Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

 

Lages.jpg

 

unnamed_18.jpg

 

Arquivo

 
19 Fevereiro 2013
O pacto pela Educação

 

 

 

O Estado investirá mais de R$ 500 milhões em infraestrutura, aprimoramento pedagógico e gestão para modernizar o setor. 

Quatro escolas administradas pela Secretaria de Desenvolvimento Regional de Lages passarão por reformas gerais. São elas:

 

Flodoardo_1.jpg

Flordoardo Cabral

Flodoardo Cabral, Industrial, Visconde de Cairú e Professor Mauro Gonçalves Farias (esta em São José do Cerrito).

 

Industrial_2.jpg

Colégio Industrial         Fotos: Fábio Ramos

 

Já as escolas Nossa Senhora do Rosário, Godolfin Nunes de Sousa e Vidal Ramos Júnior (Centro Educacional) receberão melhorias.

“Essas obras são prioritárias. Os recursos estão garantidos, e a partir de agora iremos encaminhar as licitações”, diz o secretário regional, Jurandi Agustini, que assistiu o lançamento do Pacto.

 

Escola Segura

 

No pacto da Educação, lançado ontem, em Florianópolis, está previsto o  programa Escola Segura, que prevê a instalação de câmeras de videomonitoramento no entorno das escolas, a conexão dos equipamentos com a centrais de monitoramento, e a contratação de vigilantes para atuarem nas instituições.

O projeto-piloto será desenvolvido em seis escolas da Grande Florianópolis, e ampliado de forma gradativa para outras 1.082 unidades espalhadas pelo Estado.

 

 

pacto.jpg

 

Reforma do plano de carreira do magistério

 

Projeto será enviado para a Assembleia Legislativa (Alesc) e prevê um reajuste salarial entre 8% e 15% para todos os professores da rede pública estadual em 2013.

Se o projeto for aprovado neste mês, o Governo pagará os valores retroativos a janeiro em uma folha suplementar.  

 

 

pactoEduca____o.jpg

Lousas digitais e tablet

 

O governador anunciou a entrega 2.080 lousas digitais, 2.080 tablets de 10 polegadas e 11.856 tablets de 7 polegadas para escolas que já aderiram ao Ensino Médio Integral e Inovador.

As lousas digitais e os tablets maiores ficarão dentro das salas de aula, e os tablets menores serão disponibilizados para o uso dos professores.

O objetivo é instrumentalizar as escolas para o uso intensivo das Tecnologias da Informação e Comunicação. Na região, 15 escolas receberão os equipamentos.

 

Autonomia para os reparos

Outra novidade do Pacto é a autonomia dada às escolas para a realização de pequenos reparos. A iniciativa dará aos diretores maior autonomia para solucionar problemas cotidianos, como substituição de torneiras, fechaduras e vidros. 

 

Última atualização em Terça, 19 de Fevereiro de 2013 17:34
19 Fevereiro 2013
Estabelecimentos interditados

 

 

 

Dos quatro estabelecimentos fiscalizados sexta-feira, três foram interditados. A força-tarefa terá continuidade e visa garantir a segurança dos frequentadores

 

Casas_noturnas_s__o_interditadas__2_.jpg

Foto: Nilton Wolff

 

Os locais visitados na sexta-feira foram Boate Kalávia, Bailão Rancho Serrano, Boate Bali Gode e Bailinho da Angélica. Com exceção do Kalávia, as demais casas noturnas foram interditadas. Segundo explicação do aspirante a oficial do Corpo de Bombeiros, Jihorgenes Borges, a partir do momento em que os estabelecimentos apresentem projeto de prevenção de incêndio e se enquadrem nas demais normas de segurança e de funcionamento, voltarão a abrir suas portas normalmente.  Ele disse que os bombeiros não impedem o funcionamento, mas sim, exigem que se enquadrem às normas legais de segurança pública.

 

 

19 Fevereiro 2013
7° OTACÍLIO ROCK FESTIVAL

 

 

Nos dias 23 e 24 de Fevereiro vai acontecer em Otacílio Costa - SC a 7°Edição do Otacílio Rock Festival, que contará com a presença de 21 bandas vindas de diversas cidades e estados. 

Entre as atrações o destaque vai para VOODOOPRIEST (Nova Banda de Vitor Rodrigues Ex-vocal Torture Squad), PANZER (Banda dos anos 90 voltando a ativa Após 10 anos), SYMBOLICA (Com Marcelo Moreira baterista das bandas Almah e Burning Hell, e nos vocais Gus Monsanto (Adagio e Revolution Renaissence), LEVIAETHAN(Uma das Pioneiras do Metal Nacional).

