Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

251.jpg

 

lages_parque_jonas_ramos_peq.jpg

 

Arquivo

 
Outubro Rosa: é preciso ampliar o acesso aos exames para as mulheres mais jovens

unnamed_7.jpg

A Campanha Outubro Rosa busca entre outras questões de combate ao câncer de mama, a  ampliação do acesso aos exames de mamografia e ultrassom às mulheres jovens, a partir dos 35 anos, através das unidades básicas de saúde para a retirada das guias para os exames de rastreamento.

“Existem protocolos de conduta de atendimento padronizados, e este acesso se torna difícil para as mulheres mais jovens, que não recebem este benefício. Estas mulheres recebem muitos ‘nãos’, voltam pra casa, não fazem o tratamento”, relatou Denise Anselmo, uma das quatro mulheres que deram seu depoimento na abertura do Outubro Rosa, na Câmara de Vereadores na terça-feira.

Ela pediu que as Comissões da Câmara sinalizem positivamente para a deliberação da matéria, que não vai gerar custos, segundo ela, apenas assegurar que a pessoa possa se apoiar em um regulamento que lhe garanta o tratamento.

 

 Mastologista detectou o câncer em 15 mulheres somente neste ano

 

Médica ginecologista e obstetra da Secretaria da Saúde, Tatyana Stenger Batista relata que  só neste ano foram realizadas em torno de 7.300 consultas médicas, uma média de 810 por mês, e cerca de 700 consultas de enfermagem, 77 ao mês.

unnamed_8.jpg

De consultas de mastologia, realizadas pelo doutor Fernando Vequi, foram 630, numa média de 70 mensais, do qual 15 mulheres foram diagnosticadas com câncer de mama e encaminhadas ao serviço de atendimento especializado Unacom, localizado no Hospital Tereza Ramos. A parceria com o HTR também se dá nos exames de mamografia, do qual foram realizados 1.600 procedimentos neste ano.

Fotos: Nilton Wolff

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar Código