Prefeitura terá de criar 400 novas vagas nas creches a cada ano

Miranda.jpg

Com objetivo de zerar a fila de espera para vagas na educação infantil do Sistema Municipal de Ensino, o Ministério Público e a Secretaria Municipal da Educação entraram em acordo. A decisão da Ação Civil Pública, que tramitava desde 2013, foi homologada nesta sexta-feira (23 de novembro).

Assim, a partir de agora, a prefeitura se compromete a criar 1.600 vagas na rede municipal, distribuídas em 400 vagas por ano, de 2019 a 2022. A cada seis meses será lançado Edital de Chamamento para o preenchimento das vagas, sempre nos meses de novembro e julho. Os critérios de pontuação para preenchimento das vagas foram mantidos. As vagas que serão criadas serão ofertadas em meio período de no mínimo quatro horas diárias, matutino e vespertino.

A proposta ao Ministério Público foi protocolada durante reunião entre o Procurador-Geral do Município, Agnelo Miranda, a Procuradora Mariana Köche Mattos Buttendorf e a Secretária da Educação, Ivana Michaltchuk.

Marcos Tortelli é eleito novo presidente da CDL

Elei____es_CDL_Lages_20.11__3_.jpeg

Realizadas nesta terça-feira (20), as eleições da nova Diretoria da CDL Lages foi por aclamação visto que só havia uma chapa inscrita.

 

A nova gestão será presidida por Marcos Tortelli, diretor/proprietário da empresa Tortelli Autopeças que já esteve à frente da diretoria como presidente em exercício, em substituição à então presidente Rosani Pocai.

046_Marcos_Gentil_Tortelli_Filho.JPG

“É uma grande responsabilidade presidir uma entidade como a CDL, gigante em sua história, em sua infraestrutura e em representatividade para o nosso associado e para a cidade de Lages, mas contamos com o apoio de uma forte e unida diretoria, e uma competente equipe de colaboradores e isso nos empolga em fazer a nossa parte para cumprir a missão da CDL”, afirma Marcos.

 

 

Presidente: MARCOS GENTIL TORTELLI FILHO

1º Vice-Presidente: ZULMIRO KLANN

Vice – Presidente Administrativo: CARLOS FONTANA

Vice-Presidente Financeiro: JOÃO GOMES

Vice-Presidente de Patrimônio: CÉLIO ANTUNES BUENO

Vice-Presidente Social: NAIDE NATH OLIVEIRA

Vice-Presidente de Serviços: NILTON ROGÉRIO ALVES

Vice-Presidente de Aperfeiçoamento Profissional: MARIA ELISABETH NEVES MEDEIROS

Vice-Presidente de Marketing:  ARNALDO AUGUSTO ARVING SOUSA

Vice-Presidente de Planejamento Estratégico: JOSE LUIZ PAGLIOSA

Vice-Presidente de Assuntos Políticos e Econômicos: CELIO SPAGNOLI

Vice-Presidente de Núcleos: ADRIANA REGINA PAES

Vice-Presidente Conselheira: ROSANI APARECIDA RODRIGUES POCAI

Assessor Jurídico: SIDO BARG

Diretor Executivo: JHONATHAN ROBERTO DA SILVA

 

Conselheiros da Diretoria:

PEDRO DIRCEU CERON

LUIZ ANTUNES DE FIGUEIREDO

VALDIR LUIZ DELLA GIUSTINA

ALTENIR SCHMITZ

JOSE VILSON THOMAS SOUZA

JOSE AREF BAKRI

LUCIO AMARANTE SILVA

KLEBER MACHADO

RUAN RANGEL PEIXOTO

 

 

Conselheiros Fiscais:

VOLNI DE MOLINER

LUIZ BELLATO

JACKSON ROBERTO MARTENDAL

FERNANDO NARCISO

JOSE CARLOS ZAGO

LUIZ CARLOS ALVES

 

Coordenações:

