Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

 

251.jpg

 

unnamed_18.jpg

 

Arquivo

 
09 Agosto 2018
Horário de Propaganda durante a sessão da Câmara

Gerson3.JPG

 

Na primeira sessão da Câmara após o recesso, o vereador Gerson dos Santos ensaiou um longo discurso de apoio ao ex-governador Raimundo Colombo, no sentido de cobrar o voto da comunidade.

O presidente Luiz Marin (PP) teve de lembra-lo que ainda não foi aberta a temporada da campanha. Ainda não pode pedir voto aos candidatos. Só será permitido a partir do dia 16. Mas fiquei imaginando como serão as sessões da câmara após esta data.

Será como estivéssemos assistindo o horário de propaganda eleitoral gratuito no Rádio e TV.

Última atualização em Quinta, 09 de Agosto de 2018 01:18
09 Agosto 2018
Muitos candidatos, mas poucas chances de vitória

Até agora muito se falou dos candidatos à majoritária na disputa eleitoral em SC. Mas em se tratando das eleições proporcionais há um batalhão de candidatos que ganha as ruas a partir do dia 16, data em que marca o início da campanha.

Só para deputado federal são 252 candidatos (para 16 vagas da bancada catarinense na Câmara dos Deputados) e para estadual outros 433 candidatos para 40 vagas na Assembleia Legislativa.

Parte dos partidos, entre eles o PT, não fará coligação na proporcional, mas há outras coligações como de Gelson Merísio que os candidatos sairão em bloco. O PSD, PP, PSC, PRB, SD, PCdoB, PPL, Podemos, PRP, PHS e PV terão 72 candidatos federal e 172 a estadual.

 

O MDB se coligará com o PR a federal (PR só indicará Nelson Goetten, de Rio do Sul) com 17 candidatos. A estadual só estará coligado com o PSDB com uma lista de 58 nomes (26 tucanos). Para deputado federal o PSDB fará coligação com o PPS, o DC e o PTB. Significa dizer que ai estará Carmen Zanotto (PPS) em busca de sua reeleição.

Obviamente que não iria se coligar na proporcional com o MDB, uma vez que este partido tem muitos candidatos que superam os 100 mil votos.

Na última eleição Mauro Mariani fez 195 mil votos enquanto Rogério Peninha fez 137 mil. É certo que ambos não estarão nesta disputa, mas estão ai Valdir Colatto, Celso Maldaner e Ronaldo Benedet que vão a reeleição. É bom lembrar que Edinho Bez que ficou como primeiro suplente, fez 102 mil votos e, mesmo assim não conseguiu garantir uma cadeira. Isso porque o MDB só fez cinco cadeiras na Câmara dos Deputados e outros tiveram uma votação maior.

Certamente que nesta coligação, Carmen Zanotto não teria chance, o que é diferente se coligando com os tucanos. O PSDB conseguiu duas cadeiras na eleição passada e a primeira delas foi ocupada por Marco Tebaldi que fez 135 mil votos e a segunda por Geovânia de Sá que fez apenas 52 mil votos, menos do que Carmen Zanotto, com 78 mil votos.  Portanto, Carmen tem chances nesta composição. Para o candidato do PT, Dan Ferreira, cujo partido sai com chapa pura, não há a mínima chance. Na última eleição o PT fez apenas duas cadeiras a federal e os eleitos – Pedro Uczai e Décio Lima –superaram os 110 mil sufrágios. Décio Lima não estará nesta disputa, mas há outros nomes fortes como Carlitos Merss e Cláudio Vignatti. Quanto a Juliano Polese (PP) há incerteza até mesmo se vai concorrer.

Mas se isso acontecer, de fato, as dificuldades são notórias. Para se ter uma ideia, na última eleição o partido garantiu apenas duas cadeiras e uma delas foi ocupada por Esperidião Amin que fez 229 mil votos e o segundo, Jorge Boeira, com 123 mil. Nenhum deles deve concorrer agora, mas há candidatos com maior potencial nesta coligação de doze partidos em que está inserido.