 

 

SEXTO__1.JPG

 

A sexta edição, no ano passado, foi um sucesso!

Última atualização em Terça, 19 de Fevereiro de 2013 12:19
18 Fevereiro 2013
Prefeitos pedem construção de ponte

 

 

 

Os prefeitos de Bocaina do Sul, Luiz Schmuler e de Otacílio Costa, Luiz Carlos Xavier, entregaram documento ao governador, sexta-feira, solicitando construção de ponte na divisa dos municípios, na localidade de Santa Rosa.

 

DSC00274.JPG

Foto: Rodrigo Barth Pereira

 

De acordo com Luiz Schmuler o projeto foi feito em de 2007, e essa seria uma obra importante para reduzir o trafego pesado da BR-282 e da SC-114, além de diminuir a distância entre as cidades.

Hoje são aproximadamente 70 km de distância, com a ponte na localidade de Santa Rosa, diminuiria para 35 km, quase metade, além de ser um fato considerável devido a grande produção de Pinus nessa região.

18 Fevereiro 2013
Amanhã tem manifestação em Campo Belo

 

 

Amanhã haverá uma manifestação pública em Campo Belo do Sul, a partir das 14 horas. Moradores inclusive do interior estão mobilizados e todos pedem segurança pelos bárbaros assassinatos da aposentada Seraselia Neis da Silva, 74 anos e sua filha, Marlene Catarina Pletsch, 52 anos, ocorrido na quarta-feira da semana passada.

 

Prefeito_Edilson_de_Souza__2_.JPG

Foto: Oneris Lopes

 

A comunidade está apreensiva com o ocorrido segundo o prefeito Edilson José de Souza. “Até para ir à escola as crianças estão com medo. Há um certo pânico geral na população. Temos de reverter este clima”, desabafa o prefeito que é padre e revela nunca ter visto algo parecido.

18 Fevereiro 2013
Licitação foi impugnada duas vezes

 

 

 

Licitações atrasam as obras para

instalar as redes subterrâneas de energia

 

Os integrantes da Via Gastronômica devem estar rezando para que não seja novamente impugnada a licitação para as obras de instalação da rede de energia subterrânea. Da primeira vez foi a empresa Santa Rita, de Florianópolis que travou o processo e agora, no dia 28 de janeiro, novamente houve impugnação por parte da empresa MGM, do Oeste catarinense. Agora, a abertura dos envelopes está prevista para o dia 4 de março. “Temos de rezar para que ninguém trave dessa vez”, observou o gerente regional da Celesc, Etamar Eger.

 

Etamargg.jpg

 

Diz que conversou sobre isso com o governador na semana passada, mas não há nada a fazer porque assim rega a lei de Licitações. Outra maratona dessa deverá passar também no caso da Duque de Caxias. Etamar lembra que desde quando foram anunciadas as obras, na administração passada, esteve em permanente contato com a prefeitura, “mas ninguém definia nada quando a iluminação. “Cada vez que ia lá na avenida as estacas marcando os locais dos postes mudavam de lugar”, conta ele, lembrando que da última vez foi solicitado o deslocamento dos postes para as laterais. “Mas se fizesse isso iríamos instalar dentro de prédios ou avançando nos muros das casas. Isso não iríamos fazer e informamos que: ou definem onde ficarão ou lavamos as mãos. Foi o que fizemos”, narrou Etamar. 

 

Agora foi decidido pela nova administração que a rede será subterrânea. A Celesc já está concluindo o projeto de deslocamento dos alimentadores: um deles passará pelo bairro Frei Rogério e outro pelo Sagrado. Na semana que vem os técnicos de Florianópolis estarão em Lages para fazer o projeto da rede subterrânea.

 

A partir daí se estabelecerá o custo de todo o projeto e a prefeitura terá  de fazer a licitação. Será preciso também que a prefeitura apresente o projeto da iluminação pública da avenida, isso é, estabeleça onde ficarão os postes de iluminação. Com tudo isso já podemos adiantar que haverá atraso na conclusão das obras. Pelo menos no que tange aos passeios, visto que o cabeamento passará por esse local para chegar até o canteiro central.

 

O problema na Cirilo é a falta de projeto

 

Informação da prefeitura divulgada pelo CL é de que as obras da Rua Cirilo Vieira Ramos  não iniciaram ainda porque a Celesc não fez a remoção dos postes. O gerente regional, Etamar Eger contesta, dizendo que a Celesc recebeu a solicitação apenas no último dia 2. E ainda: para remover os postes é preciso ter em mãos um projeto de arruamento, que ainda não tem. É bom lembrar que isso tem um custo e quem pagará a conta é a prefeitura.

