Governador eleito já esteve com Pinho Moreira nesta segunda

b94caaf0_3f65_41f9_98a7_38de7a568d5b.jpg

O governador Eduardo Pinho Moreira recebeu nesta segunda-feira, 29, na Casa D’ Agronômica, o governador eleito Carlos Moisés da Silva para tratar das primeiras ações após a eleição.
 
Moreira colocou à disposição um espaço dentro do Centro Administrativo onde a equipe do governador eleito inicia a transição para a nova gestão a partir desta terça-feira, 30. O secretário de Estado da Fazenda, Paulo Eli, fica encarregado de coordenar o processo, junto com os representantes do grupo gestor e da equipe de Moisés. 
 
Os integrantes do grupo gestor do governo – formado pelas secretarias de Estado da Fazenda, Planejamento, Administração e Casa Civil, além da Procuradoria Geral — vão auxiliar na transição. “Esse grupo detém uma verdadeira radiografia de Santa Catarina, com informações essenciais para a implementação do plano de governo do novo gestor”, salientou Moreira ao reafirmar que estará à disposição para, caso seja solicitado, autorizar mudanças administrativas, com vigor a partir de janeiro de 2019.
 
Eduardo Pinho Moreira avalia que o novo governador terá pela frente um desafio inevitável: reduzir o tamanho da máquina pública. Com a arrecadação em ritmo lento, foi essa uma das principais marcas da gestão atual, levando em conta medidas de contenção e os próprios impedimentos da lei eleitoral para novas despesas. 
 
Os ajustes de gestão e o controle rigoroso do gasto público, segundo Eduardo Pinho Moreira, surtiram efeito positivo. “Pegamos o governo com um déficit na casa dos R$ 2 bilhões e queremos entregá-lo, em dezembro, com a dívida reduzida a mais da metade, em cerca de R$ 700 milhões”, concluiu.

Caroline vai representar Lages no Miss Santa Catarina

0_6.jpg

Nesta segunda-feira (29) aconteceu no gabinete do prefeito a coroação e entrega oficial da faixa de Miss Lages 2018 à Caroline Isabela da Costa, que representará Lages no Miss Santa Catarina, dia 1º de dezembro, 22h, no Clube Ariribabá, em Balneário Camboriú. Caroline tem 26 anos, é biomédica e foi rainha da 25ª Festa Nacional do Pinhão em 2013.

As inscrições para o Miss Lages estiveram abertas por 40 dias e teve interesse de três candidatas, que passaram pelo crivo de um júri técnico seletivo com avaliações ao longo de uma semana. 

De toda Santa Catarina, 15 municípios já têm sua representantes. 

Miss Brasil Universo 2019 (Miss Brasil Be Emotion) deverá acontecer no mês de março de 2019. O Miss Universo 2019 será a 68ª edição, geralmente em dezembro. A edição 2018 será na Tailândia, em 17 de dezembro.

Foto: Greik Pacheco

Duas ruas do Frei Rogério são asfaltadas

0_5.jpg

As ruas Sebastião Chaves Coelho e Aristóteles Soeiro Waltrick (ambas no bairro Frei Rogério) estão sendo asfaltadas pela AS Construtora (vencedora da licitação pública).

Iniciadas em 26 de junho, essas obras estavam previstas para serem concluídas até 26 de outubro, porém devido a prolongados períodos de chuva, o prazo de quatro meses se alongará por mais alguns dias.

Nessas duas vias urbanas, os investimentos são da ordem de R$ 597.753,13 (recursos federais). A contrapartida da Prefeitura compreende os custos com a implantação da rede de esgoto (executada pela Semasa).

Foto: Marcelo Pakinha

Iniciam as adaptações para implantação do binário

 

As mudanças, efetivas, no sistema viário, a partir da implantação de binário com as ruas Anastácio da Silva Mota/Caetano Vieira da Costa e a rua Frei Gabriel, estão previstas para o próximo dia 10 de novembro.

Pela Frei Gabriel, o trânsito fluirá no sentido Centro-Bairro, nas duas pistas, ou seja, por esta rua os veículos irão descer. Já pelas ruas Anastácio da Silva Mota e Caetano Vieira da Costa o fluxo de trânsito será no sentido Bairro-Centro.

0_3.jpg

Para essas mudanças uma série de adequações nas vias estão sendo implantadas, como por exemplo: abertura do canteiro central da avenida Dom Pedro II para permitir o acesso à rua Anastácio da Silva Mota; instalação de semáforo no cruzamento da rua Caetano Vieira da Costa com a avenida Lauro Müller; adequações de espaços nos acostamentos; mudanças no ponto de cruzamento das ruas Frei Gabriel/Frei Justino/Honorato Ramos.

