Agências do INSS serão fechadas

 

 

A Federação das Associações de Aposentados e Pensionistas e Idosos do Estado de Santa Catarina (Feapesc), junto com dirigentes das entidades de base do estado vão promover, nesta terça-feira (16), uma manifestação junto às agências regionais do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), em Santa Catarina. Evento inicia a partir das 07 horas, sem previsão de término.

Na pauta das reivindicações da Feapesc estão: Fim do voto secreto; derrubada do veto presidencial de 16,67%; mesmo índice de aumento do Salário Mínimo a todas as aposentadorias e pensões (PL 01/07); recuperação das perdas salariais (PL 4434/08); extinção da decadência; fim da Desvinculação da Receita da União (DRU); fim do Fator Previdenciário e contra a desoneração da folha.

 

Primeiro casamento homoafetivo em Lages

Casamento_oficializado.jpg

 

Depois do casamento homoafetivo em Santa Catarina entre uma juíza de Itajaí (SC) e uma servidora pública, que assinaram no dia 17 de junho em 2011 um documento que as tornou casadas, além de manifestações pelo Estado, desta vez foi em nossa cidade. No dia 5 deste mês foi realizado na Serra no Cartório Rita Maria Rosa Ramos, o primeiro casamento – de união homoafetiva em Lages, entre Maria Santa Corrêa de Oliveira e Adriana Antunes de Liz que recebeu o sobrenome da cônjuge. 

 
“Estou feliz e se Deus me levar, foi tenho C.A ela ficará bem, minha companheira, anjo da guarda, eu a amo como ser humano, pois tem me cuidado como se tivesse meu sangue” disse Maria Santa. O casal está junto há 11 anos, e nos últimos 3 anos unida por um contrato de convivência e agora casadas, amparadas por lei, juntas oficialmente. Amigos, familiares participaram da cerimônia que contou com a participação da cartorária Rita Rosa Ramos.
 
Matéria e fotos: Marciano Corrêa

Ambev terá incentivos fiscais do Governo do Estado para gerar novos empregos

 

 

O governador Raimundo Colombo voltará a Lages na próxima sexta-feira, 19, para selar a participação do Estado no processo de ampliação da Ambev.

 

1__21_.jpg

O acordo prevendo incentivos fiscais do Governo resultará em mais de 200 novas oportunidades de emprego na região.

O contrato será assinado às 10h30, na sede da empresa. A indústria de bebidas irá investir R$ 180 milhões para aumentar a capacidade de produção. 

Agustini assume a Infraestrutura

 

 Wanderley Agostini (PSD), ex-prefeito de Curitibanos, passou a ser o Secretario de Estado da Infraestrutura a partir de hoje.

 

14_07_2013_20_00_11_wanderlei_colombo_e_cobalchini.jpg

O cargo foi passado pelo titular da pasta, Valdir Cobalchini (PMDB), em reunião comandada pelo governador Raimundo Colombo em seu gabinete no centro administrativo. Wanderley ficará no comando geral da pasta, onde é o adjunto, durante o período de férias do secretário Cobalchini.

A harmonia com que o repasse do cargo ocorreu ganhou destaque na imprensa e meios políticos e comprova afirmações de ambos sobre parceria e amizade, além de trabalho harmônico.

Sobre o assunto o secretário Agostini, que é engenheiro, disse: “Para honrar a confiança do governador e do secretário, que faz uma excelente gestão na infraestrutura do estado, vamos trabalhar com muita dedicação, priorizando o povo de Santa Catarina”. Ele disse ainda que os trabalhos nesse período vão seguir a linha de condução de Cobalchini com atenção a novos projetos e monitoramento dos já em execução em todo estado, “Até por que como adjunto da secretaria e do Cobalchini, somos parte desse projeto de atuação”, encerrou Wanderley.