09 Agosto 2018
Filício já está comprometido com Gabriel Ribeiro


O MDB tentou conversar com o suplente de vereador Filício, na última terça-feira, com o objetivo de acertar sua ida para a Câmara, com a possibilidade de Thiago Oliveira abrir espaço durante o período de campanha.

 

fil__cio.jpg

Contudo encontrou um Filício bastante reticente quanto ao assunto. Acabou confessando que já se comprometeu com o candidato do PSD a deputado estadual, Gabriel Ribeiro e deve trabalhar em sua campanha. Sendo assim já tinha acertado sua debandada para o outro partido, embora muito recentemente tenha negado isso.

Consta que a sua filha já foi contratada pela prefeitura e está trabalhando na Semasa e, ainda a sua esposa deverá ser nomeada também.

Se o Thiago chegar a se eleger – difícil, mas não impossível – ou até for chamado para outro cargo no governo, quem herdaria sua cadeira seria Filício. Até questionei isso a quem me passou a informação, e o que me respondeu foi de que, neste caso o partido vai tentar impedir sua posse na vaga. Motivo: infidelidade partidária.

08 Agosto 2018
Procurador esclarece a respeito do procedimento do TCE

NOTA DE ESCLARECIMENTO

 

A Procuradoria-Geral do Município vem em nota esclarecer que o procedimento que tramita no Tribunal de Contas do Estado de Santa Catarina foi motivado pela sentença proferida pela Juíza da 3ª Vara do Trabalho de Lages nos autos do processo n. 0000701-20.2017.5.12.0029.

O Município interpôs Embargos de Terceiro por entender que o imóvel ‘doado à SAMT’ não poderia ter sido penhorado para pagar verbas trabalhistas dos empregados da SAMT.

Na 3ª Vara do Trabalho de Lages a ação foi julgada improcedente, condenando o Município em multa por litigância de má-fé e multa por prática de ato atentatório à dignidade da justiça. O Município não concordou com esta decisão e propôs o recurso denominado Agravo de Petição. A 3ª Vara do Trabalho não concordou com o recurso interposto, indeferindo-o sob a alegação que o correto seria o chamado Recurso Ordinário.

Diante disso, o Município ingressou com Agravo de Instrumento para o Tribunal Regional do Trabalho, sendo o recurso provido e retiradas as duas multas impostas e por conseqüência ‘absolvido’ da litigância de má-fé e da multa por prática de atentatório a dignidade da justiça.

O Tribunal Regional do Trabalho, por unanimidade, afirmou em sua decisão que “[...] tendo o Município interesse em revogar doação de imóvel, e retomá-lo para si, emerge seu interesse em evitar que o bem, público sob sua ótica, seja arrematado em venda direta para pagar dívidas trabalhistas de associação donatária. [..] Por fim, considerando o que consta nos autos, registro que também não se pode imputar ilegitimidade ativa ao Município embargante, que demonstrou estar efetivamente discutindo no Juízo Cível a propriedade do imóvel. Portanto, dou provimento à remessa para isentar o Município de Lages das multas de litigância de má-fé e por prática de ato atentatório à Justiça.”

Esclarecemos ainda que tramita na Vara da Fazenda Pública da comarca de Lages ação proposta pelo Município discutindo a doação do imóvel à SAMT.

Quanto ao procedimento instaurado no Tribunal de Contas do Estado de Santa Catarina, acreditamos que será arquivado, uma vez que o Município praticou todos os atos de forma legítima e necessários para defender o interesse público.

 

Procuradoria-Geral do Município

 
08 Agosto 2018
Curso de enfermagem no Cedup está assegurado

A Secretaria de Estado da Educação comunica a abertura de 96 novas vagas em quatro Cedups de Santa Catarina. Os interessados nos novos cursos devem se inscrever nos próprios centros profissionalizantes. As aulas começam entre agosto e setembro, de acordo com o calendário escolar elaborado pelas unidades. Os cursos serão oferecidos via Pronatec/Mediotec.

Dentre os Cedups com vagas abertas está o Renato Ramos da Silva. O curso técnico em enfermagem tem 25 vagas disponíveis.

