Vereadores pedem o afastamento da chefe do Pronto Atendimento Tito Bianchini

Os vereadores deverão entregar hoje ao prefeito em exercício, Juliano Polese, um documento assinado pedindo a exoneração da chefe de atendimento do Pronto Atendimento Tito Bianchini, Maurem Farias dos Santos, e averiguação com relação ao caso dos outros funcionários que teceram inúmeros comentários em grupo de WhatsApp criticando os vereadores que estiveram na unidade verificando o funcionamento.

 

653865b3_9ca2_418d_b457_4ecd40836e87.jpg

Até a vereadora Aidamar assinou o documento

 

Só não assinaram o documento quatro dos vereadores: Luiz Marin e Gerson dos Santos não foram encontrados.

Jean Pierre Ezequiel e Thiago Oliveira se recusaram a assinar. Todos os demais o fizeram.

É bom destacar que os vereadores que estiveram no pronto atendimento no dia 10 foram Jair Júnior, Lucas Neves, Osni Freitas e Amarildo Farias.

A conversa dos servidores da saúde pelo WhatsApp

1.jpg2.jpg3.jpg4.jpg5.jpg6.jpg7.jpg8.jpg9.jpg10.jpg11.jpg12.jpg13.jpg13.jpg

uma.jpg

duas.jpg

Câmara de Urubici decide hoje as penalidades para os vereadores que usaram o veículo da casa sem autorização

Os vereadores de Urubici se reúnem nesta terça-feira, de forma extraordinária para analisar a situação dos dois vereadores que tomaram o veículo do legislativo, sem a autorização, para irem a Florianópolis para audiência com o senador Dário Berger. Betinho Morgan (PSDB) e Bolinha (MDB) foram flagrados no estacionamento de um supermercado na praia dos Ingleses, no último dia 9 de janeiro, com o porta-malas cheio de cerveja.

A justificativa foi de que ambos foram chamados pelo Senador Dário Berger (MDB) para tratar de uma verba para a compra de ônibus para a prefeitura de Urubici. E aproveitaram para trazer as cervejas doadas por um dos patrocinadores do carnaval do município, mais precisamente para o concurso para escolha da rainha do carnaval.

Assim que as fotos ganharam as redes sociais, o presidente da Câmara, Ivair Niehues (PR) expediu nota informando que eles fizeram o pedido do veículo para a viagem, mas lhes foi negada uma vez que a Câmara está em recesso e os veículos não podem ser usados. Mesmo assim o carro foi utilizado.

Diante disso, o presidente decidiu tomar as medidas cabíveis. Convocou uma sessão extraordinária para hoje (22) e chamou os dois suplentes dos vereadores citados, marcando uma votação para se definir o futuro dos dois edis. O que estará em votação: os vereadores terão de optar entre aplicar uma suspensão de 30 dias para ambos ou abrir o processo de impeachment para cassar o mandato de ambos. Mesmo que venham a optar pela pena mais branda de afastamento por 30 dias, os vereadores de Urubici estão dando exemplo.

 

Serão mantidas as quatro gerências regionais das antigas ADRs

O governador Carlos Moisés publicou decreto que extingue as ADRs. Aliás ainda levará alguns meses para a desativação total das mesmas:

§ 2º A partir de 1º de maio de 2019 todas as ADRs previstas na Lei nº 16.795, de 16 de dezembro de 2015, deverão estar desativadas.

§ 3º A partir da data estipulada no § 2º deste artigo, as Secretarias de Estado setoriais e as entidades da Administração Pública Estadual Indireta, que detêm a competência legal ou regimental diretamente relacionada com a matéria, assumirão as competências de todas as ADRs desativadas, bem como eventuais bens, direitos e obrigações remanescentes. 

Sem título_2.jpg

Art. 11. Os órgãos centrais dos Sistemas Administrativos, a partir da articulação com os núcleos técnicos, deverão editar, no prazo de até 30 (trinta) dias, os atos normativos necessários para a operacionalização da desativação das ADRs previstas neste Decreto, inclusive cronograma das ações, bem como orientar o responsável pela finalização das atividades previstas neste Decreto.

 

 

 

Governador Moisés entende que é preciso fortalecer os municípios

carlos_moises_da_silva.jpg

“Nós entendemos que o crescimento dos municípios é o crescimento de Santa Catarina. Não há nada desconectado. Se nós tivermos municípios fortes, Santa Catarina, como Estado, será forte. Nós temos que fortalecer os municípios. E mais: penso que as associações de municípios podem suprir esse papel que as ADRs, agora extintas, deixarão de fazer”.

Governador Carlos Moisés falando a respeito da Central de Atendimento dos Municípios que está sendo implantada junto à Casa Civil.

 

Polese fala da infraestrutura no entorno do Jones Minosso

Polese.jpg

 “A área do ginásio recebeu diversas melhorias durante e após a realização dos Jogos Abertos em nossa cidade. Temos novas quadras para a prática esportiva e locais mais apropriados para o lazer”

Prefeito em exercício, Juliano Polese, ao falar a respeito da situação da área de entorno do Ginásio Jones Minosso, contestando informações de que não foram feitas as obras previstas.

Prefeita explica a respeito das opções para o secretariado

Publiquei aqui que o vice prefeito de Palmeira, Sandro Masselai (PP), nomeou a mulher Alexandra para a pasta da Educação e exonerou a secretaria que ocupava a pasta Viviane Matteucci Zanqueta, enquanto que a prefeita Fernanda Córdova (PR) chamou sua irmã Fran Córdova para ocupar a chefia de gabinete.

