Olivete Salmória
salmoriaolivete@gmail.com


Parceiros

 

251.jpg

 

unnamed_18.jpg

 

Arquivo

 
25 Janeiro 2013
Deu no DC

 

Nota publicada hoje na coluna Visor

 

notabada.jpg

24 Janeiro 2013
Apoio à empresa Aurora

 

 

O Governo do Estado vai apoiar a reabertura da unidade de abate de suínos da Coopercentral Aurora Alimentos em Joaçaba, no Meio-Oeste catarinense.

DSC_0014.JPG

A decisão foi anunciada hoje, pelo governador Raimundo Colombo ao presidente da empresa, Mario Lanznaster. O Estado vai investir R$ 8 milhões na perfuração de poços profundos para dobrar a oferta de água potável na indústria e na construção de uma tubulação de seis quilômetros para o despejo dos efluentes tratados no Rio Caraguatá.

Participaram também da reunião o secretário de Estado da Agricultura e da Pesca, João Rodrigues; o prefeito de Joaçaba, Rafael Laske; e o vice-prefeito Marcos Weiss.

24 Janeiro 2013
Carmen e Coruja visitam o prefeito e vice

 

 

O prefeito Elizeu Mattos e o vice Toni Duarte receberam a visita do ex-prefeito e ex-deputado Fernando Coruja e da deputada federal Carmen Zanotto. O encontro aconteceu no final da tarde de hoje. Coruja faz parte do Conselho de Administração, instituído por Elizeu, grupo este que acompanhará as atividades da prefeitura e funcionará como “orientador” em casos de necessidade. Todos os integrantes são voluntários.

 

Prefeito_e_vice_s__o_visitados_por_lideran__as_pol__ticas.JPG

Foto: Toninho Vieira

 

Já a deputada é mais um importante elo nas ligações entre a administração de Elizeu e Toni com a Câmara dos Deputados e o governo federal. Conforme o prefeito, ninguém trabalha sozinho e a soma de esforços entre pessoas e entidades, firmando parcerias fortes e baseadas na busca de solução de problemas vão trazer bons resultados.

24 Janeiro 2013
Terreno da Sinotruk está pago

 

No final da manhã de hoje foi efetuado o pagamento de R$ 6.880.314,16 ao proprietário da área de 1.526.331,63 metros quadrados, localizada no distrito de Índios. Com isso, foi assinado o contrato de compra e venda do imóvel que servirá para a implantação da unidade fabril da multinacional chinesa Sinotruk.

 

Prefeitura_compra_o_terreno_para_a_instala____o_da_Sinotruk__1_.JPG

Foto: Toninho Vieira

 

Com o repasse deste dinheiro, o termo de emissão de posse já foi realizado e as obras de terraplanagem devem ter início agora no mês de fevereiro. “A partir de agora o terreno não é mais entrave para a instalação da Sinotruk em nosso município”, comentou o prefeito Elizeu Mattos.

Última atualização em Quinta, 24 de Janeiro de 2013 22:22
24 Janeiro 2013
Comunicado da Polícia Ambiental

 

 

 

A Polícia Ambiental de Lages (PMA), através de seu comandante Frederick Rambusch, esclarece que não há ataque de leão baio a outros animais e muito menos, aos humanos, em qualquer parte do Estado de Santa Catarina.
Um vídeo foi publicado no click RBS, mostrando um leão andando em uma rodovia.
 
O leão baio tem hábitos noturnos, é natural que ele se desloque a procura de alimento. A luz dos veículos na rodovia, pode desorientar o animal, que fica confuso e não encontra seu habitat natural.
 
Até hoje, não há nenhum registro de ataque de leão baio ao humano. E somente um ataque do leão a outro animal, mas não foi confirmado, porque há hipótese de que era outro animal, não o leão.
24 Janeiro 2013
Patrick faz um apelo:

 

Sou leitor dedicado, assíduo e fiel de todos vocês. Nessa condição de leitor, faço um pedido: que vocês passem a exibir em suas análises e reportagens também comprovantes, balancetes oficiais, reproduções de documentos assinados e que tais nas questões que envolvem administração municipal atual X administração municipal anterior.

"É dívida" versus "não é dívida"; "é R$ 77 milhões versus não é R$ 77 milhões"; "a obra estava perdida versus a obra não estava perdida"; "a ordem de serviço foi entregue versus a ordem de serviço não foi entregue" são apenas declarações. Ora, como são todos casos de afirmações absolutamente antagônicas, não podem ambos os lados de cada questão ser verdadeiros.

Em cada um desses casos (e não estou falando das administrações - como se uma sempre estivesse correta e outra sempre errada - mas dos casos em si, analisados separadamente), alguém mentiu e alguém falou a verdade. Ocorre que, sem que se comprove algo de forma documental, empírica, essa guerra de palavras - e palavras retumbantemente ocas, inócuas, até aqui - seguirá em curso - sem que nós, pobres leitores, possamos saber o que, de fato, aconteceu/perdeu-se/foi entregue/etc. 