RUAN RANGEL PEIXOTO – Câmara Setorial de Gastronomia

MAITÊ WALTRICK BUENO – Câmara Setorial de Decoração

CORA MARIA PAES ALMEIDA  – Núcleo de Urupema

PATRICIA HEMKEMAIER – Núcleo Bocaina

LUIS FERNANDO MONDADORI – Núcleo Centro

CARLOS FONTANA – Núcleo Coral

AIRTON DURIGON SIRTOLI – Núcleo Guarujá

Ministério Público apresentará relatório na Alesc

Nesta terça-feira (27/11) o Procurador-Geral de Justiça, Sandro José Neis, apresentará, na Assembleia Legislativa, o Relatório de Gestão Institucional (RGI) 2017 do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC).

O documento disponibiliza todos os dados relativos à atuação da Instituição em 2017. Depois da apresentação o RGI ficará disponível no site do MPSC.

O Procurador-Geral de Justiça apresentará os resultados dos principais projetos como: Transparência nas listas de espera do SUS, que apontou que até dezembro de 2017, mais de 474.000 mil catarinenses aguardavam por serviços de saúde. Na área de meio ambiente, vai mostrar que 85% dos municípios catarinenses já possuem Plano de Saneamento Básico aprovado em lei.

No combate ao crime contra a ordem tributária, o Programa Saúde Fiscal dos Municípios incentivou a implementação de estrutura, fiscalização e cobrança dos tributos municipais e promoveu um incremento na arrecadação de mais de R$ 150 milhões aos cofres públicos, um resultado 48% superior ao ano anterior.

Clayton não descarta possibilidade de deixar a prefeitura

 

claitomn1.jpg

Circula nos bastidores que o secretário de Planejamento e Obras, Claiton Bertoluzzi estaria na iminência de deixar o cargo, colocando da necessidade de desmembramento das duas áreas.

Ele desmente qualquer conversa neste sentido, até porque são duas áreas afins. Mas não descartou que futuramente possa deixar o cargo para atender seus interesses pessoais.

Pretende aguardar nos próximos meses para ver como se comportará as finanças da prefeitura. Deixa antever, embora não diga com todas as palavras que, se faltar recursos para as obras, ele não permanece no cargo.

Um prêmio que dá a dimensão econômica de Lages. Temos muitos empresários de peso

OPr__mio.jpg

A vigésima edição do Prêmio Empreendedor José Paschoal Baggio, nesta quinta-feira à noite, começou com uma homenagem às oito empresas que receberam a premiação em todas as edições. 
 
 
Em seu discurso, a diretora do Correio Lageano, Isabel Baggio, falou sobre a esperança de que novos dias estão surgindo e serão positivos para o fortalecimento da economia, contribuindo para o progresso e empreendedorismo.
6884be57_3599_429e_84c9_ec64ed4fbae5.jpg
 
Este último, por sinal, foi apontado durante todo o evento como a grande aposta para traçar um intenso caminho rumo ao desenvolvimento econômico. Ao todo, 55 empresas foram premiadas, cinco delas como Empresas Destaque, e 50 por terem sido as maiores geradoras de ICMS Adicionado ao longo de 2018.
 
239e21b0_1c16_457a_8fcc_39e77d662431.jpg
 
“Dentro dessa comemoração é importante salientar as empresas destaque, que são empresas que fazem investimentos, trazem inovação e têm outros tipos de negócios, geram outros tipos de impostos e também são importantes para a cidade e a região”, afirma.
 
O Prêmio Empreendedor José Paschoal Baggio é uma realização do Correio Lageano e Instituto José Paschoal Baggio.
 
“Estamos rumando para os 80 anos de um veículo que era um jornal e hoje é um veículo múltiplo – multiplataforma e multiatividades, todas ligadas à comunicação e a geração de conteúdo. É uma data muito importante para nós pois além de comemorar a nossa própria história ao longo desses anos tão diversos, com tanta mudança, com tantos cenários, também comemoramos a história de quem cresceu ao nosso lado”, comenta a diretora do Correio Lageano, Isabel Baggio.
 
premio.jpg
 
Presentes as autoridades do município: prefeito, vice, deputados Carmen Zanotto, Gabriel Ribeiro e Marcius Machado, lideranças empresariais e autoridades militares.