15132546798280.jpg

Segundo a prefeita esta alteração foi feita ainda em 2017, mas no portal da prefeitura consta que Viviane ainda responde pela pasta da Educação. Fernanda diz que ao fazer esta mudança ela consultou o Ministério Público que lhe deu carta branca.

Assim Viviane Zanqueta foi transferida para a Secretaria da Assistência Social e Alexandra Masselai assumiu a Educação. “Alexandra é professora concursada e está na prefeitura há 18 anos”, disse a prefeita. A sua irmã, Francieli Souza de Córdova é técnica em segurança do trabalho e também é servidora efetiva e ao contrário do que se disse de que teria assumido a chefia de gabinete, ela está atuando como secretária de Indústria e Comércio.

Apesar destas nomeações terem repercussão junto à comunidade e apontadas como nepotismo, a prefeita se diz segura de que teve a garantia dos órgãos competentes de que não há nada de irregular e representam inclusive uma economia. Alexandra, por exemplo, tem um salário menor do que recebia como professora com 40 horas.

Fernanda_C__rdova_1140x620.jpg

Outro argumento de Fernanda é quanto a dificuldade que um administrador enfrenta se não tem pessoas de confiança em pontos chaves, pois não pode estar presente e acompanhar tudo o que acontece nos diversos setores da administração. Para Fernanda, sua irmã Fran é uma pessoa muito eficiente e lhe ajuda sobremaneira a tocar a prefeitura. “Sendo ambas servidoras efetivas e qualificadas para a função não há impedimento para que assumam as pastas”, diz a prefeita.

Governador reforça a importância de tornar a gestão mais eficiente, ágil e próxima do cidadão

unnamed_1.jpg

"Trabalhamos durante essa tarde as ações que estamos implementando, tanto as economias na máquina pública quanto a melhoria da eficiência. A reunião também foi importante para fazer com que os secretários se conheçam e tenham informações sobre a estrutura das demais pastas", explicou o governador Carlos Moisés na reunião do colegiado, na tarde desta segunda-feira.

Durante a reunião, cada secretário relatou o andamento dos trabalhos nos primeiros dias de governo. Os principais temas em debate foram as medidas de enxugamento da máquina, a desativação das ADRs e a digitalização de todos os processos dentro da Administração Pública Estadual. O governador reforçou a importância de tornar a gestão mais eficiente, ágil e próxima do cidadão.

Uma das próximas tarefas do colegiado será a criação de indicadores que permitam avaliar de forma objetiva os resultados alcançados por cada pasta.

Vereador Lucas publica nota de repúdio às que o criticaram no caso do Pronto Atendimento

REPÚDIO A FALTA DE RESPEITO

 

Quem acompanha meu trabalho sabe: desde o início do meu mandato faço visitas periódicas no Pronto Atendimento Tito Bianchini, em dias e horários alternados, pra saber como está o serviço. Faço isso porque meu papel é justamente fiscalizar, identificar problemas e cobrar soluções por parte da Secretaria de Saúde (responsável pelo serviço).

A última visita que fiz foi no dia 10 de janeiro, às 23h30min. Sempre após as visitas eu relato, nas minhas redes sociais, o que vi e o que precisa melhorar. E sempre tive profundo RESPEITO pelos servidores que desempenham suas funções por lá! Pois, bem. Acontece que após a minha visita, em que constatei demora de até duas horas em alguns atendimentos, além da falta de profissionais, funcionários do Pronto Atendimento resolveram RIDICULARIZAR e XINGAR o meu trabalho no grupo de WhatsApp deles. Uma tremenda falta de respeito, pois além de criticar a minha visita, ainda chamaram as pessoas que buscam atendimento lá de ignorantes. E o mais revoltante: isso foi dito pela senhora Mauren Farias dos Santos, GERENTE DO PRONTO ATENDIMENTO, pessoa que deveria dar o exemplo e ter uma postura diferente em função do CARGO DE CONFIANÇA que ocupa.

Isso mesmo: ela chamou a população de IGNORANTE. A mesma população que paga o salário deles (os servidores). Será que se esquecem que somos (me incluo nessa) funcionários da população? Como podem desrespeitar de tal forma as pessoas que são a razão deles estarem lá? Como podem ridicularizar um vereador eleito democraticamente para fiscalizar o trabalho deles? Perderam a noção do que é o serviço público, perderam a noção do que é respeito. Se não querem ser cobrados pela população e pelos vereadores, que peçam exoneração e vão trabalhar na iniciativa privada!

As conversas de WhatsApp, que mostram que estão mais preocupados em ficar de papo nos grupos, do que atender a população, foram divulgadas pela Rádio Clube, na manhã desta segunda (21/01), no programa do comunicador Daniel Goulart. Fiz questão de separar os piores trechos das conversas, para que vocês saibam as tantas dificuldades que um vereadores enfrenta para conseguir defender aquilo que é interesse de todos: saúde pública de qualidade. Repúdio total aos servidores (médicos, gerente, enfermeiras e técnicas) que pensam e agem dessa maneira.

É claro que esse meu repúdio é restrito aos “personagens" dessa história. Não generalizo porque lá existem diversos servidores que fazem seu trabalho com excelência (e merecem nosso respeito). Espero sinceramente que a Secretária de Saúde do município, e o prefeito em exercício, revejam a permanência da senhora Mauren no cargo de gerente. Alguém que tem esse tipo de atitude não pode ocupar função de liderança! E um último recado: ATÉ O FIM DO MEU MANDATO (em 31/12/2020) irei outras dezenas de vezes fiscalizar o Pronto Atendimento, gostem eles ou não. Vão ter de me engolir!

PS: sobre a enfermeira que me chamou de FRANKSTEIN, a atitude dela diz muito mais sobre ela do que sobre mim. Digna de pena!

 

 

Vereador Lucas Neves