeitura e do Governo estudam as alternativas mais rápidas, baratas e legais para providenciar a demolição o mais rápido possível.

“O processo estava enrolado há quatro anos, e nós já conseguimos resolver a ponto de vislumbrar o início das obras de revitalização do centro da cidade”, comemora o prefeito Antonio Ceron.

Foto: Pablo Gomes

 

Comentários  

 
#1 Edilson R Fausto 12-10-2017 12:56
Eu acho engraçado na "prosa" do Ceron, é que tudo o lhe parece errado aconteceu nos ultimos quatro anos. Tem visão curta, ou memória fraca, que não lembra dos anos anteriores, em que seu "criador", incompetente, levou nossa cidade ao marasmo que hoje se encontra. Bem, um prefeito que foi eleito com rejeição de 62%, não dá prá esperar miuita coisa mesmo.
 

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar Código