OAB repudia ato de violência contra advogado

 

NOTA PÚBLICA

 

A OAB LAGES-4ª SUBSEÇÃO, como instituição responsável pela promoção da defesa das prerrogativas funcionais dos advogados e das advogadas, bem como daConstituição da República, da ordem jurídica do Estado democrático de direito, dos direitos humanos e da justiça social, manifesta publicamente o  R E P Ú D I O  ao ato de violência que culminou com a morte de um causídico na última segunda-feira (08/07). A OAB 4ª Subseção de Lages, aliás, repudia todo e qualquer ato de violência. A OAB sempre esteve, está e permanecerá presente na sociedade, visando a melhor observância das normas, a melhor qualidade de vida da população, e com diligência cobrará do Poder Público transparência em suas ações. Mais que isso, a OAB tem seu nascedouro no seio da sociedade civil e há décadas intervém para cumprir com seu múnus público. Mas o que seria da Ordem dos Advogados do Brasil sem os advogados e advogadas? São esses profissionais que falam por quem não pode falar; que lutam por quem não pode lutar; que escutam por primeiro a angústia de seus clientes. São os advogados que detêm o conhecimento para não se amedrontar perante a arrogância do poder travestido, e que humildemente reconhecem as limitações de seus representados. É o advogado o primeiro profissional procurado quando o cidadão sente-se aviltado em seus direitos. O Advogado é o meio através do qual a Justiça é distribuída. Não é sem razão que a Constituição da República prevê a essencialidade do Advogado na administração da Justiça. É por isso que o advogado deve exercer seu mister com urbanidade, mas com ampla e irrestrita liberdade, sobretudo com INDEPENDÊNCIA. Isto quer dizer não se deixar achacar pela imposição daquilo que não seja correto, e ao mesmo tempo ser respeitosamente altivo para sustentar o direito de seu socorrido. Respeitar o Advogado é respeitar a sociedade como um todo. A Advocacia é profissão para abnegados. Advogar é honrar. A OAB Lages afirma irrestritamente e em bom tom que em sua jurisdição estão inscritos profissionais com os melhores adjetivos. Foram muitos desses profissionais que labutaram por anos e anos através da defensoria dativa e até hoje clamam pelo pagamento de seus honorários (salários). Não clamamos por faixas e nem medalhas, por que a maior de todas as honrarias nós já possuímos: SOMOS ADVOGADOS. Estamos abalados e ainda buscando respostas. Enfim, neste momento as famílias precisam de respeito, e mesmo que façamos silêncio, a recente tragédia irá ecoar por gerações. Por fim, fica o registro de que jamais esmoreceremos perante as peças que a vida possa nos pregar.

 

Marcelo Menegotto

Presidente da OAB 4ª Subseção de Lages

Ele está de volta!

 

 

Ceron_e_Colombo_em_momento_de_descontra____o.JPG

 

O ex-deputado Antônio Ceron diz que está de volta às ruas. Após a eleição ele concedeu uma coletiva dizendo que iria se recolher por seis meses para só então retornar a lida política.

 

Já retomou a direção do PSD e começa a conversar com os partidários na região para mobilizá-los com vistas às eleições. Por enquanto, só fica na capital de um a dois dias da semana.

Confirmou que deve assumir a coordenação da campanha de Raimundo Colombo à reeleição.

O pai da criança

 

Carmemmmm.jpg

Foram 10 longos anos, desde a idealização do serviço de radioterapia em Lages, em 2003 até a sua finalização e entrada em funcionamento.

A deputada Carmen Zanotto citou uma longa lista de nomes de pessoas que de alguma maneira passaram pelo processo, desde quanto o então prefeito Fernando Coruja já sonhava com esse serviço em Lages. 

Tanto que alguém da platéia comentou: “será preciso fazer o exame de DNA para saber qual realmente foi o pai da criança”. 

 

Mas… sabemos quem fez o parto

 

Embora não saibamos quem é o pai da criança, alguém observou que sabemos quem fez o parto:

Foi o secretário Gabriel Ribeiro. Dizem  que foi ele que desemperrou o caso cujo gargalo era encontrar um empresa interessada pelo serviço. Não havia interesse das clínicas de radioterapia a implantação do serviço em Lages. Queriam continuar recebendo os pacientes de Lages e região.

 

Novo tratamento

A deputada federal Carmen Zanotto informou sexta-feira que conseguiu resgatar R$ 3 milhões de uma emenda, ainda do deputado Fernando Coruja, para a implantação do serviço de tratamento do câncer da tireóide.

