Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

 

Lages.jpg

 

unnamed_18.jpg

 

Arquivo

 
04 Dezembro 2018
Jornalista do CL leva o prêmio IMA de Jornalismo Ambiental

73119a72_cf85_4789_a361_bb8772759db3.jpg

A jornalista do Correio Lageano, Camila Paes, venceu o 11º Prêmio IMA de Jornalismo Ambiental, do Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina, na noite desta terça-feira, em Florianópolis.

A matéria ‘Tecnologia é a grande aliada da produção agrícola’ concorria na categoria de Mídia Impressa Regional/ Serra.

Parabéns Camila!

Última atualização em Terça, 04 de Dezembro de 2018 23:12
04 Dezembro 2018
CPI vai investigar a situação financeira do LagesPrevi

O vereador Jair Júnior (PSD) entrou com pedido para a instalação de uma CPI para investigar a situação do LagesPrevi, uma vez que a prefeitura está tendo de suplementar a folha de pagamentos em quase R$ 2 milhões mês.

O pedido foi acatado e agora serão escolhidos os membros da comissão. A bancada do PSD deve indicar um dos membros, o PP o outro e o terceiro e quatro membros serão escolhidos pelos demais partidos com assento na casa.

O PP acabou abrindo mão da indicação.

Última atualização em Terça, 04 de Dezembro de 2018 22:56
04 Dezembro 2018
Marim pede que o líder do governo retire três projetos do pacote de medidas enviados à Câmara

O presidente da Câmara, Luiz Marin, solicitou ao líder do governo Gerson dos Santos para que retire os Projetos 026, 19 e 20, enviados perlo Executivo, dentro do pacote de medidas para o reordenamento administrativo, porque considera muito prematura a sua apreciação. Diz ele que "pelo entendimento, nenhum deles deve ser aprovado".

Marin.jpg

Gerson diz que não tem autoridade para retirar o projeto. Vai antes conversar com o projeto a respeito. Ele marcou então uma reunião para sexta-feira (9hs) com os vereadores para discutir o assunto.

Veja quais são estes projetos:

19.jpg

20.jpg

26.jpg

Justificativa:

O presente projeto de lei propõe a edição de lei que institui e regulamenta o auxílioalimentação para os servidores públicos municipais, ocupantes de cargo de provimento efetivo e temporários da administração direta e indireta, bem como aos agentes comunitários de saúde. 

A proposta se justifica, pois a Lei Municipal nº 2186, de 24 de julho de 1996, somente autorizou a concessão do auxílio alimentação aos servidores, deixando por conta de ato do Chefe do Executivo a regulamentação das hipóteses e forma de pagamento, ferindo princípios constitucionais no que se refere a criação de toda e qualquer vantagem pecuniária.

É, portanto, necessária alteração legislativa para disciplinar por meio de lei o auxílioalimentação, cabendo ao decreto apenas a fixação dos valores conforme as faixas salariais que atualmente já são conferidas aos servidores. Pela importância da presente matéria, solicitamos especial atenção dos nobres Vereadores na aprovação da matéria .

Aidamar3.JPG

A vereadora Aidamar Hoffer já antecipou que votará contra todos os projetos que forem contra o servidor municipal.

 

04 Dezembro 2018
Deputados derrubam o veto do governador ao projeto de Coruja

22260dd8_9abd_4b91_bd27_48fbe4ca8262.jpg

 
No dia do seu aniversário, o deputado estadual Fernando Coruja (Podemos) teve um presente extra: ganhou 24 votos de seus colegas para derrubar o veto do atual governador Eduardo Pinho Moreira (MDB) ao projeto que torna obrigatório o repasse mensal para a Saúde.
 
Agora, para 2019, o governo será obrigado a repassar 15% de toda a arrecadação de impostos para priorizar a área da Saúde catarinense.
 
A distribuição dos recursos será similar ao que é feito para o TCE, o Ministério Público e o Tribunal de Justiça, no chamado duodécimo.
 
Lideranças de várias legendas defenderam e votaram pela derrubada do veto, entre eles o deputado Gelson Merisio (PSD), autor da PEC da Saúde, a deputada Luciane Carminatti (PT) e até parlamentares da base governista, como o deputado Valdir Cobalchini (MDB). A partir da publicação da medida no Diário Oficial, estará criado também então o "duodécimo da Saúde".
 
Foto: Eduardo Guedes 
04 Dezembro 2018
Polaco diz que a secretaria terceiriza a contratação de funcionários pela Unir

Polaco.jpg

O diretor da Secretaria da Agricultura, Ozair Coelho, o Polaco, informou que o convênio realizado com a Unir prevê a terceirização de serviços, já que não é possível atender todas as demandas da área com apenas os servidores da pasta. O convênio total até dezembro totaliza RS 917 mil.

Com ele foram contratadas 27 pessoas, dentre ele um mecânico que faz a manutenção de todas as máquinas também da secretaria da Agricultura. Isso porque a prefeitura não consegue contratar um bom mecânico por R$ 1.300,00 (que é o vencimento previsto para um servidor desta categoria). Pela Unir é possível contratar pelo valor o mercado (entre R$ 2 mil a R$ 3 mil). Também é pela Unir que são contratados os trabalhadores que fazer a manutenção das estradas (cantoneiros) e ainda paga parte do vencimento dos tratoristas.