0_4.jpg

O fluxo de veículos pelas ruas Anastácio Vieira da Costa/Caetano Vieira da Costa será somente sentido Bairro-Centro. “Inicialmente, essas serão as mudanças principais. Após determinado tempo do efetivo funcionamento deste binário, serão feitas novas mudanças e adequações adicionais necessárias ao bom funcionamento do sistema de trânsito”, fala o secretário municipal de Planejamento e Obras, Claiton Bortoluzzi.

Fotos: Marcelo Pakinha

Amaral lamenta por não ter participado da eleição

roberto_amaral_psdb.jpg

Dias destes, usando o microfone da Rádio Clube, o empresário e presidente do PSDB local, Roberto Amaral confessou que foi “com o coração partido” que não pode participar desta eleição como candidato a deputado estadual, porque acredita que teria um bom desempenho e até mesmo garantido uma vaga na Assembleia. Aposta que receberia votos em todo o estado porque ao longo de seus 71 anos e por suas atividades, especialmente na radiodifusão, fez muitas amizades e teria o apoio político de várias instituições, a começar pela Acaert.

Em Lages acredita que faria mais que a metade dos votos que recebeu para prefeito (26.849 votos), em torno de 17 a 18 mil e, com a soma total no estado, chegaria a 27 mil votos pelo menos, o que já lhe garantiria uma vaga.

Não é exatamente isso, pois os dois deputados eleitos pelo PSDB fizeram uma votação bem superior. Vicente Caropreso fez 40.132 votos e Marcos Vieira fez 35.423.

 

 

Uma nova história acaba de iniciar! diz o governador eleito

0_2.jpg

Com 71,09% dos votos válidos, os catarinenses escolheram, neste domingo (28), seu novo Governador. Candidato do Partido Social Liberal (PSL), o governador do Bolsonaro, Comandante Moisés, agora também é Governador de Santa Catarina.

De desconhecido à esperança de um Estado inteiro, Comandante Moisés não só fez história, ele também entrou pra história. História do Governador mais votado de todos os tempos em Santa Catarina.

“É uma emoção inexplicável ver o povo acreditando no nosso projeto e escolhendo o 17 para fazer essa verdadeira mudança. É um novo momento na política. Uma nova história acaba de iniciar! Vamos devolver ao nosso Estado a celeridade que ele e seus cidadãos merecem”, declara o Governador de Santa Catarina, Carlos Moisés da Silva.

Foram mais de dois milhões de votos, mais de dois milhões de pessoas escolhendo um novo caminho para o Estado, confiando na mudança, transformando sua indignação política em ação, ao depositar o 17 nas urnas. E a história de Comandante Moisés, do Capitão Bolsonaro e do PSL, está apenas começando.

 

c04f8e730fa5abd5ae24860fd60ff2cd.jpg

“Nos apresentamos como uma mudança e estamos saindo com o coração transbordando de alegria, com esses milhões de votos de pessoas que estão descontentes com o rumo do Estado e do país e que hoje puderam manifestar seu desejo de mudança. É uma nova fase em Santa Catarina e no Brasil. Um legado pros nossos filhos e netos. Um novo Brasil”, declara o Presidente do PSL/SC, Lucas Esmeraldino, finalizando com um “agradecimento especial ao exército de voluntários que percorreram todos os quatro cantos do nosso Estado, levando a esperança de um Brasil e de uma Santa Catarina melhor para todos”.

Foi a “verticalização” que deu a vitória a Moisés, diz Merísio

c7eb5c3a_1615_408e_beac_2943794155c4.jpg

“Sinceramente, não houve uma eleição no segundo turno. Houve uma eleição no primeiro turno, que nos deu o primeiro lugar, e no segundo turno, houve um processo verticalizado, onde o  eleitor compreensivelmente não quis discutir temas estruturais, preparo e experiência. Quis discutir um projeto verticalizado e nós temos que respeitar, e a certeza de que agora a vida segue”

Gelson Merísio

 

Em Lages…………

 

 

Gelson Merísio, do PSD do prefeito Ceron, fez 35.832 votos no 1º turno.

Ontem, no 2º turno contabilizou  28.471 votos, exatamente 7.361 votos a menos.

Será que foi a falta de apoio do deputado Gabriel Ribeiro, a ausência do ex-governador Raimundo Colombo na campanha ou o pouco emprenho do prefeito Ceron na campanha do segundo turno? Afinal, desta vez os secretários não foram para a rua.