Diz que hoje só existe em Florianópolis e que foi implantado em sua gestão como secretária da Saúde. Antes disso os pacientes que precisavam desse tratamento tinham de ir a Terezina (Piauí), único local credenciado no país.

A burocracia que entrava as ações dos administradores públicos

 

 

Não é sem razão que o diretor do Hospital Tereza Ramos, Luiz Alberto Susin e o próprio governador se emocionaram ao falarem na solenidade que marcou a entrega da ordem de serviço para a construção da nova torre do hospital, ontem pela manhã.

É uma obra grandiosa para a área da saúde. Foram quatro atos em uma só solenidade: inauguração do serviço de radioterapia, contratação de 62 novos funcionários, entrega da ordem de serviço e renovação do convênio para a realização de procedimentos cardiológicos (cateterismo), já que a clinica  Cardiológica do Hospital Nossa Senhora dos Prazeres ainda não conseguiu o credenciamento no SUS.

O governador aproveitou para fazer um desabafo, creditando á burocracia o grande problema para que as ações do governo deslanche. Só agora, depois de 30 meses no governo ele conseguiu dar a ordem de serviço para a ampliação do Hospital.

Ainda não venceu a burocracia para credenciamento dos serviços cardiológicos do HNSP e também é a burocracia que está atrasando o início das obras da nova ala do Nossa Senhora dos Prazeres. Pela terceira vez a vigilância Sanitária devolveu ao hospital o projeto fazendo exigências e pedindo alterações.

E, para resolver o problema da falta de pessoal no Tereza Ramos, especialmente no tocante a contratação de anestesistas, o governador teve de mais uma vez desafiar a burocracia.

 

Para suprir a deficiência de pessoal, a secretaria da Saúde chamou os concursados de 2010 e 2012 – dentre eles 40 técnicos de enfermagem, dois geriatras, quatro fisioterapeutas – mas como nenhum médico anestesista se inscreveu no concurso, teve de fazer a contratação de profissionais por serviços prestados o que é inconstitucional, mas como diz o governador, não resta outra maneira para contar com tais profissionais. 

 

Segundo Luiz Alberto Susin, dos cinco centros cirúrgicos do Tereza Ramos, apenas um estava funcionando. Agora, com a contratação de dois novos anestesistas, mais dois centros serão ativados. Contará então com quatro profissionais da área. Outros sete atendem ao centro obstétrico, que pelas novas normas só podem atender a obstetrícia. “Mesmo que façam apenas um parto no dia, têm de ficar lá, sem poder ser deslocado para outras áreas do hospital”, explica Susin.

 

“Só essa obra vale um governo”

Elizeu Mattos

Prefeito de Lages, ao se referir a ampliação do hospital Tereza Ramos, durante a solenidade da entrega da ordem de serviço pelo governador Colombo

Novo horário de atendimento

 

 

Balc__o_Cidad__o_passa_a_atender_tamb__m_no_hor__rio_de_almo__o__1_.JPG

Foto: Toninho Vieira

 

O Balcão Cidadão, departamento da prefeitura de Lages, terá novo horário de funcionamento a partir de hoje.

 

O atendimento diário ao público, de segunda a sexta, será entre as 8h e às 19h, sem interrupção para o almoço.

 

“Nosso público, que é composto basicamente de trabalhadores, precisa ser atendido em horário diferenciado”, explica Valderlei Germano, responsável pelo setor.

Frente acompanhará a acessibilidade

 

Um projeto de resolução será apresentado na Câmara de Lages com o objetivo de criar uma frente parlamentar para acompanhar assuntos relacionados à acessibilidade e emprego e, também, mobilidade urbana.

 

A medida foi anunciada pelo vereador Gerson dos Santos, durante uma audiência pública proposta por ele, e realizada na última quinta-feira (11), para debater acessibilidade e mercado de trabalho para deficientes.

 

Segundo o vereador, a reunião foi sugerida por representantes das associações de deficientes físicos. “Esse é um momento não para nós, vereadores falarmos, mas para ouvirmos”.