Patriota teve de mudar o candidato que teve liminar favorável para permanecer na disputa

Nestas eleições aconteceu um fato inédito que precisa ser registrado que foi a impugnação da candidatura de Fernando Cordioli Garcia, que concorria a deputado federal pelo Patriota. Foi impugnado em função de sua condição de juiz aposentado compulsoriamente que o tornaria inelegível por oito anos.

Ele entrou com três recursos e teve uma liminar favorável do TSE que não foi cumprida. A partir daí ocorreram alguns fatos que fogem ao usual em casos de impugnação. Todo os demais casos os candidatos impugnados continuaram a fazer campanha por sua própria conta e risco, como o caso de João Rodrigues.

FernandoCordioli.jpg

No caso de Cordioli o juiz determinou a retirada de seu nome e a imediata substituição do candidato mesmo seu registro estando sob judice. Quer dizer: “ o princípio básico que valeu para outros candidatos não valeu para mim”, explicou ele.

Foi assim que o Patriota realizou uma reunião, registrada em ata, no dia 12 de setembro em que substituiu o candidato Alquile Censi – Deputado Federal por Sergio José Godinho e Fernando Cordioli Garcia por Carlos Roberto Xavier Lacerda, que concorreu com o mesmo número do substituído.

E ainda, o juiz eleitoral, no domingo, dia da eleição, chamou a imprensa para informar que ele não estava concorrendo.

Mesmo assim, Cordioli ainda fez 5 mil votos e, em Otacílio Costa, onde atuou como magistrado, foi o segundo mais votado com 963 votos registrados em nome de seu substituto.

Mesmo confundindo o eleitor no dia de votação. Cordioli acredita que seu desempenho seria muito maior se seu nome fosse incluído nas urnas e diz que isso foi fruto da perseguição que vem sofrendo desde quanto questionou o sistema do judiciário e lhe valeu a sua aposentadoria compulsória e taxado de louco.

Não foi imputado a ele nenhum crime e entre as justificativas de seu afastamento estaria entre outros argumentos o fato de “ir trabalhar de pijama”.

Estado paga 127 mil por mês para a Infraero administrar o aeroporto que não conseguiu até hoje operar nenhum voo

Sem_t__tulo.jpg

Fonte: Correio Lageano

Vale lembra que o contrato com a Infraero foi firmando em Janeiro deste ano e que 

O contrato tem duração inicial de 12 meses, sendo renovável ao final do prazo de vigência, e prevê um custo mensal de R$ 127.953,96.

Todo este tempo e a empresa ainda não conseguiu a homologação do aeroporto.

A Comissão Pró-Voo só está aguardando o final das eleições para conversar com o governador eleito. Afinal ambos – Merísio e Moisés – se comprometeram com esta bandeira da região.

 

Secretário diz que aluguel do hangar já está sendo resolvido

Noticiei que a Cia de Aviação recebeu notificação para que desocupe o hangar onde está o helicóptero Águia 4, no aeroporto de Lages. Consta que o aluguel do hangar não está sendo pago pelo governo desde janeiro deste ano.

Esta também com dificuldades para o abastecimento, tanto que reduziu consideravelmente os voos.

Juarez_Mattos.jpg

Segundo o secretário Regional, Juarez Mattos disse que ocorreu apenas alguns entraves burocráticos, devido ao pedido de reajuste do proprietário do hangar, mas que a situação já estaria resolvida.

O que será que os servidores e aposentados dizem disso!

Me pergunto como os aposentados do serviço público e mesmo os servidores ativos, estão recebendo as “denúncias de Gelson Merísio (PSD) de que seria imoral alguém receber os valores do comandante Moisés (PSL) depois de 30 anos na ativa como bombeiro. Logo um bombeiro, profissional tão querido pela comunidade.

Será que não tem ninguém que, ao ouvir isso, não se pergunte a respeito dos vencimentos do deputado e os gastos do seu gabinete. Todo este dinheiro também sai dos impostos pagos pelos contribuintes.

Se é imoral o que o comandante Moisés recebe, também são os gastos de gabinete de Merísio. Dê uma olhada lá no portal transparência. Só o lageano Celso Calcagnotto, assessor de Merísio ganha quase R$ 13 mil.

Para mim, Merísio embarcou em uma estratégia errada.

