Rodízio na bancada do Jornal Nacional

A TV Globo anunciou nesta quarta-feira (24) quais serão os jornalistas, de todo o Brasil, que apresentarão o Jornal Nacional aos sábados, em formato de rodízio, a partir de 31 de agosto. Fabian Londero, apresentador e editor-chefe do NSC Notícias, da NSC TV, será o representante de Santa Catarina na bancada do JN, que está completando 50 anos.

O comunicado foi feito por William Bonner, que fez um sorteio com os nomes dos apresentadores de todos os Estados e do Distrito Federal, e anunciou os escolhidos.

A data em que o apresentador catarinense assumirá a bancada do JN será divulgada nos próximos dias. Fabian Londero está há quase 20 anos à frente do NSC Notícias.

Ainda sobre a forma de gestão da nova ala do Tereza Ramos

Questionado a respeito da ativação da nova ala do Hospital Tereza Ramos quando esteve em Lages, durante a Festa do Pinhão, o governador pediu tempo para concluir o levantamento e definir o modelo de gestão. As lideranças empresariais estão sugerindo que adote o modelo de gestão comunitária.

Mas, soubemos que o empresário da educação e reitor da Unifacvest, Giovani Broering tem interesse na terceirização da unidade uma vez que está trabalhando para instalar o curso de medicina em sua instituição. Deverá levar sua proposta ao governador por estes dias.

Faltas do vereador/servidor agora serão descontadas

Consta que o vereador David Moro (MDB) que também é servidor municipal (lotado da pasta da Habitação) participou de vários cursos em dias de semana com diárias da Câmara e não se licenciou das funções na prefeitura.

A denúncia chegou ao secretário da pasta, Samuel Ramos, através do repórter Daniel Goulart, e a partir de agora, pode até faltar no serviço por conta de suas atividades de vereador, mas terá os dias descontados.

Empresa lageana forneceu as câmeras que estão sendo entregues aos PMs

Desde a última segunda-feira os policiais militares de Santa Catarina começaram a receber as câmeras individuais que farão parte do uniforme da corporação para uso nas ruas. Foram investidos R$ 6,4 milhões, que vieram de penas convertidas em multas e fianças. Portanto, trata-se de uma parceria entre a Secretaria de Segurança e o Tribunal de Justiça.

 

Foram adquiridas 2.425 câmeras e todos os municípios contará com pelo menos uma delas para filmar as interações entre a Polícia Militar e o cidadão. É um recurso que vai ajudar na hora de coletar provas. As imagens vão poder ser usados em algum inquérito ou em processo judicial. O sistema não é inédito no país, mas Santa Catarina é o primeiro estado a ter tantas câmeras à disposição.

O interessante é que foi uma empresa lageana que venceu a licitação para a aquisição das câmeras: a Ditec, do grupo SCC. O projeto das câmeras é do Instituto Igarapé, do Rio de Janeiro, que desenhou o modelo dentro dos padrões sugeridos pela corporação. Por isso, as empresas que participaram da licitação tiveram de se adequar às especificações.

 

Ao vencer a licitação a empresa Ditec enviou um funcionário para a China para buscar os equipamentos e fazer os testes e ajustes conforme a licitação. O sistema é simples e em cada um dos locais em que os equipamentos forem entregues os policias terão 10 dias para a capacitação para se adaptarem aos mesmos. Embora os equipamentos tenham vindo da China, temos de destacar o fato de que estamos avançando nesta área e temos aqui empresas que na área da tecnologia têm condições de competir com as demais do estado. Ainda não sabemos quantas delas virão para Lages, mas não importa quantas delas teremos aqui, isso vai mudar a ação policial em termos de transparência. Fará com que os policiais tenham mais cuidado na abordagem dos infratores e será mais um elemento de inibição dos marginais.

 

Unidades de saúde estendem o horário de atendimento uma vez por mês

No último dia do mês de julho, 31 (quarta-feira), os profissionais da Unidade do bairro Santa Catarina, prestará atendimento noturno, das 18h às 21h.

Todas as Unidades de Saúde do perímetro urbano de Lages abrem uma vez por mês à noite para atender aos cidadãos em horário estendido e àqueles que não têm tempo durante o dia para solucionar questões de saúde. O Município de Lages possui, ao todo, 28 UBSs na área urbana e rural.

Gostei da iniciativa, parabéns!

 

Novo sistema de monitoramento dos semáforos deve ser concluído ainda este ano

Fotos: Nathalia Lima

O prefeito Ceron acompanhou ontem a instalação da Central de Monitoramento dos Semáforos (sinaleiras), em uma sala da Diretoria de Trânsito (Diretran), no piso superior da Rodoviária Municipal, feita pela New Tech.

O sistema automatizado dos semáforos, controlado através de Central Digital de Monitoramento, somente está sendo viabilizado em razão do cabeamento subterrâneo implantado anteriormente.

O responsável pelo setor de Engenharia e Sinalização de Trânsito, da Diretran, Sérgio Todeschini, comenta que um dos importantes objetivos do novo sistema de sincronização da abertura de tempo dos semáforos é a chamada “onda verde”.

“Junto à ‘onda verde’ virá também o controle simultâneo de funcionamento de todos os semáforos, em tempo real. Caso um deles apague, em determinado momento, de imediato a falha se tornará visível nos monitores da Central de Controle. O tempo de resposta será bem menor, com serviços de reparos imediatos”, explica Todeschini.
Calcula-se que ainda no mês de agosto a Central de Monitoramento Digital dos Semáforos esteja instalada, sendo que no decorrer deste segundo semestre de 2019 Lages será contemplada com dinâmico e moderno sistema de sincronização das sinaleiras, com maior e mais segura fluidez do trânsito no perímetro urbano.

Maurício destaca que a Uniplac já deu até uma matemático vencedor do Prêmio Nobel

Na sessão em homenagem à Uniplac pela passagem de seus 60 anos de atividade, realizada na Câmara, o vereador Mauricio Batalha Machado (Cidadania), destacou que seu pai, Rogério, foi um dos formandos pioneiros do curso de ciências econômicas; sua mãe, Maria da Graça, se graduou na primeira turma de Pedagogia; e ele próprio é formado em Direito e pós-graduado pela instituição.

“Em 1979, foi lançada uma pedra fundamental pela passagem de dez anos da formatura dos senhores. Eu estava lá, com sete anos, e não me esqueço desse momento, que está vívido em minha memória. Lembro-me dos churrascos que meu pai fazia nas reuniões da turma. Gostaria de ter entregado esse diploma ao meu pai”, disse, emocionado.

Mauricio lembrou que o terreno onde se situa a Uniplac sediava o antigo aeroporto de Lages, um local que já desenvolvia a cidade e a região.

“Hoje, são os alunos de fora que aqui aterrissam e depois de alguns anos decolam para o mundo. Temos um formado em Matemática pela Uniplac que participou de uma equipe vencedora do Nobel de Física”, destacou. Está ai algo que não sabia.

O vereador ficou de pesquisar o nome do professor que hoje é professor do ITA – Instituto de Tecnologia da Aeronáutica.