Família quer saber se a prefeitura puniu o culpado pela morte de tratorista

A mãe e a esposa de Luizandro dos Santos Duarte, de 35 anos, funcionário da prefeitura concursado e contratado para serviços gerais, que faleceu quando estava dirigindo um trator no Bairro São Pedro, em desvio de função e que não tinha sequer habilitação para dirigir máquina pesada. Ele caiu do trator e a máquina passou sobre ele.

unnamed_1.jpg

Um ano e três meses após o ocorrido nada aconteceu até agora. Morreu em serviço e a família não recebeu nenhuma indenização. O casal estava em aluguel social e a viúva foi contemplada com uma das casas do conjunto Ponte Grande. Coisa que já estava previsto.

Hoje, durante o programa de Daniel Goulart, na Clube, elas deixaram uma pergunta ao prefeito Ceron: Se ele puniu alguém pela morte de Luizandro? 

Porque, afinal, ele foi designado para fazer um trabalho pelo qual não estava habilitado, portanto, em desvio de função. Alguém tem de ser responsabilizado por isso.

A mãe conta que Luizandro disse a ela que estava com medo porque a patrola que trabalhava estava sem freio.

Marcius foi oferecer seus préstimos ao prefeito Ceron

MarciusAC.jpg

O deputado estadual eleito pelo PR, Marcius Machado esteve com o prefeito Ceron se colocando a disposição para as demandas do município.

Eles foram adversários na eleição que elegeu Ceron, sendo que Marcius ficou em segundo lugar. Perdeu por 4.717 votos. Marcius diz que realmente não era a sua hora.

Na conversa cordial que tiveram, Ceron perguntou ao Marcius se não queria trocar de lugar com ele. Ceron já foi deputado estadual e sabe que é muito mais tranquilo um mandato na Assembleia do que administrando um município com muitas dificuldades financeiras.

 

Defesa Civil interdita construção no Universitário

0_2.jpg

Um edifício com seis pavimentos, em construção na rua Pedro Rodrigues Bastos, ao lado do nº 693, bairro Universitário, próximo à Uniplac, foi  interditado pela Defesa Civil, por se tratar de uma obra iniciada sem a documentação necessária. Além de não ter alvará e demais licenças expedidas pela prefeitura, registros fotográficos demonstram a fragilidade estrutural, incluindo partes trincadas nos pilares de sustentação principais, provocando alto risco à integridade física. 

0_3.jpg

A Secretaria de Planejamento e Obras havia embargado a obra e solicitado a interrupção de sua continuidade, contudo, nesta quinta-feira (22 de novembro), a Defesa Civil recebeu a informação de que havia operários na construção, fato que foi constatado in loco pelos agentes municipais. Portanto, foi feita a notificação e interdição do local.

 

Pacientes da psiquiatria serão internados em São Joaquim e Ponte Alta

Há algum tempo o setor da saúde estava enfrentando problemas na região porque com o fechamento da ala São Luiz do Nossa Senhora dos Prazeres, não havia mais leitos disponíveis para atender os pacientes psiquiátricos na região.  

PIROLI_13468773635163.jpg

Segundo o gerente regional de Saúde, Aloísio Pirolli, a falta de leitos para atender os pacientes da psiquiatria está sendo solucionado agora.

Foram abertos 10 leitos no Hospital Sagrado Coração de Jesus de São Joaquim e outros 16 no Hospital da Fundação Médico-Social e Rural de Ponte Alta. Inclusive, esta última unidade estava fechado porque estava precisando de reforma. Com esta negociação o hospital pode ser reaberto pois receberá R$ 80 mil/mês por conta dos internamentos.

O hospital de São Joaquim também está cadastrado para as cirurgias seletivas. Com isso, a unidade que passava por problemas financeiros, está hoje sendo viabilizado com este convênio.