Prefeitura ainda está fazendo adequações no trânsito em função da implantação do binário

0_14.jpg

Com a implantação do binário de trânsito envolvendo a rua Frei Gabriel, a avenida Anastácia da Silva Mota/rua Caetano Vieira da Costa, uma série de adequações tiveram de ser feitas, como por exemplo o deslocamento de ponto de ponto de ônibus, bem como a retirada de faixas de estacionamento à margem da avenida Dom Pedro II (proximidades do ponto de cruzamento com a avenida Castelo Branco).

A sinalização horizontal de trânsito é uma das adequações necessárias, delimitando as faixas de rolamento da avenida Dom Pedro II, sendo que nesta via com a retirada de canteiros e de ponto de ônibus, junto à margem do passeio público (calçada), abriu-se espaço para uma terceira pista. Desta forma, a pista da lateral direita, permite que os veículos sigam adiante ou façam a conversão à direita, no cruzamento com a Castelo Branco – sentido Uniplac.

Foto: Marcelo Pakinha

Giovani está cuidando das estradas do interior

0_13.jpg

Em São Joaquim as comunidades do interior estão recebemndo melhorias. No distrito do Pericó, cerca de 26 km do centro de São Joaquim, a prefeitura está aplicando brita nas ruas.

Além de patrolas e abertura de valetas, uma camada de pedra brita está sendo colocada para facilitar e melhorar a vida dos moradores do local. Essa britagem será espalhada nas estradas e um rolo compactador fará a finalização, compactando e deixando a estada com qualidade.

As melhorias vão continuar em outras estradas do município para facilitar o escoamento da safra da maçã no ano de 2019.

Aprovado projeto de Jorginho que amplia crédito para as empresas

0_12.jpg

O senador Jorginho Mello e Guilherme Afif Domingos, ex-presidente do Sebrae

 

O Senado Federal aprovou projeto de lei, de autoria do senador Jorginho Mello (PR), que vai facilitar a oferta de crédito para as micro e pequenas empresas. O texto permite a criação da Empresa Simples de Crédito (ESC), que tem por objetivo oferecer financiamento mais barato para os pequenos negócios, tendo mais uma possibilidade além dos empréstimos oferecidos pelos bancos.

 

A ESC difere de um banco e sequer poderá utilizar qualquer nome que faça alusão a instituições financeiras. Ela não precisará manter um percentual de depósitos compulsórios (o que é exigido dos bancos), mas só poderá emprestar dinheiro com capital próprio, sem se alavancar (não pode contrair empréstimos para poder emprestar mais).  Está proibida de cobrar qualquer tarifa e o ganho máximo, com juros, será de R$ 4,8 milhões por ano. 
 
Foto: Rafael Wiethorn

Julio Garcia promete ficar atento ao projeto de transferência da Regional de Saúde

e821c0e9_163b_410f_9b70_a0678d6ea7f8.jpg

Uma comitiva da Uveres liderada pelo presidente Giovani   Antunes da Luz ( Ponte Alta), Vereadora Presidente da Câmara de Correia Pinto  Beatriz Mesquita , Vereadora Lucia Raquel Rodrigues Ortiz e Vereador Vilso  Rostirolla  ( Correia Pinto), Presidente da Câmara de Otacílio Costa  Renildo de Souza, Vereador Edson Passold  ( Otacílio Costa ), Presidente da Câmara de Capão Alto João Edeir , Presidente da Câmara de Campo Belo do Sul Ivan Carlos Bueno, esteve em audiência com o Presidente da Assembleia, deputado Julio Garcia.
 
Lá protocolaram moções das Câmaras de Vereadores de todos os municípios da Serra em apelo e defesa da permanência da Macrorregional de Saúde em Lages-SC.
Júlio Garcia garantiu que, quando chegar a Assembleia tais mudanças, seu gabinete comunicará a Uveres para que o projeto seja amplamente discutido. 
 
12f0a5a2-3612-4f7a-917f-846e34bf4d09_1.jpg

MP instaura inquérito para apurar a nomeação de executivo para Assuntos Especiais

Segundo o vereador Jair Júnior, na reforma feita pelo prefeito Antônio Ceron no início do governo extinguiu a figura do executivo para Assuntos Comunitários e acoplou esta função à Secretaria das Mulheres.