18 Fevereiro 2013
Pinheiro avalia situação do PSDB

 

Pinheiro3.jpg

 

 

 “o PSDB vive um momento de muitas definições e na região serrana não é diferente. Este é o momento de aprofundar a discussão, a fim de alicerçarmos os projetos que apresentaremos à sociedade nas eleições do ano que vem e qual participação a Serra terá nesse projeto”.

Luiz Carlos Pinheiro

Secretário do Desenvolvimento Econômico, durante encontro do partido para discutir, entre outras coisas, a expansão do PSDB na Serra.

18 Fevereiro 2013
Novo reservatório

 

 

Benjaminsz.JPG

 

O secretário da Semasa,Benjamin Schultz já está tomando as medidas para por fim a crônica falta de água em Lages, como havia prometido. Firmou convênio com a Caixa Econômica Federal para a construção de um novo reservatório, no bairro Bela Vista. Esse reservatório estará concluído em seis meses e aumentará a capacidade de fornecimento de água para 63 milhões de litro por dia. Hoje são fornecidos 50 milhões/dia.

18 Fevereiro 2013
Tratores estavam escondidos em oficinas

 

 

 

Dia desses alguém levou seu carro em uma oficina e avistou lá um trator da prefeitura. Informou ao chefe da garagem que esteve lá e constatou que não havia um, mas dois tratores esquecidos há longo tempo no local. Percorrendo outras oficinas localizou mais um. São três tratores que não estavam na relação do patrimônio da prefeitura. Mas estavam na relação da compra de peças (aquelas superfaturadas).

 

Tecnicamente, a prefeitura não dispunha de tratores (estavam escondidos), e por essa razão tinha de contratar os equipamentos. Esses contratos de aluguel de equipamentos merecerem a atenção do Ministério Público. E cito só um dos casos: a contratação de 8 mil horas de uma roçadeira. “Suficiente para derrubar metade da floresta Amazônica”, observou alguém. Essas empresas contempladas com as licitações chegavam a adquirir camionetes zero quilômetro para alugar para a prefeitura. Sem dúvida, um ótimo negócio!

 

Dentre as descobertas feitas há outra bastante curiosa: um servidor da prefeitura mantinha um lenheiro apenas com as podas das árvores feitas pela prefeitura.

Última atualização em Segunda, 18 de Fevereiro de 2013 13:27
18 Fevereiro 2013
Foram adquiridos 8 milhões de comprimidos de Captopril

 

 

Denúncia sobre compra fraudulenta

de medicamentos tem mais de um ano

 

A informação de que a Secretaria da Saúde teria incinerado uma tonelada e meia de medicamentos entre julho e dezembro do ano passado, segundo o vereador Rodrigo Silva, veio corroborar o que ele já vinha denunciando há mais de um ano. Essa confirmação veio através do relatório apresentado pela empresa T.O.S. Obras e Serviços Ambientais, responsável pela incineração. Antes mesmo dessa incineração, o vereador Rodrigo já vinha levantando suspeita de compra fraudulenta de medicamentos após denúncia no Fantástico da empresa que estaria atuando em todo o país: a mesma que vendia medicamentos para a Secretaria de Saúde de Lages.

 

rodrigo88.JPG

Na época, Rodrigo denunciou uma compra de oito milhões de comprimidos de Captopril (para hipertensão). Considerando-se que os medicamentos têm validade entre três a quadro anos e foram adquiridos há menos de dois anos, não poderiam estar vencidos, a menos que já tivessem adquirido nessas condições. Para o vereador, “incineraram para apagar as provas”.

Pelas denúncias feitas a partir de documentação que Rodrigo apresentou no Ministério Público, foi comprada grande quantidade de medicamentos, no entanto, sempre estava faltando os remédios básicos como a fluoxetina e o omeprazol.

Mas ocorre, segundo o vereador, que a exemplo do que houve em outras cidades denunciadas pelo Fantástico, de cada quatro caixas de medicamentos adquiridas de uma a duas estavam vazias. E outros, já estavam vencidos antes mesmo de chegar a Lages, ou ainda, eram placebos (comprimidos de farinha).

 

TA6A0396.JPG

Foto: Zé Rabelo

 

“Também no ano passado me chegou a informação de que teriam enterrado a carga de um caminhão de medicamentos”, disse o vereador, anunciando que deverá levantar o assunto na Câmara, pois o ex-secretário Juliano Polese, agora vereador, terá então a oportunidade de explicar-se.

O Observatório Social também será chamado para que acompanhe tais denúncias e a ação do Ministério Público com relação ao assunto.

Última atualização em Segunda, 18 de Fevereiro de 2013 13:02