Isso significa que o curso foi retomado conforme ficou definido, após a polêmica que surgiu com o cancelamento das matrículas para este semestre

08 Agosto 2018
Amaral diz que candidatura de Monarim não foi aceita pela executiva

IMG_20180808_WA0062.jpg

Então o nome de Monarin não chegou a ser homologado pelo partido, em função do processo que pesa sobre ele e o ex-vice-prefeito Luís Carlos Pinheiro, segundo o que deixou claro, nesta nota, o presidente local do PSDB

08 Agosto 2018
Casildo Maldaner será o primeiro suplente de Bauer
 
O senador Paulo Bauer (PSDB) definiu nesta quarta-feira (8), o nome dos dois suplentes em sua tentativa de reeleição. Ambos serão emedebistas.
 
unnamed.jpg
 
O primeiro suplente será o ex-governador e ex-senador Casildo Maldaner, nome histórico do MDB e com base eleitoral na região Oeste. A segunda suplência ficará com o atual vice-prefeito de Içara, Sandro Giassi Serafim, do Sul do Estado. A escolha privilegiou nomes de regiões que não estavam atendidas até o momento na chapa majoritária.
Última atualização em Quarta, 08 de Agosto de 2018 21:36
08 Agosto 2018
Café com política

unnamed_28.jpg

 

Candidato do MDB ao governo do Estado, o deputado federal Mauro Mariani encontrou-se com os colegas Geovania de Sá (PSDB), Carmen Zanotto (PPS), Ronaldo Benedet (MDB) e Jorginho Mello (PR) no café da Câmara, em Brasília, no começo da tarde desta quarta-feira (8).

Mello buscará uma vaga no Senado em 7 de outubro, enquanto os outros três vão atrás da reeleição para a Câmara. Durante a conversa, o emedebista destacou às deputadas o papel fundamental que as mulheres terão neste pleito. Deu tempo para falar também sobre as coligações proporcionais dos partidos que apoiam Mariani.

No caso da eleição para deputado estadual, o MDB estará ao lado do PSDB, enquanto PPS e PR estarão juntos com PTB, DC, PRTB, Avante e PTC. Na proporcional para federal, MDB e PR estão juntos, ao passo que PSDB e PPS juntarão forças com PTB e DC.

08 Agosto 2018
Monarim foi excluído da lista de candidatos do PSDB

Monarim.jpg

O ex-secretário Dilmar Monarim que teria sido homologado como candidato a deputado federal pelo PSDB teve uma surpresa ao consultar a lista de candidatos do partido que foi encaminhada pelo diretório ao TRE, ontem (7) para o registro: seu nome não constava nela. Agora ele está querendo saber o que houve para seu nome ser excluído.

Screenshot_20180808_025114.png

Na realidade o PSDB está coligado com o PPS na proporcional. Significa dizer que para acertar a coligação ficou o comprometimento de que se apoiaria o nome de Carmen Zanotto a federal.

Só faltaram combinar com o Monarim

08 Agosto 2018
Juarez Mattos será o novo secretário regional

 A portaria da nomeação de Luiz Ademar Paes, presidente do MDB de Lages, para secretário regional de Lages já estava pronta para ser publicada nesta quarta-feira, mas nesta terça-feira ele recebeu um convite do candidato Mauro Mariani para coordenar sua campanha na região serrana.

Luiz_Ademar_Paes.jpg

Este convite também veio no sentido de conciliar a situação de Juarez Mattos que ficou descontente com a sua indicação para deputado federal, quando na verdade queria concorrer a estadual.

JuarezThiago.jpg

Juarez aceitou então o convite do governador Pinho Moreira para a tocar a secretaria regional, cargo que já ocupou em outra ocasião. Sua nomeação deverá ser publicada na quinta-feira.

Quanto ao Paes seu objetivo é ajudar o partido e ficou satisfeito com a confiança depositada nele para a tarefa de tocar a campanha na Serra.

Última atualização em Quarta, 08 de Agosto de 2018 01:07
Início  |  « Anterior12345678910Próximo »  |   Fim