 

Também pela Unir estão contratados, dentre estes 27 funcionários terceirizados, o pessoal que trabalha no Horto.

Última atualização em Terça, 04 de Dezembro de 2018 21:54
04 Dezembro 2018
Governador eleito já definiu quem assume a presidência da Celesc

Comandante Carlos Moisés definiu hoje mais um nome de sua equipe:

Tenho o prazer de indicar mais um nome que vai compor nossa equipe de governo. Cleicio Poleto Martins assumirá a Presidência da Celesc.

Profissional de extrema confiança, Poleto é graduado em Engenharia Mecânica na Universidade Federal de Santa Catarina, com especialização em Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas, também é mestre em Energia e Sustentabilidade pela UFSC. 

Bem- vindo ao time. 

47250079_979262588926100_6390550773943500800_n.jpg

04 Dezembro 2018
Em cinco meses a prefeitura repassou R$ 633 mil à Unir por conta do fornecimento de mudas

e15f8b8b_6b2f_49dd_86d7_56ae844451f4.jpg

Recebi informação de que as denúncias contra a antiga Acro continua tramitando na justiça. Mas os produtores rurais estão agora reunidos em uma outra entidade, a Unir, criada com o CMPJ da CRO de Índios, que tinha autonomia.

Ao que já foi discutido na Justiça, a prefeitura não poderia repassar recursos à associação como fez até 2016. Recentemente foi feito um convênio com a Unir para produzir mudas para a pasta da Agricultura, e para isso repassa R$ 131mil mensais para esta entidade.

659c8caf_2c47_4c80_8d69_0a1ac6d9fc0b.jpg

Sempre soubemos que a Secretaria da Agricultura tem seu próprio horto onde produz as mudas de legumes e hortaliças. Que necessidade teria de fazer esta chamada pública? A Colheita Feliz está fazendo a felicidade de alguns....

Em cinco meses foram repassados R$ 633 mil à Unir por conta do fornecimento de mudas. Daria alguns caminhões carregados de produtos da agricultura familiar.

 

04 Dezembro 2018
Sindicatos se mobilizam para impedir retirada de direitos

3e53fce5_6f19_4891_bffb_3d1f00f1f7a1.jpg

O presidente do Sindiserv, Nori e a presidente do Simproel, Elaine Moraes, e outros integrantes dos sindicatos, foram para a Câmara de Vereadores, na tarde desta terça-feira, para conversar com os vereadores e angariar votos contra a retirada de direitos dos servidores municipais.

 

Antes estiveram na prefeitura tentando conversar com o prefeito Ceron, mas este não os recebeu.

Pela informação que tenho os projetos não deverão ir hoje à votação. Só semana que vem.

 

Última atualização em Terça, 04 de Dezembro de 2018 19:00
04 Dezembro 2018
Quatro crianças lageanas adotadas por casais norte-americanos

article.jpg

Quatro irmãs lageanas - de cinco, sete, nove e 15 anos -  foram adotadas por dois casais dos Estados Unidos. O processo tramitou na Vara da Infância e Juventude da comarca de Lages. Um caso raro porque foi possível manter o vínculo entre todas elas e houve a adoção de uma adolescente. 

Na chamada adoção casada ou compartilhada, existe o compromisso de manter a relação entre os irmãos. Um dos casais adotantes ficou com a mais nova e a adolescente. A outra família, com as duas meninas do meio. 

A Justiça determinou que todas fossem atendidas pelo serviço de acolhimento institucional. "Como a ideia é sempre manter os irmãos juntos, fizemos a busca por pretendentes que aceitassem principalmente a adolescente. Não havendo habilitados no Brasil, pedimos a ajuda da Ceja", conta a assistente social Sumaya Dabbous.

O contato com os casais americanos durou cinco meses. Por trinta dias eles ficaram no estágio de convivência e, mediante autorização do juiz Ricardo Alexandre Fiúza, titular da Vara da Infância e Juventude, puderam sair da comarca para se conhecer e visitar cidades do litoral catarinense. Durante dois anos, haverá o recebimento  semestral de relatórios formais com informações de profissionais das áreas da saúde, educação e psicologia, por exemplo, para acompanhamento da adaptação. 

04 Dezembro 2018
Berneck já iniciou a retirada do pinus para limpar o terreno

0_2.jpg

Há cerca de dez dias a Berneck iniciou o trabalho de retirada dos pinus no terreno da empresa, à margem da BR-116, próximo à ponte do rio Caveiras, na divisa entre Lages e Capão Alto.

Corte2.jpg

O gerente de implantação, Silvio Novelli, adianta que o trabalho deve se prolongar até o começo de janeiro de 2019. Aproximadamente 80% da extensão estavam tomados pelos pinus, adquiridos pela empresa por aproximadamente R$ 900 mil, a serem revertidos à prefeitura como forma de indenização pelas despesas com a aquisição do terreno.

As árvores estão sendo levadas para a unidade de Curitibanos.

Corte.jpg

A empresa já deu entrada ao seu registro junto à Receita Federal e dará início ao serviço de terraplanagem da área em fevereiro ou março do ano que vem. A expectativa para início das atividades da unidade é final de 2020.

Berneck S.A. Painéis e Serrados fará investimentos perto de R$ 800 milhões nesta obra.

Fotos: Toninho Vieira

Início  |  « Anterior12345678910Próximo »  |   Fim