Portanto é irregular que agora nomeie o suplente de vereador Ênio do Vime para esta função, como executivo para Assuntos Especiais. Ele levou o caso ao Ministério Público. O promotor Jean Pierre Campos determinou a abertura de inquêrito para apurar a denúncia.

f82ac694_aa95_4cc1_bffe_bd0902221b6b.jpg

Na sessão desta terça-feira o vereador também falou do encaminhamento ao MP a respeito do caso de Nepotismo envolvendo Ênio do Vime e sua esposa que também tem cargo comissionado na prefeitura.

Bocaina cancela a Mostra do Campo deste ano

A Mostra do Campo, de Bocaina do Sul, realizada a quase 40 anos, não vai acontecer este ano. Prefeito Luiz Schmuler (MDB) tentou fazer a terceirização do evento a exemplo do que aconteceu com a Festa do Pinhão, mas a licitação restou deserta.

E como a situação econômica do município não é das melhores, o prefeito decidiu então por cancelá-la este ano.

Demora na licitação deixa a Ciretran desfalcada

Mauricio01_1.jpg

Moção apresentada pelo vereador Maurício Batalha e assinada por todos os vereadores solicita a manutenção do atual quadro de funcionários terceirizados que prestam serviços junto a Ciretran no Município de Lages, até a finalização de novo certame licitatório. A licitação está demorada e como venceu o contrato dos terceirizados, ficará sem 10 funcionários o que comprometerá seu funcionamento.

“Na Ciretran instalada junto a 8ª. Delegacia Regional de Polícia, são atendidas cerca de 700 pessoas por dia, sendo que ano de 2018 foram atendidos 175.331 usuários, isso sem contar com a produção dos setores de processos administrativos, liberação de veículos, multas e aplicação de provas teóricas para CNH”, explica Batalha.

Ceron orienta lideranças para encaminhamento dos pedidos

AntonioCeron.jpg

“Ressaltamos que os pedidos sejam feitos diretamente aos órgãos competentes. Quando tiverem de ligar para pedir ou reclamar sobre serviços e obras públicas, por favor liguem para a Prefeitura, pois não temos condições de ouvir todas as emissoras de rádio, onde não raras vezes as obras têm sido reclamadas e onde os pedidos acabam se transformando e celeuma política”

Prefeito Antônio Ceron, durante reunião com as lideranças das associações de moradores dos bairros, na última segunda-feira.

Audiência pública não ouviu o representante do governo na Serra

0_11.jpg

“Nós queremos uma audiência com o governador. Não temos nada contra Joaçaba, mas queremos o que é nosso por direito. Vamos reforçar mais uma vez o pedido com o (presidente da Alesc), Julio Garcia e marcar uma reunião. Não podemos esperar a água bater em nosso queixo”, afirmou o presidente da Câmara, Vone, que afirmou que vai entrar em contato com os presidentes das Câmaras da região serrana para fortalecer a solicitação para que a regional de saúde permaneça em  Lages.

Presidente da Comissão de Educação, Saúde, Cultura e Desportos da Câmara de Lages, a vereadora Aida Hoffer (PSD) defendeu durante audiência pública que a região deva ser ouvida antes que o Governo Estadual bata o martelo sobre a questão. Ela questionou o motivo por Joaçaba ser escolhida antes de Lages.

Como o representante do governo na Serra, Airton Amaral garantiu que não haverá transferência da regional para Joaçaba, acho que foi uma falha não incluí-lo na audiência Pública. Afinal ele deve ser a voz serrana no governo.


Foto: Eduarda de Liz

Asfaltamento em mais 9.290 metros quadrados da Avenida Camões

0_10.jpg

O prefeito Antonio Ceron assinou a ordem de serviço para execução do recapeamento asfáltico da avenida Luiz de Camões. A empresa vencedora da licitação é a Construtora Branger Ltda.

Ao todo será asfaltada uma extensão de 9.290 metros quadrados. O trabalho está sendo executado no trecho desde a rótula dos bois até o Supermercado Bistek, e posteriormente até próximo ao Hospital Infantil Seara do Bem. Serão investidos aproximadamente R$ 380 mil na obra, com recursos do governo federal e contrapartida da prefeitura. O prazo para conclusão é de até dois meses.

Foto: Toninho Vieira