E mais: ao condicionar a publicação de algo à apresentação de um documento válido, vocês prestam um enorme favor também aos lados ora beligerantes: ao se exigir que prove o que fala com algo além de apenas o ar em seus pulmões, um lado vai esquecer o grupo que o antecedeu e seguir seu curso, enquanto o outro vai finalmente desencarnar das vestes do poder que não mais lhe pertencem.

Um abraço do sempre leitor,

Patrick Cruz

 

OBS: Patrick, você tem razão, mas que bom se pudesse ser assim tão simples. Só se referindo a questão da dívida da prefeitura, ambas as declarações - do ex-prefeito Renatinho e do atual prefeito Elizeu - foram feitas mediante documentos assinados. Mesmo diante de documentos podemos ter várias interpretações.

 

24 Janeiro 2013
Leitor do blog opina:

 

"As lideranças regionais do PSD são unânimes em uma questão: o partido precisa encontrar um caminho político, urgentemente. O próprio secretário regional Jurandi Agustini, que é declaradamente um administrador, concorda com isso, e passaria a SDR a alguém que tenha habilidade para agregar gestão e política. Nesse caso, o mais apropriado seria selecionar algumas lideranças com experiência em cargos eletivos, por já terem enfrentado as urnas com êxito. João Alberto Duarte (vereador mais votado do partido em Lages), Ântônio Coelho Lopes Júnior - Bota (prefeito de Capão Alto por dois mandatos e ex-presidente da Fecam), e até mesmo Antonio Ceron (quatro vezes deputado estadual) seriam os nomes mais apropriados da sigla. Colocar outra pessoa no lugar de Jurandi é, no máximo, trocar seis por meia dúzia".      

24 Janeiro 2013
Consórcio vai criar um fundo de ajuda aos municípios

 

 

 

Secretários municipais, técnicos e prefeitos  se reuniram ontem para discutir formas de fortalecer o Consórcio Intermunicipal de Saúde da Amures e analisar a situação de repasses financeiros.

 

Reuni__o_Cons__rcio_Sa__de__1_.JPG

Fotos: Oneris Lopes

 

O presidente da Amures e do Consórcio de Saúde, Carlos Moraes enfatizou que sua missão será o fortalecimento do consórcio e a criação de um fundo para ajudar na manutenção de serviços.

 

Reuni__o_Cons__rcio_Sa__de__2_.JPG

“Este fundo servirá como plano B, para que os serviços sejam mantidos em prol da população de todos os municípios”, explicou o prefeito destacando que a prioridade agora é acertar os repasses dos municípios para manter os atendimentos. Da mesma forma, a secretária de Saúde de Lages Cristina Subtil confirmou a cedência de um aparelho de ultrassonografia para o Consórcio atender a região.

24 Janeiro 2013
Sobre as obras da Av. Ponte Grande

 

 

 

Paulo Marques informa que:

“A ordem de serviço para a Sulcatarinense iniciar a avenida Ponte Grande já foi entregue pelo ex-prefeito Renatinho em 2012. O projeto social que impedia o início foi agora vencido pela Prosul.”

 

 

Assessoria diz que é mentira

 

 

A assessoria da prefeitura disse a pouco que é “uma mentira deslavada”.  “A ordem de serviço nunca foi entregue”.

Isso só pode ser feito depois de vencidas todas as etapa, inclusive essa a qual Paulo Marques informa que a Prosul concluiu agora.

E disse mais… “o projeto está autorizado desde março de 2011 e em dois anos não foi feito nada. Foi necessário se fazer agora uma força tarefa para não perdê-lo”.  Tanto que o pessoal do alto escalão da Caixa esteve aqui para resolver as pendências  e assegurar a obra.

A ordem de serviço será entregue em fevereiro, informa a prefeitura.

 

Última atualização em Quinta, 24 de Janeiro de 2013 11:46
24 Janeiro 2013
Brighenti cancelou a Festa da Maçã

 

 

 

O prefeito Humberto Brighenti cancelou a Festa da Maçã desse ano. Ela aconteceria em Abril.

 

Humberto_Luiz_Brighenti__PMDB____Prefeito_de_S__o_Joaquim.JPG

 

 “Temos muitas dívidas, não tem estrada para escoar a produção e  ainda estamos pagando contas da festa passada”, explicou Brighenti.

 

 


Segundo ele, a prefeitura está com mais de R$ 500 mil em dívidas, que incluem contas da festa de 2012. “Não posso gastar R$ 1,5 milhão com quatro dias de festa e depois não ter dinheiro para comprar um litro de óleo para as máquinas da prefeitura”, analisa.

 


Ele lembra que teria apenas 60 dias para organizar  a festa e pede a compreensão da população, informando que também cancelou a realização dos Jogos Abertos, que deveriam ocorrer em fevereiro. “Vamos transferir esses eventos com porte menor e outro nome para o Festival de Inverno e em junho”, ressalta.

Última atualização em Quinta, 24 de Janeiro de 2013 12:19