Outro questionamento que faço é quanto o anuncio do secretariado antes mesmo de vencer a eleição. Passa ideia de arrogância.

Estrutura da Expolages está cada vez melhor

0_5.jpg

A abertura da Expolages 2018 aconteceu na noite desta quinta-feira, 11/10, no Parque de Exposições Conta Dinheiro, em Lages. A cerimônia realizada na Pista José de Arruda Ramos contou com a presença de diversas autoridades e lideranças empresariais.

O presidente do Sindicato Rural de Lages, Marcio Pamplona, agradeceu aos parceiros pela colaboração na organização do evento e destacou que Santa Catarina é pequena, “no entanto, somos grandes produtores de alimentos e de tecnologia. Nosso estado é o melhor destino turístico, é o melhor lugar para morar. E vamos fazer a diferença sempre”. Um dos momentos mais emocionantes foi a homenagem que o Sindicato Rural fez a pecuarista Vania Andrade Ramos, pelo sua história de vida, pela dedicação a família e ao trabalho.

0_6.jpg

O grande sucesso que tem sido a Expolages nos últimos anos foi citado pelo presidente da ACIL, Sadi Montemezzo, entidade parceira na realização da feira. Ele também destacou que é uma oportunidade de realizar grandes negócios. “Nossa estrutura está cada vez maior e melhor”, falou Montemezzo.

Ao final da solenidade, o secretário Spies, juntamente com o presidente da ACIL, o presidente do Sindicato Rural e demais convidados seguiram até a feira multissetorial onde visitaram alguns expositores e, por fim, realizaram o tradicional brinde no estande da ACIL.

Tem leilão de cavalos neste sábado, na Expolages

0_4.jpg

A Região Serrana tem forte tradição no manejo e na criação do cavalo crioulo, que mais uma vez está presente na Expolages. São 30 animais na categoria incentivo, ou seja, embora participem da exposição, não são ainda oficiais, e aguaram idade para a confirmação. Porém, outros 10 potros e potras estão aptos para o leilão previsto para este sábado à noite (13).

Por outro, lado, a raça Mangalarga Marchador aparece como forte novidade na Feira, com 79 animais, entre potros e potras, animais de cobertura, matrizes, garanhões e castrados.

Para o leilão deste sábado (12), 20 animais serão levados à pista de arremate, com preços que variam de R$ 5 a R$ 30 mil. Todos poderão ser adquiridos em até 30 parcelas, ou a vista com 15% de desconto.

Merísio já está anunciando seu secretariado

O candidato ao governo do Estado, Gelson Merisio, anunciou nesta sexta-feira (12) os nomes do promotor de justiça Odair Tramontin para secretário de Estado da Segurança Pública e do delegado Ivan Ziollkowski para secretário adjunto.

“Acredito que a composição do secretariado é uma informação importante para a decisão do eleitor. Como a segurança pública é minha prioridade, antecipo quem comandará a pasta se formos eleitos. Odair e Ivan são nomes absolutamente técnicos e qualificados para nos ajudar a fazer de Santa Catarina o Estado mais seguro do Brasil”, disse Merisio.

Governo libera R$ 20 milhões para obras de contenção de encostas na Serra do Rio do Rastro

6a479a5c_e98c_4856_bb7b_1004c001352b.jpg

O governador Eduardo Pinho Moreira confirmou na manhã desta sexta-feira, 12, a liberação de R$ 20 milhões para obras de contenção de encostas na SC-390, a Serra do Rio do Rastro. Os recursos virão do governo federal e foram garantidos após um encontro na Casa D´Agronômica com a presença do governador e dos ministros Carlos Marun, da Secretaria de Governo, Vinicius Lummertz, do Turismo, e do secretário nacional da Defesa Civil, o catarinense Newton Ramlow.
 
Segundo o governador, os ministros foram sensibilizados depois de vários pedidos feitos por parte da administração estadual. A licitação para escolher a empresa que fará a obra deve ser lançada já na próxima semana.
 
Depois de um mês de trabalho, técnicos da Defesa Civil de Santa Catarina identificaram 25 pontos que deverão sofrer intervenção: 20 deles estão localizados na parte sinuosa da Serra; três na parte em asfalto chegando a Lauro Müller; e dois em Orleans, na região de Pindotiba, onde há recorrência de deslizamentos e quedas de blocos.